Praias, rios, montanhas e arquitetura: Portugal é cheia de encantos e, por isso, é dona de algumas das cidades mais bonitas da Europa

Quando o assunto é Portugal, certamente, a primeiras coisas que vêm a mente das pessoas é: um lugar cheio de cultura, história e paisagens incríveis. Por conta disso, nem sempre é um trabalho fácil listar as cidades mais bonitas para conhecer no país, mas separamos algumas que, com certeza, valem a pena ser visitadas.

Coimbra


Foto: Falco / Pixabay

Uma das cidades mais formosas de Portugal, Coimbra é muito conhecida pela renomada Universidade de Coimbra – a mais antiga de Portugal e uma das mais antigas de toda a Europa -, o que deixa o local com bastante clima universitário. Mas não são somente os estudantes que buscam a região, não! Sua localização privilegiada, próxima ao mar e das montanhas, somada a sua qualidade de vida faz com que a cidade seja uma das cidades mais procuradas de Portugal.

Claro que o passeio não deixa de fora a universidade; quem visita o campus e instalações do local vai ficar encantado com os estudantes vestidos com suas tradicionais capas pretas. E já que o assunto são pontos históricos da cidade, caminhar pela Baixa – como é conhecida a parte histórica de Coimbra – e suas ruas estreitas, repletas de casarões antigos, é uma das coisas que o turista não pode deixar de fazer. Além de ser um ótimo local para comprar bons vinhos e artesanato, também é uma opção para degustar da culinária regional e entender um pouco mais sobre a cultura portuguesa.

As Aldeias do Xisto, uma rede com 27 aldeias, são uma atração que não pode ficar de fora do roteiro. A primeira coisa que o viajante deve saber antes de se aventurar é: para chegar as aldeias é preciso um carro ou uma moto; como elas são pequenas e estão localizadas perto uma da outra, em poucos dias é possível fazer a visita e sentir como era a vida há alguns séculos. Esses tesouros, repletos de história e tradição, podem ser encontrados na Serra da Lousã – a apenas 40 km de Coimbra -, na Serra da Freita, Serra da Estrela e na Serra do Açor.

Chaves


Foto: João Carvalho / Wikimedia Commons

Dona de um legado histórico, cultural e de uma beleza natural única, Chaves é uma das cidades mais antigas de Portugal. Desta forma, quem visita a região garante que é uma viagem cheia de surpresas – sempre boas, claro.

Um dos melhores pontos turísticos da cidade é a Rua Direita, um local com diversas casas rústicas cheias de cores e praças que chamam a atenção dos turistas. Outro lugar importante é o Castelo de Chaves, responsável por muito tempo por defender a fronteira; lá, o turista tem a oportunidade de subir em seu topo e conseguir uma vista espetacular da cidade, com vista panorâmica para os jardins do castelo, as montanhas, o centro histórico e o rio Tâmega.

Uma visita a Igreja da Misericórdia de Chaves não pode ficar de fora de uma lista de “o que fazer em Chaves”, uma bela igreja barroca cujas paredes de seu interior são revestidas por painéis de azulejo azuis e brancos do século XIII que contam a história de passagens bíblicas. É importante que o turista se atente a todos os detalhes, pois não é permitido tirar fotos, por isso é importante registrar essa visita completa na memória.

Évora


Foto: olafpictures / Pixabay

A maior parte dos viajantes não ficam muitos dias em Évora, mas o que muitos não sabem é que, além de ser uma cidade repleta de igrejas e monumentos históricos, há também muito o que fazer na região, por isso, é um lugar que merece entrar no roteiro de belas cidades de Portugal.

Um centro histórico que possui o título de Patrimônio Mundial da Unesco, com certeza, não pode ficar de fora do roteiro da viagem. Envolto de muralhas que têm mais de 500 anos, o local é bastante conservado e cheio de pontos turísticos, como a porta de Avis, um dos portais de entrada da muralha que sobreviveu com o passar dos anos, por exemplo.

Com uma localização perfeita para apreciar a cidade, o Jardim de Diana é um lugar que faz com que o viajante se sinta verdadeiramente na capital de Alentejo. Ao lado do local, há um mirante com vista da cidade e também do Aqueduto da Prata, uma obra criada no século XVI e usada até os dias de hoje para levar água para a população local. A Sé de Évora, uma catedral de estilo gótico, também está entre as atrações imperdíveis da cidade. Quem visita não deixa de se subir em seu terraço para contemplar toda a cidade.

Manteigas


Foto? Muaddib2015 / Wikimedia Commons

Localizada no meio da Serra da Estrela, a cidade é o destino perfeito para os turistas que curtem locais com boa estrutura, mas também com ar interiorano de Portugal. Por ser uma região que pode ser descrita como “vila da montanha”, já dá para entender por qual razão ela é considerada uma das cidades mais bonitas do país.

O Poço do Inferno, com certeza, é uma atração que precisa ser visitada. O local, marcado por conta da variedade de sua vegetação, forma uma cascata natural de cerca de 10 metros que, durante os dias de inverno, se transforma em gelo, o que deixa a paisagem ainda mais bonita. Os amantes da natureza vão se apaixonar perdidamente com tudo que Manteigas tem a oferecer, como caminhadas em diversas trilhas e até mesmo pistas para esquiar em determinados períodos do ano

Fátima


Foto: BernardoUPloud / Pixabay

Muito conhecida por ser um dos maiores centros de peregrinação católica do mundo, Fátima é um dos destinos turísticos mais procurados por quem visita Portugal, seja a pessoa religiosa ou não.

A Basílica da Santíssima Trindade, o maior templo católico do planeta com mais de oito mil lugares, com certeza, deve ser o primeiro lugar a ser visitado na cidade. A basílica de estilo bizantino é muito moderna e foi construída em 2007, pois a Basílica de Nossa Senhora de Fátima, construída em 1953, não dava mais conta de receber o número a quantidade de fiéis que passavam pelo local.

Para aqueles que querem conhecer o local com calma, a dica é não viajar nos dias 13 de cada mês, pois como a data marca a primeira aparição da santa (que aconteceu no dia 13 de maio de 1917), há uma grande concentração de fiéis nesses dias pela cidade, aumentando o movimento. Aliás, o local onde essa aparição aconteceu, o Santuário de Fátima, é parada obrigatória para os turistas por conta de sua beleza arquitetônica e, claro, valor religioso – é importante informar que o local é considerado sagrado e destinado, exclusivamente, à orações.

O Castelo de Ourém, construído durante a Idade Média, é outro cartão postal da cidade, tanto que é considerado um dos mais bonitos de Portugal. Localizado a apenas 11 km de Fátima, o local permite que os turistas consigam ter uma ideia de como era a arquitetura na época de sua construção.

Braga


Foto: Jack78 / Pixabay

A terceira maior cidade de Portugal, Braga chama a atenção dos viajantes por conta de sua história rica, beleza arquitetônica, culinária ímpar, natureza e passeios inesquecíveis. Um exemplo disso é a Catedral da Sé de Braga, a mais antiga do país, que chama a atenção por conta dos diversos estilos de sua construção – o que deixam sua arquitetura tão rica e exclusiva.

Mas é no alto de uma colina onde é possível encontrar a principal atração da região: o Santuário do Bom Jesus do Monte. Os turistas enfrentam uma escadaria com 670 degraus para conferir de perto a beleza do local e desfrutar da vista da cidade.

Quando se pensa em doces portugueses, é impossível não se lembrar dos doces com ovos, afinal, essas iguarias são uma tradição no país. O pudim Abade de Priscos, uma das receitas mais conhecidas, é prato típico de Braga, cujo segredo da receita não tem nada a ver com doces, mas sim com toucinhos, o que tornam sua confecção única.

Guimarães


Foto: Foto: Xtip / Pixabay

Uma mistura entre tradição e modernidade: assim pode ser resumida Guimarães, conhecida como o berço de Portugal, pois foi onde nasceu o primeiro rei do país. Apesar de ser uma cidade pequena, é cheia de igrejas, monumentos, museus, praças, ruas medievais e passeios para os turistas, o que faz com que o destino seja muito procurado por todos os visitantes.

Como quase todas as atrações estão concentradas no centro histórico da cidade, o viajante tem a possibilidade de conhecer tudo a pé, sem se preocupar em alugar um veículo ou precisar de transporte público. O Castelo de Guimarães, uma construção icônica para a cidade e todo o país, pode ser um ótimo ponto de partida para o passeio, pois até chegar ao centro, é possível conhecer também o Palácio dos Duques.

As ruas de paralelepípedos, os azulejos, os edifícios góticos e as casas tradicionais fazem com que os turistas viagem pela história. Para quem quiser curtir alguns dias de descanso na região, mas sem deixar de aproveitar, não pode deixar de visitar o Pavilhão Multiuso, local onde acontecem espetáculos, shows e manifestações populares, ou apreciar o final do dia em uma praça, quem sabe não está rolando algum festival com artistas da região. Já os turistas que gostam de aventuras, é possível praticar rappel, trekking ou, simplesmente, dar uma volta de teleférico na Montanha da Penha.

Angra do Heroísmo


Foto: Franzfoto / Wikimedia Commons

Embora muitas pessoas nunca tenham ouvido falar muito de Angra do Heroísmo, a cidade foi extremamente importante para a história de Portugal, tanto é que já foi até capital do país. Assim como outras cidades portuguesas, a do local é resultado de sua natureza exuberante, mas também por seu contraste com a pedra escura utilizada nas construções.

O centro histórico da região, Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 1983, abriga a bela Igreja da Misericórdia, construção de estilo barroco que se destaca na região. Outro local que se destaca é a Igreja do Santíssimo Salvador da Sé, considerada a maior igreja de todo o arquipélago dos Açores, onde se localiza Angra do Heroísmo.

Para aqueles que não abrem mão de um contato direto com a natureza nas viagens, não podem deixar de visitar a Prainha de Angra, onde é possível nadar e contemplar o Monte Brasil.

Lisboa


Foto: silviakille / Pixabay

A capital portuguesa é, de fato, um destino apaixonante e que deve estar na lista de “lugares para conhecer” de todas as pessoas, em especial dos brasileiros por conta do laço com o país, afinal, os portugueses contam parte da história do Brasil.

Um dos símbolos mais famosos da cidade, a Torre de Belém, é um dos locais mais visitados pelos turistas por causa de sua beleza – tanto exterior quanto interior – e história – pois, era a partir do local que os navegadores portugueses partiam em busca de novas rotas marítimas. Quem sobe ao terraço da torre pode desfrutar de uma vista privilegiada do bairro de Belém e também do famosos rio Tejo.

Outra grande atração de Lisboa é a Praça do Comércio, ou Terreiro do Paço, como também é conhecida por muitos; simplesmente, uma das maiores praças de toda a Europa, abriga uma variedade de edifícios charmosos e o Arco Triunfal da Rua Augusta, um dos cartões postais da região. Quem quiser se sentir um “verdadeiro português” basta tirar uma tarde para tomar um café, ver o pôr do sol e, claro, fazer algumas fotos desta viagem inesquecível. Para ter uma vista privilegiada, basta subir no Arco e, pronto, fechar a visita com chave de ouro.

Aliás, a Rua Augusta é um ótimo local de passeio para os viajantes que querem comprar presentes e recordações para levar para casa ou, simplesmente, comer um delicioso prato típico da região. E já que o assunto é culinária, não deixe a capital de Portugal sem antes experimentar alguns petiscos típicos, como os pipis (deliciosos miúdos de galinha ao molho de tomate), as iscas com batata (um prato de fígado de porco salteado com alho e vinho branco) e, claro, caracóis.

Porto


Foto: nuno_lopes / Pixabay

Quem conhece Porto garante que viajar para a cidade pode ser considerado amor à primeira vista e não é para menos, pois a segunda maior cidade de Portugal é cheia de atrações turísticas e destino certo para quem visita o país.

Apesar da cidade ser cheia de ruas em ladeiras, os turistas sempre gostam de fazer passeios a pé, afinal, dá para conhecer bastante da região e apreciar um pouco de sua arquitetura com prédios em vários estilos (que vão do barroco a belle époque). Logo no coração da cidade, a Catedral da Sé é parada obrigatória, já que além de ser um dos principais e mais antigos monumentos de Portugal também é uma das construções mais belas e únicas de toda a Europa.

A Torre dos Clérigos, um dos monumentos mais emblemáticos da cidade, não pode ficar de fora do roteiro, sabe por quê? Depois que o viajante enfrenta toda a subida da torre, que tem 76 metros, e se surpreende com os 49 sinos que formam um grande carrilhão, ele vai se deparar com uma vista magnífica de toda a cidade. Uma recompensa e tanto!

E, claro, como não poderia ser diferente, um dos passeios indispensáveis em Porto é conhecer uma cave, ou melhor, um armazém para entender todo o processo de produção de um dos vinhos mais famosos do mundo, o vinho do Porto e degustar algumas taças para conhecer o gostinho do local.

É impossível falar desta cidade sem citar a gastronomia, um dos motivos que atrai milhares de turistas todos os anos. Entre os pratos regionais e verdadeiramente portugueses, se destacam o bacalhau à Gomes de Sá (uma receita preparada com azeitonas pretas, batatas, cebolas e ovos), o papo de anjo (uma deliciosa sobremesa feita, tradicionalmente, em conventos da cidade com açúcar, gemas de ovos e uma deliciosa calda) e a francesinha (um prato salgado que contém diversas carnes, pão, queijo e é conhecido, especialmente, pelo sabor de seu molho).

Óbidos


Foto: Foto: Lopez_Grande / Pixabay

Imagine uma cidade medieval? Assim é Óbidos. O centro histórico, cercado pelas muralhas, é cheio de charme com e, com certeza, esse é um dos motivos que atrai tantos viajantes para a região. Seja na primavera, verão, outono ou inverno, passear pelas ruas antigas da região é uma experiência única em qualquer época do ano, pois é como viajar no tempo e conhecer um pouco mais sobre como era a vida das antigas civilizações portuguesas.

O Castelo de Óbidos, construído no século XIII, é a principal atração turística da cidade. Atualmente, o local se tornou uma das pousadas mais luxuosas do país e tem como objetivo fazer com que seus hóspedes tenham a experiência de viver uma verdadeira noite de rei e rainha.

Outro lugar que não pode ficar de fora do roteiro é a Igreja de Santa Maria. Principal igreja da cidade, o edifício de estilo renascentista já foi restaurado diversas vezes desde sua construção – no século XII – e chama a atenção, principalmente, por conta das pinturas a óleo que decoram suas paredes e os azulejos pintados à mão com motivos florais.

Aveiro


Foto: uroburos / Pixabay

Os edifícios do centro históricos, os barcos coloridos e a culinária regional fazem de Aveiro uma as regiões mais autênticas de Portugal! Como a cidade é pequena, fica ainda mais fácil explorar tudo que ela tem a oferecer, seja de transporte público, carro ou até mesmo a pé.

Você já ouviu falar em “barcos moliceiros”? Assim são conhecidos os barcos que circulam na Ria de Aveiro. E uma coisa é certa: ninguém pode visitar a cidade sem viver a experiência de andar de moliceiro. O percurso com as embarcações é feito por quatro canais e é possível apreciar toda a bela vista da cidade e, claro, relaxar bastante; esse é um dos motivos pelo qual a região é considerada a “Veneza Portuguesa”.

Em Aveiro o turista tem a oportunidade de degustar dos melhores sabores da gastronomia portuguesa, assim, não podem deixar de experimentar alguns pratos tradicionais, como a caldeirada de enguias, os famosos ovos moles de Aveiro e o clássico bacalhau – que na região pode ser encontrado também com algumas variações, como assado, na brasa, com batatas, entre outras.

Funchal


Foto: jackmac34 / Pixabay

Capital da Ilha da Madeira, Funchal é uma cidade que merece ser visitada não apenas por suas belezas regionais e moradores calorosos que amam receber os turistas, mas, principalmente, por ser o lugar ideal para começar a visita na região.

Para aqueles que não dispensam um passeio em meio a natureza, a Ponta do São Lourenço é um ótimo ponto de partida para começar essa aventura. Além de fazer um percurso por uma região que tem uma das vistas mais incríveis da Europa, o viajante pode contemplar a paisagem e o nascer do sol do Miradouro da Ponta do Rosto, um dos locais de parada obrigatória para quem visita essa ilha.

Quem chega em Funchal, rapidamente, se apaixonada pela natureza local e, claro, todos os jardins. Os Jardins do Palheiro está entre os mais famosos por conta de sua localização – nas colinas – e pela grande variedade de plantas.

Sintra

Foto: Foto: essuera / Pixabay

Embora sejam as cidades mais conhecidas de Portugal, os encantos do país vão muito além de Lisboa e Porto, por isso, é importante que o turista se aventure para descobrir alguns dos tesouros das terras lusitanas, como Sintra. A cidade é recheada de muita história, monumentos arquitetônicos e belezas naturais, tanto que é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.

O Palácio Nacional da Pena erguido no topo da Serra de Sintra é exemplo da arquitetura romântica portuguesa. Como a região é visitada em diferentes épocas do ano, a dica é evitar esse passeio em dias de chuva, uma vez que o palácio se localiza em uma parte alta da cidade, por isso, ventos e chuvas fortes podem prejudicar os visitantes.

Considerado o ponto mais ocidental não somente de Portugal, mas de toda a Europa, o Cabo do Roca atrai, especialmente, os viajantes que buscam paisagens naturais; além de toda a vista magnífica do Oceano Atlântico, a visita ao local também ajuda a entender melhor toda a história dos portugueses e suas habilidades como navegadores.

A culinária local é uma atração a parte! Depois de um passeio, vale a pena experimentar uma deliciosa queijadinha de Sintra (pasteizinhos de ovos com requeijão). Com certeza, um novo mundo se abrirá diante de seus olhos a cada mordida. Gostou dessas sugestões sobre Portugal? Acesse nossos guias e encontre outras dicas para aproveitar ainda mais sua viagem pelo país.

» 6 ideias de passeios bate e volta saindo de Lisboa
» Ferramenta disponibiliza tour virtual por museus de Portugal
» 14 cidades medievais super charmosas para visitar em Portugal
» Trem de luxo faz viagens gastronômicas em Portugal

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.

Destinos com águas termais em São Paulo

Artigo anterior

Cidades para viajar com crianças em São Paulo

Artigo seguinte

Você pode gostar

Comentários estão fechados.