Vale do Loire: os castelos mais belos da região

Conheça e se deslumbre com o Vale do Loire, a região dos castelos mais charmosos e espetaculares da França

Imagine um lugar que parece ter saído de um livro de contos de fadas. A cerca de duas horas de Paris está o Vale do Loire, uma região que reúne mais de 300 castelos e palácios medievais construídos entre os séculos XV e XVI. Junto a eles, cidades históricas, florestas encantadoras, obras renascentistas, belos jardins floridos e longos campos gramados formam um cenário digno de cinema.

Além do clima romântico e das charmosas construções, os castelos do Vale do Loire transpiram história. Diversos mistérios, intrigas, batalhas e momentos marcantes da história mundial ocorreram por lá.

Atraindo cada vez mais turistas que desejam se encantar pelo clima charmoso, bucólico e medieval da região, o Vale do Loire é um passeio imperdível e que pode ser realizado em apenas um dia partindo de Paris.

Conheça e se apaixone pelos castelos de uma das mais charmosas regiões francesas!

Leia também:

5 castelos europeus para você viajar no tempo
Os castelos e palácios mais incríveis da Grã-Bretanha
Castelo construido em rocha é atração na Eslovênia
França encantada: cidades e vilarejos mais charmosos do país

Chateau de Chambord

O maior de todos os castelos renascentistas franceses impressiona pelo tamanho e magnitude. O Chateau de Chambord foi construído para ser a estação de caça do Rei François I e atualmente é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

É uma obra impressionante de arquitetura que possui mais de 400 quartos. O que chama a atenção é a espetacular escadaria aberta em dupla hélice, peça central do castelo e, embora ninguém saiba quem foi o autor, alguns dizem ser obra do mestre italiano Leonardo da Vinci. Subindo a magnífica escada o visitante tem acesso a uma vista maravilhosa do terraço, torres, chaminés e janelas que compõe o Chateau de Chambord.

Na parte externa do castelo, além de belos jardins e lagos, há mais de mil hectares de floresta aberta aos visitantes. Como o castelo era um local de caça, atualmente a área é repleta de animais que trafegam livremente e que podem ser observados em pontos específicos. Os turistas ainda podem realizar passeios a cavalo e carruagem para explorar as belezas da majestosa propriedade.

www.chambord.org
Château, 41250 – Chambord

Foto: Tsomchat / Shutterstock

Chateau Royal de Blois

No centro da cidade de Blois está o castelo mais “real” do Vale do Loire. Isso porque ele foi a residência principal de diversos reis e rainhas franceses durante o período da Renascença. É o único castelo que se orgulha de ter hospedado nada menos que 10 rainhas e 7 reis da França.

Por conta disso, o Chateau Royal de Blois é um verdadeiro tesouro da arquitetura e da história dos castelos do Vale do Loire. Suas alas foram construídas em períodos diferentes da história e receberam a influência de diversos estilos, como gótico, flamejante, clássico e renascentista.

Além de um grande marco na arquitetura, o Chateau Royal de Blois guarda importantes momentos da história. Foi nele, por exemplo, que Joana d’Arc ganhou sua benção do Arcebispo de Reims, em 1429, antes de partir para combater os ingleses em Orleans. Ali também viveu a Rainha Catarina de Médici, esposa do Rei Henrique IV, uma das monarcas mais poderosas e controversas da história.

O Chateau Royal de Blois também abriga um Museu de Belas Artes, que reúne obras de importantes artistas, entre quadros, tapeçarias, esculturas e outras raridades.

www.chateaudeblois.fr
6 Place du Château, 41000 – Blois

Foto: juliacasado1 / Pixabay

Chateau de Chenonceau

O Chateau de Chenonceau é um dos mais belos e visitados castelos do Vale do Loire. Sua estrutura impressionante fica em cima das águas do rio Cher e é sustentada por pilares que atravessam as águas de uma margem a outra. Tudo inspira romantismo no local, desde os belos jardins com toques de lavanda até a decoração de seus cômodos – e não é para menos: o castelo foi um presente do rei Henrique II para sua amante preferida, Diane de Poitiers.

Conhecido como o “Château des Dames”, ou “O Castelo das Damas”, o Chateau de Chenonceau recebeu esse apelido em referência às suas proprietárias que sucessivamente o construíram, aumentaram e embelezaram. Após a morte do Rei Henrique II, sua esposa, Catarina de Médici expulsou a amante e assumiu o local. Atualmente, caminhando pelo bosque que cerca o castelo é possível conhecer dois jardins – um que pertenceu à Diane e outro de Catarina.

Louise de Lorraine, esposa de Henrique III, também morou no local, assim como, posteriormente, Françoise de Mercoeur, sobrinha de Louise e mulher de César de Vendôme, filho legítimo do rei Henrique IV. Mais para a frente, o castelo também pertenceu a Madame Dupin, uma mulher que apreciava a arte, a cultura e o teatro.

Todas essas mulheres contribuíram para um dos cenários mais deslumbrantes do Vale do Loire, unindo a rica arquitetura do castelo a belos jardins repletos de detalhes pensados por cada uma delas.

www.chenonceau.com
37150 Chenonceaux, França

Foto: rdlncl / Pixabay

Château de Amboise

Situado na cidade que leva o mesmo nome, o Castelo de Amboise foi construído à beira do Rio Loire e se tornou um dos mais populares da região por abrigar os restos mortais do pintor italiano Leonardo Da Vinci, que viveu na residência a convite de Francisco I entre os anos de 1516 à 1519.

Durante o verão, o local serve de palco do La prophetie d’Amboise, um espetáculo teatral noturno muito popular na região, que conta as histórias marcantes vividas no palácio, desde a ascensão de François I ao trono a chegada de Leonardo da Vinci, e conta com mais de 250 figurantes. O castelo é aberto para o público durante o ano inteiro das 9h às 12h30 e das 14h às 16h45, sendo fechado apenas no natal. A charmosa construção entrou para a lista de Patrimônios Mundiais da Humanidade da Unesco graças a sua imponente estrutura, seus jardins encantadores e ao grande valor histórico.

www.chateau-amboise.com
Montée de l’Emir Abd el Kader, 37400

Foto: Christophe.Finot / Wikimedia Commons

Maison de Jeanne D’arc

Joana d’Arc ou Jeanne d’Arc é a mais famosa heroína francesa. Responsável pela libertação da cidade de Orleans, no Vale do Loire, que estava há meses sob o domínio inglês, ela se tornou uma verdadeira lenda local. A Maison de Jeanne d’Arc é uma reconstrução da casa do século XV que a hospedou entre abril e maio 1429, depois que a casa original foi destruída por um bombardeio alemão em 1940.

O piso térreo da Maison Jeanne d’Arc é equipado com uma sala multimídia onde é exibido um filme de 15 minutos sobre as origens, as realizações e o impacto histórico da heroína. É possível fazer uma verdadeira imersão pelos terminais interativos, visualizar um mapa de batalhas e uma apresentação em ordem cronológica dos acontecimentos da vida de Joana.

Na sala superior está um centro de pesquisa e documentação da Donzela de Orleans equipado com 37 mil documentos entre livros, revistas, cartões postais e filmes. Um verdadeiro tesouro para quem deseja aprender mais sobre sua vida e sobre este importante período da história.

www.jeannedarc.com.fr/maison/maison.htm
3, place de Gaulle, 45000 – Orléans

Foto: Lienyuan Lee / Wikimedia Commons

Gostou das dicas? Caso você já tenha feito esse roteiro pelos Castelos do Vale do Loire na França, compartilhe suas experiências com a gente. Está indo pela primeira vez? Então conheça a agência França entre Amigos, um receptivo especializado em receber brasileiros no país, que fará de seu passeio pelos belos castelos desta charmosa região francesa ainda mais inesquecível!

+info:

França Entre Amigos
Allee des Bosquets 94800 Villejuif
Tel.: 00 XX 336 645 459 01
www.francaentreamigos.com.br


- Descubra o hotel ideal para você, reserve seu hotel com o Booking.com.
- Pesquise os melhores preços de passagens aéreas em tempo real para a sua viagem.