Saiba quais vacinas são necessárias para viajar para o exterior e os destinos que mais podem afetar sua saúde

Foto: via Folha Vitoria

Viajar para o exterior é o sonho de muita gente, mas você sabia que, assim como em viagens nacionais, é preciso ter atenção redobrada com a saúde para ter uma viagem tranquila e sem resultados alarmantes? Isso ocorre por que muitos destinos podem abrigar doenças que se manifestam por conta do saneamento básico inadequado, por exemplo.

Conheça a seguir quais vacinas é preciso tomar antes de viajar para o exterior e garanta uma viagem tranquila.

Vacinas obrigatórias para viajar para o exterior


Não existe uma vacina que seja obrigatória em todos os países, afinal cada um apresenta suas particularidades também no que diz respeito às epidemias. O Brasil é um exemplo claro disso: por aqui já tivemos sérios problemas com a febre amarela, mas quem escolhe vir pra cá não precisa se preocupar com a raiva, por exemplo.

Veja abaixo a relação das vacinas necessárias para viajar para o exterior e onde são exigidas:

  •  Hepatite A: é necessária na Ásia e destinos litorâneos ou sem saneamento básico considerado adequado;
  •  Febre Amarela: exigida para viagens pela América do Sul e África;
  •  Raiva: é uma vacina obrigatória somente na Índia;
  •  Febre Tifóide: deve ser tomada para visitas à Ásia, África, cidades litorâneas ou sem saneamento adequado;
  •  Meningite Meningocócica: necessária para viagens à área do Saara conhecida como Cinturão da Meningite e para Meca, na Arábia Saudita;
  •  Poliomielite: vacina obrigatória para viagens à Índia e Paquistão.

Note que são somente seis tipos de vacinas que abrangem dezenas de países, mas não se atente somente a isso.

Para tomar vacina para viajar é preciso tomar cuidado com alguns detalhes para que ela faça o efeito desejado e seja aceita, como falaremos a seguir.

Como tomar vacina para viajar para o exterior


No que diz respeito ao simples fato de tomar a vacina exigida não há muito segredo: basta procurar um posto de saúde ou até mesmo um aeroporto internacional, como o de Guarulhos (GRU), mas essa segunda opção pode exigir muito mais tempo que o necessário.

O principal ponto, porém, é respeitar as doses exigidas e o tempo entre uma e outra, garantindo que a vacina realmente fará efeito. Por exemplo: você deve se vacinar contra febre amarela pelo menos 10 dias antes de viajar para um país da América do Sul, ou a cada 3 anos contra febre tifóide para poder desbravar a África e a Ásia sem medo de adoecer. Já a hepatite A é dividida em 2 doses com intervalo de 6 meses.

Para não ter dúvidas quanto a isso, entre em contato com a ANVISA e informe-se. É também esse órgão que você deve procurar com sua carteira de vacinação em mãos para obter o Certificado Internacional de Vacinação, totalmente gratuito. Seus postos estão localizados tanto em aeroportos quanto em fronteiras e portos, facilitando a obtenção desse que é um documento obrigatório para ser apresentado na imigração do destino escolhido (caso ele exija vacina).

Agora que você já sabe quais vacinas tomar antes de viajar para o exterior, não há mais desculpas: uma simples e rápida picada no braço pode fazer da sua viagem um sucesso e literalmente salvar sua vida.

» Destinos internacionais para viajar sem passaporte
» Seguro viagem é obrigatório?
» Saiba como viajar com seu animal de estimação em viagens de avião
» Aplicativos que todo viajante precisa ter

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.
» Faça o seu visto e antecipe seu passaporte com a Visto Fácil.

Bagagem de mão: o que pode e o que não pode

Artigo anterior

Como comprar bagagem extra

Artigo seguinte

Você pode gostar