Dinheiro, atenção com golpes, transfers e muito mais: descubra dicas importantes para sua primeira viagem a Santiago, no Chile

Santiago, no Chile, é uma metrópole incrível. Multifacetada e cosmopolita, é um local que permite se divertir, curtir a natureza e aproveitar diversas atrações. Há, de fato, programas para todos os gostos e quem conhece a cidade sempre fica com vontade de voltar.

Apesar de segura e tranquila, a capital chilena, como qualquer outra grande cidade, exige alguns cuidados que podem ajudar turistas a escaparem de alguns golpes já conhecidos, que podem começar logo quando se chega ao aeroporto.

Para evitar problemas durante sua viagem separamos algumas dicas importantes. Confira abaixo:

Entendendo os pesos chilenos

Foto: via guiamundoafora

Antes de mais nada, vamos à parte básica: qual moeda usar no Chile? A moeda oficial do Chile é o peso chileno (CLP). Ao contrário da Argentina, onde os reais são bem aceitos em alguns estabelecimentos, no Chile você precisará trocar seu dinheiro para realizar compras no país. Evite trocar o dinheiro no Brasil, já que a troca em Santiago pode ser mais vantajosa. Para se ter uma ideia, 1 real vale em torno de 170 pesos chilenos (cotação de abril de 2019).

Mas onde trocar o dinheiro? As casas de câmbio que se encontram dentro do Aeroporto Internacional de Santiago são confiáveis, mas as cotações não são tão boas. Prefira trocar seu dinheiro em casas de câmbio localizadas na Rua Augustinas, na região central da cidade, que oferece diversos estabelecimentos confiáveis. Normalmente, as casas de câmbio na rua Agustinas funcionam de segunda à sexta-feira, das 09h às 18h, e aos sábados, das 10h às 14h. No entanto, aos domingos, geralmente encontram-se fechadas.

Golpes no aeroporto: atenção redobrada

Foto: Agencia Uno

Como falamos acima, Santiago é uma cidade bastante segura, mas como toda grande capital, é sempre bom ficar atento e evitar possíveis golpes que são aplicados com turistas desatentos. Vamos dar algumas dicas para que você escape desse tipo de problema.

Um golpe muito comum que costuma ser praticado logo quando se desembarca no aeroporto é o do “transfer pirata”. Assim que você desembarca no aeroporto e não localiza de imediato a pessoa que foi te buscar, eles se aproximam e se apresentam como taxistas oficiais da cidade.

Estas pessoas simulam uma ligação telefônica dizendo que seu transfer irá atrasar e se oferecem para te levar no lugar, só que por valores muito acima dos praticados habitualmente. Para se ter uma ideia, um trajeto que custaria 35 mil pesos ida e volta (equivalente a aproximadamente 210 reais) chega a ser oferecido por até 90 mil pesos chilenos, ou seja, quase o dobro do valor.

Alguns desses “transfer piratas” também se oferecem para ir com o turista até a casa de câmbio do aeroporto para trocar dinheiro. Nem precisamos dizer que é uma furada, né? Para evitar este tipo de problema logo ao desembarcar, a dica é não confiar na primeira pessoa que aparecer à sua frente.

Os transfers credenciados sempre estão uniformizados e possuem uma placa com seu nome. Nossa dica para quem quer contratar um transfer confiável em Santiago é a Transfer Brasil, que realiza este serviço há anos na cidade e que também possui uma equipe preparada para levar passageiros com segurança a seus hotéis. O transfer é a forma mais segura e confortável para sair do aeroporto e chegar ao seu hotel em Santiago sem imprevistos e contratempos.

E os táxis, valem a pena?

Foto: Chile Travel

Os táxis são bastante utilizados na cidade, mas também é necessário tomar alguns cuidados com golpes. Há dois tipos mais comuns: taxímetro adulterado e cobrança indevida. Neste último, na hora de pagar você entrega uma nota e eles avisam que você entregou uma nota de valor menor. Por isso, sempre que for tomar um táxi, você deve falar a eles quanto dinheiro está entregando e já acertar o valor da corrida. Se o taxista se negar a te dar uma estimativa, melhor evitar.

Uma dica é utilizar o aplicativo Easy Taxi, que diminui as chances de taxímetro adulterado. Já o aplicativo Uber não é legalizado no Chile e em locais como aeroportos ou shoppings, com grande fluxo de pessoas, a fiscalização é intensa.

Se você tiver qualquer problema durante sua estadia em Santiago, a polícia chilena é bastante confiável e está entre as melhores do mundo. Conhecidos como “Carabineros”, sempre que precisar de informações não hesite em questioná-los. O 133 é o telefone de emergências no Chile e o 139 é o telefone para informações.

No mais, aproveite sua viagem: Santiago é uma das mais encantadoras cidades do Chile e você certamente vai voltar ao Brasil com muitas histórias e fotos de lugares lindos, boas lembranças e uma vontade imensa de voltar.

+ Info

Transfer Brasil
www.transferbrasil.cl
Tel.: +56 941-016-076
E-mail: contato@transferbrasil.cl
Miguel Claro, 585 – Santiago/ Chile

» Dicas de turismo em Santiago
» Estações de esqui em Santiago: El Colorado e Farellones
» Lugares para conhecer em San Pedro de Atacama
» 9 lugares sensacionais que você precisa conhecer no Chile

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.

Transfer para brasileiros em Santiago, no Chile

Artigo anterior

Brasileiros em Santiago: empresa oferece serviço de transfer

Artigo seguinte

Você pode gostar

Comentários estão fechados.