A Rota Romântica é o mais famoso circuito turístico da Alemanha, e liga as cidades de Füssen e Würzbuz. O caminho percorre cerca de 325km passando por 27 cidades com belas paisagens e vilarejos super charmosos no interior do país. Ao longo do percurso é possível observar cenários onde a natureza predomina, com montanhas, rios, lagos, florestas e construções históricaas da região fazem você viajar no tempo.

Castelos, palácios, igrejas e monastérios, são alguns dos atrativos que fazem a Rota Romântica um dos trajetos mais charmosos da Europa. A rota pode ser feita de muitas formas:

De bicicleta: Existe ciclovias que ligam todas as cidades.
De ônibus: De abril a outubro é possível conhecer a rota toda com um ônibus especial para o trajeto, mais informações clique aqui.
De trem: Acesso apenas nas principais cidades da rota, mas é possível fazer uma combinação de trem e ônibus intermunicipais entre outras cidades.
De Automóvel: A melhor forma de fazer o percurso, já que o transporte público tem pouca frequência em algumas cidades. Como as regiões são bem próximas, é possível fazer a rota em apenas 3 dias de carro.

Leia também:

Guia Alemanha: 24 cidades para visitar quando estiver no país
O melhor de Berlim: Descubra lugares incríveis para curtir na cidade
Os castelos mais impressionantes ao redor do mundo
Viaje pelo mundo dos Irmãos Grimm na Rota dos Contos de Fadas
Compras em Berlim: Kurfürstendamm

A primeira cidade ao sul da rota é Füssen, e também a mais alta da Baviera conhecida como cidade do conto de fadas. O destino tem como plano de fundo os Alpes alemães. O centro histórico é rodeado por ruas medievais e igrejas barrocas que completam a paisagem, é nessa cidade que se encontra os castelos de Neuschwastein, Hohenschwangau, Linderhof e a igreja declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, Wieskirche.

O castelo Neuschwastein serviu de inspiração para o desenho da Disney, Cinderela. O local serviu de moradia para o Rei Ludwig II e recebe cerca de 5 mil turistas todos os dias.

Foto: Hans / Pixabay

Füssen. Foto: Hans / Pixabay

Com 250 mil habitantes Augsburg é a maior cidade da Rota Romântica e também a segunda cidade mais antiga da Alemanha, o município possui edificações da época renascentista, palácios e mansões fazem desta cidade um cenário perfeito.

Augsburg. Foto: 10019 / Pixabay

Mesmo não estando exatamente no caminho da Rota Romântica, Ulm vale uma visita. Famosa por ser cidade natal de Albert Einstein, Ulm conta com uma importante catedral da região que ostenta uma torre gigantesca com mais de 160 metros de altura.

Ulm. Foto: Hans / Pixabay

Depois de ter sido fortemente bombardeada na 2ª Guerra Mundial, Donauworth foi cuidadosamente restaurada e agora atrai amantes de história e arquitetura. Quando estiver na cidade não deixe de passar na Reichesstrasse a rua mais charmosa de Donauworth.

Outra cidade que merce uma parada é Nordlingen, o local ainda preserva as muralhas que o protegiam nos séculos XIV e XV. Uma curiosidade é que a cidade está localizada em cima de uma cratera com quase 1km de diâmetro, formada pelo impacto de um meteoro que segundo especialistas atingiu a terra a 15 milhões de anos atrás.

Uma opção para quem deseja conhecer uma atração ainda pouco explorada pelo turismo é a cidade de Dinkelbühl, a tradicional vila alemã possui ruas e construções medievais impressionantes e preserva a sensação de vilarejo  tradicional do país.

As margens do rio Tauber e cercada por uma muralha de 3km de comprimento onde você pode circular e apreciar a vista da cidade. Rothenburg ob der Tauber é considerada a cidade medieval mais bem preservada da Alemanha.

Rothenburg ob der Tauber. Foto: Roman Kraft / Unsplash

Rothenburg ob der Tauber. Foto: Roman Kraft / Unsplash

O site de turismo oficial da Rota Romântica traz uma lista de todas as opções de hotéis e albergues do trajeto, com endereço, telefone e faixa de preço.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Ilha do Marajó – Turismo exótico no Pará

Artigo anterior

Interação com os Botos em Manaus – Arquipélago de Anavilhanas

Artigo seguinte

Você pode gostar

Mais em Alemanha