Decisão de proibir passeios de elefante no Camboja ocorreu após morte de animal em 2016 por exaustão

É oficial: em 2020, os passeios de elefante no Camboja estarão proibidos. Desde 2001, uma empresa privada oferece tours com os animais no Sítio Arqueológico de Angkor. A atração acabou se tornando um dos mais buscados por turistas no país.

De acordo com a notícia publicada na CNN, eram 14 animais que carregavam turistas em suas costas ao longo do dia. No entanto, após a morte de um elefante por exaustão em 2016, ativistas pela causa animal começaram a pressionar a Apsara, agência governamental que supervisiona essa atividade.

elefante camboja

Foto: Pixabay

A decisão do órgão foi proibir passeios de elefante no Camboja a partir de 2020, sendo que cinco animais já foram levados retornar ao seu habitat natural, uma floresta comunitária na região chamada Bos Thom. Em breve, no início do próximo ano, os demais elefantes também deverão ser soltos.

Os ambientalistas comemoraram a decisão e, agora, pretendem pressionar autoridades para a proibição chegue a países como a Tailândia e Vietnã, que também oferecem passeios em elefantes.

Leia também:

» Hotel temático da Nutella será inaugurado em 2020 na Califórnia
» Av Paulista terá o 1ª Hard Rock Hotel de São Paulo
» Dicas de apps para quem quer viajar sozinho
» Farol Santander inaugura exposição imersiva de Tarsila do Amaral

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.

Black Friday 2019: confira as melhores promoções de viagens

Artigo anterior

Saiba como é a primeira loja da KitKat em São Paulo

Artigo seguinte

Você pode gostar

Comentários estão fechados.