Plataforma já garantiu mais de R$ 2 milhões em indenização para clientes prejudicados pelas companhias aéreas

Quando programamos uma viagem esperamos que tudo saia de acordo com o planejado. Infelizmente, não é sempre assim e alguns imprevistos como voo cancelado ou voo atrasado podem bagunçar a programação das nossas tão sonhadas férias. Mas, a grande dúvida nessas situações é como exigir os nossos direitos pelo prejuízo causado nesses voos?

A burocracia pode ser grande e complicada para aqueles que não entendem os passos necessários para recuperar esse prejuízo e estresse. Por isso, empresas como a Resolvvi, aparecem para facilitar os processos de indenização aos passageiros, facilitando ações judiciais contra a companhia aérea.

A Resolvvi é uma empresa digital especializada em auxiliar os passageiros na conquista de seus direitos, facilitando todos os trâmites para recuperar os danos materiais desses casos. Ela surgiu em 2017 e já teve sucesso em 98% dos casos, retornando mais de R$ 2 milhões em indenizações para os seus clientes.

A startup arca com todos os custos envolvidos até você ganhar a indenização, ou seja não há custo antecipado para entrar com uma ação judicial. Depois do êxito nas ações, 30% do valor da indenização é descontado como honorário pelos serviços prestados. O melhor disso é que o consumidor só paga após ganhar a ação, e caso o processo não seja favorável ao solicitante, a Resolvvi arca com todos os custos operacionais.

Como a empresa trabalha com companhias nacionais e internacionais, pode atender um grande número de passageiros. Além disso, quando forem pedidos dados pessoais, a segurança é elevada e os acordos em relação aos problemas com voo são feitos de forma sigilosa.

Plataforma ajuda passageiros que tiveram problemas com voos. Foto: Madison Inouye / Pexels

Como funciona o processo de indenização?

Na Resolvvi, depois de aprovado o pedido, o cliente precisa assinar alguns documentos digitalmente e passar os dados do voo correspondente e junto com todas as provas que conseguir. Tudo foi pensado para garantir maior praticidade para os passageiros, ou seja, você não precisa ser um especialista em direito do consumidor. Todo o suporte é feito de maneira ágil e extremamente automatizada. Assim, a empresa busca o melhor acordo direto com a companhia aérea, sendo que cerca de 50% dos casos são resolvidos de uma maneira simples.

Caso a companhia não aceite a proposta de indenização por problemas no voo e entre com um recurso, a Resolvvi prepara um novo pedido judicial e persiste na busca. Mas se não houver acordo, não se preocupe, os serviços da empresa não serão cobrados.

Aéreas podem sofrer processos judiciais em caso de problemas nos voos. Foto: Pexels

Em que situações é possível pedir uma indenização?

Em casos de voo cancelado e voo atrasado a indenização é mais comum, mas eles também ajudam em outros casos, como em situações de bagagem extraviada, um problema que, infelizmente, se tornou bem comum, ainda mais com o aumento no fluxo de voos. No entanto, você também pode exigir uma indenização quando ocorre outros casos, como conexão perdida e a chegada no destino ultrapassar 4 horas do que era previsto inicialmente. O mesmo esquema funciona para casos que acontecem overbooking, quando não há possibilidade de embarque no trecho adquirido.

Através da plataforma da Resolvvi, é possível verificar de forma imediata se o seu problema com voo é elegível a uma indenização, apenas respondendo a algumas perguntas sobre o seu caso. Caso seja elegível, o passageiro pode seguir com o cadastro de seu pedido de indenização, descrever melhor o seu caso e enviar as provas que tiver. Os especialistas da Resolvvi analisam cada caso e buscam a melhor resolução para o passageiro. Vale ressaltar que é possível reivindicar uma indenização em até dois anos após a data do ocorrido.

Para conseguir reivindicar seus direitos, é preciso ter algumas provas em mãos, como comprovantes ou email do check-in, já em casos de extravio de bagagem é necessário que o usuário envie o Registro de Irregularidade de Bagagem, realizado no próprio aeroporto.

Como monitorar o pedido?

Como a empresa é 100% digital, as atualizações do pedido são enviadas por e-mail com um atendimento personalizado, mas se você quiser acompanhar de perto, é só acessar o site com o seu login e monitorar como anda o seu processo contra a companhia aérea.

O valor de indenização recebido varia de caso para caso, ficando normalmente, por volta de 2 a 6 mil reais. Provas adicionais podem servir como evidências de que o passageiro sofreu um dano moral maior, o que pode levar a uma indenização mais alta. O tempo para receber a indenização também varia, sendo, em média, de 6 meses, pois depende da resposta das companhias aéreas e do poder judiciário.

Conhece alguém que passou por algum desses problemas com companhias aéreas? Já teve um voo cancelado, atrasado ou sua bagagem foi extraviada? Saiba que agora ficou mais fácil ter os seus direitos respeitados e ser indenizado por isso.

Entenda quais são os direitos dos passageiros. Foto: Roman Carey / Pexels

+ Info
Resolvvi
| Seja indenizado pelo seu problema com voo
Site: www.resolvvi.com

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.
» Faça o seu visto e antecipe seu passaporte com a Visto Fácil.

Quais são os países que brasileiros podem trabalhar e estudar

Artigo anterior

Onde ir nas férias de julho? Destinos nacionais para todos os gostos

Artigo seguinte

Você pode gostar