As cidades da Costa Amalfitana contam com preços e atrações diferentes. Descubra qual a ideal para ser sua base e explorar outros lugares pela região

A Costa Amalfitana é, sem dúvida, uma rota que deve constar em qualquer viagem pela Itália. Localizada no litoral da Campânia, no sul do país, a região consta como Patrimônio Mundial da Humanidade e se torna bastante acessível para quem vem da capital Roma ou de Nápoles.

Com belíssimas paisagens e cidadezinhas beirando um incrível mar em tons azulados, a região possui mais de 50 quilômetros de costa cercada por estradas sinuosas. Formada por treze comunas, as principais delas oferecem diferentes atrações, além de valores de hospedagens diferenciados. Algumas são indicadas para quem quer ser mais econômico, outras para quem quer curtir a noite e há também aquelas destinadas a quem deseja celebrar o romance.

Se você está em busca de tours pela Costa Amalfitana, nossa dica é a Elmocar, uma empresa que recebe brasileiros na Itália há mais de 20 anos e oferece os melhores passeios pela Itália com motoristas e guias que falam português.

Descubra qual das cidades combina mais com o seu perfil e com o seu estilo de viagem para decidir onde ficar na Costa Amalfitana.

Cidades da Costa Amalfitana

Positano

Foto: kirkandmimi /Pixabay

Positano esbanja charme, sofisticação e concentra alguns dos hotéis mais luxuosos da Costa Amalfitana. Se você deseja economizar na hora de se hospedar, esta não é a melhor das opções. No entanto, a cidadezinha é bem agitada, com ruelas, casinhas coloridas, restaurantes e bares, oferecendo ao turista uma vida noturna muito animada.

A localização mais centralizada de Positano permite que o turista se desloque até as outras comunas costeiras sem dificuldade, a bordo de barcos privativos ou ferry. A praia de Positano é muito bonita, mas pequena, portanto, algumas vezes é necessário disputar um espaço para colocar o guarda-sol.

Um ponto importante é verificar se o hotel que você reservou incluiu serviço de transporte de malas, já que, caso isso não aconteça, será necessário encarar boas subidas com a sua bagagem a tiracolo. Quem tem dificuldades de mobilidade ou está com bebês ou crianças pequenas deve considerar que há muitas subidas e escadas ao longo do caminho.

Amalfi

Foto: Terry Ott
/ Flickr

Embora Amalfi pareça mais distante que as outras comunas da Costa Amalfitana, ela é uma ótima opção de hospedagem para quem deseja fazer sua base na região. Por ser uma das maiores cidades, concentra uma grande diversidade de hotéis, restaurantes e opções de hospedagens de várias categorias, dos mais luxuosos aos mais simples. Uma das vantagens em relação às outras cidades é que grande parte de Amalfi é plana e ainda de frente para o mar, o que permite fazer caminhadas e de deslocar com mais facilidade para conhecer os lugares.

A cidadela possui praias paradisíacas e bastante frequentadas por turistas, o que faz com que o trânsito de pessoas e carros fique intenso em épocas mais movimentadas e, em especial, durante o verão. Por outro lado, uma facilidade é que há muitas opções de transporte, inclusive todos os barcos e ônibus que partem para as demais cidades dali.

Para quem quer sossego, Amalfi não é a opção mais indicada, mas para quem quer uma ótima estrutura, boas praias, vistas belíssimas e praticidade de deslocamento, com certeza esse é o lugar para ficar na Costa Amalfitana.

Ravello

Foto: Daniel Enchev / Flickr

Para quem aprecia charme, belas vistas e muito sossego, Ravello é o lugar ideal para ficar na Costa Amalfitana. Apesar de ser uma das comunas que não possui praia, isso é compensado por vistas belíssimas, já que a cidade fica no alto de uma colina. Também é um dos lugares mais românticos da região, por isso é muito indicado para quem está em busca de um local para passar a lua de mel.

Para se deslocar a outras cidadelas, não há a possibilidade de barco, mas é possível ir de carro, ônibus ou táxi para Amalfi, Minori, Maiori ou Salerno. No entanto, uma vez em Ravello você se deixa impressionar pelas ruelas e seus belíssimos cafés, restaurantes e bares. A atmosfera é bastante tranquila se comparada a outras cidades, com flores espalhadas pelas ruas um visual realmente singular.

Maiori e Minori

Foto: fabian.kron / Flickr

Essas duas cidadelas italianas, apesar de pequenas, possuem a maior faixa de areia de toda Costa Amalfitana. São charmosas e bem menores que as demais cidades, mas bastante indicadas para quem viaja com crianças, já que em grande parte suas ruas são planas e não exigem tanto esforço físico para um passeio. Há também calçadões à beira-mar e uma boa estrutura ao turista.

Para quem está em busca de badalação e agito, no entanto, estes não são os lugares ideais para se hospedar. Maiori e Minori são cidadezinhas para descansar, aproveitar a paisagem e curtir o clima tranquilo. Para quem vai de carro, há muitos locais para estacionar.

Salerno

Foto: Kārlis Dambrāns / Flickr

Salerno não faz parte da Costa Amalfitana, mas fica ao lado, portanto, é um ótimo local para servir como base e visitar as comunas próximas. A cidade possui uma boa rede de transporte, com ônibus, trens e barco. Apesar de bonita e com bastante infraestrutura, Salerno não é muito escolhida por turistas que desejam visitar a região, o que é ótimo para quem deseja escapar da “muvuca” que se acumula nas outras cidades próximas.

Quem quiser um local sossegado, com ótimas e baratas opções de hospedagens, restaurantes e de fácil deslocamento para outras regiões da Itália, esta é uma ótima opção, inclusive para aqueles que não desejam alugar um carro.

Sorrento

Foto: Martyn Kilbryde / Wikimedia Commons

A encantadora Sorrento, além de ser a maior cidade da Costa Amalfitana, também costuma ser a porta de entrada de visitantes na região que chegam de Nápoles ou Roma. Com uma ótima estrutura turística a cidade dispõe de um centro charmosos com diversas lojinhas, restaurantes pitorescos e opções de hospedagem variadas que contemplam todos os gostos e bolsos. Por isso, esta é uma ótima opção de cidade para quem deseja economizar na hora de reservar um local para pernoitar. No entanto, se você deseja aproveitar a noite das outras cidades é importante ter em mente que o trajeto é bem complicado, ou seja, quando escurece compensa aproveitar a própria Sorrento e evitar deslocamentos.

Além de estar em uma posição privilegiada que a torna uma ótima base para visitar todas as comunas da costa de ônibus ou barco, ela também é um ótimo ponto de partida para quem deseja conhecer a Ilha de Capri em um dia a bordo de ferries que realizam o transporte. Dela também partem excursões para visitar a histórica Pompéia e o Monte Versúvio, que ficam a aproximadamente uma hora de viagem.

A cidade possui uma estação de trem que facilita o acesso para quem vem de Roma ou Nápoles, mas também é acessível por ônibus e por carro, já que oferece diversos estacionamentos.

+ Info:

Elmocar
Guia em português na Itália
Tel: +39 06 52 27 92 15
WhatsApp: +39 346 754 55 18
Site: www.elmocar.com

» Costa Amalfitana, o melhor roteiro turístico da Itália
» Itália: Costa Amalfitana e Ilha de Capri na mesma viagem
» Roteiro de 3 dias na Toscana usando Florença como base
» Cinque Terre na Itália: conheça a beleza particular das cinco vilas da costa da Ligúria

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Bate-volta ao Vale do Loire com 3 castelos

Artigo anterior

Turismo no Panamá: 9 lugares incríveis para conhecer no país

Artigo seguinte

Você pode gostar