Navegação pelos fiordes da Patagônia chilena visita glaciares e oferece experiências gastronômicas em fazendas típicas da região

A cidade de Puerto Natales, no Chile, está localizada em frente ao Cabo da Última Esperança, um gigantesco braço do Oceano Pacífico, repleto de cenários surreais formados por glaciares, montanhas, cachoeiras e praias que abrigam charmosas estâncias espalhadas por todo o canal. Você pode conferir essas paisagens únicas navegando pelo fiorde com as embarcações que oferecem passeios pela região. Essa é uma das opções de tours oferecidas em Puerto Natales e um programa imperdível para fazer nesse pedacinho da Patagônia chilena.

A excursão marítima para os Glaciares Balmaceda e Serrano dura em torno de 3 horas (apenas ida) e parte todos os dias durante os primeiros raios de sol. A empresa de turismo 21 de Mayo realiza o trajeto em um charmoso catamarã com dois andares e uma área interna que conta com calefação, banheiros e uma lanchonete que oferece alguns aperitivos no decorrer da viagem, que podem ser adquiridos a parte. Durante a navegação a tripulação faz uma pequena apresentação da região e explica algumas curiosidades de cada atração disponíveis no caminho.

O passeio tem duração total de aproximadamente 8 horas, pois além das atrações no caminho, o tour é finalizado na Estancia Perales, onde os turistas degustarão pratos tradicionais da Patagônia.

Foto: Divulgação / Agência 21 de Mayo

Os glaciares estão localizados dentro do Parque Nacional Bernardo O’Higgins, a maior reserva natural do Chile, ainda pouco explorada pelo turismo. Além dos cenários surpreendentes do fiorde, também é possível observar os animais que habitam essa região gelada, entre eles leões marinhos, pinguins e condores.

O Glaciar Balmaceda é a primeira parada realizada pelo barco. Nela os turistas avistam a incrível parede de gelo e o monte que leva o mesmo nome dentro da embarcação, que passa bem pertinho das atrações. Em seguida, o barco atraca em Puerto Toro, onde os turistas realizam uma pequena caminhada de 1,2 km entre um bosque bem preservado da reserva, até um mirante natural que permite observar o Glaciar Serrano em um ponto mais próximo. A geleira desaguá em uma charmosa lagoa de coloração verde, com inúmeros tempanos (icebergs) espalhados por todo o lago.

No caminho até a Estância Perales, a tripulação oferece doses de whisky ou sucos com pedras de gelos milenares, acompanhados de uma vista panorâmica do Glaciar Serrano.

A segunda e última parada é feita exclusivamente para o delicioso almoço patagônico. A Estância Perales é uma das mais famosas da região e oferece a experiência culinária com pratos tipícos da região. A refeição tem como entrada sopa de carnes e verduras e o prato principal é um magnífico cordeiro magalhanico asado na brasa, acompanhado de vinho ou sucos. A estância também oferece opções para vegetarianos e o almoço já está incluído no valor do passeio.

Foto: Divulgação / Agência 21 de Mayo

Foto: Divulgação / Agência 21 de Mayo

Foto: truquedabanana / flickr Wikimedia Commons

Foto: Divulgação / Agência 21 de Mayo

Foto: Divulgação / Agência 21 de Mayo

* Essa viagem foi feita a convite da Chile Travel em colaboração com o Guia Viajar Melhor.

» Lugares para conhecer em Puerto Natales
» Passeio de caiaque em Punta Arenas
» O que fazer em Pucón: passeios e lugares para conhecer
» 9 lugares sensacionais que você precisa conhecer no Chile

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Trekking para iniciantes: descubra belas caminhadas para fazer pelo Brasil

Artigo anterior

Hotel Lago Grey, opção de hospedagem em Torres del Paine

Artigo seguinte

Você pode gostar