Lugares para conhecer em Buenos Aires

Apelidada como Paris da América do Sul por possuir arquitetura e uma rica herança europeia, Buenos Aires é uma das cidades mais visitadas do mundo

Foto: SamyStClair / iStockphoto

Com quase 3 milhões de habitantes, Buenos Aires é a capital da Argentina e uma das mais importantes da América do Sul. Por causa da facilidade e proximidade com o Brasil, Buenos Aires é escolhida como primeira viagem internacional de muitas pessoas. Além disso, nos últimos tempos, o câmbio desvalorizado em relação ao real também é outro fator que atrai a atenção de quem quer visitar a cidade. Para quem deseja visitar a cidade do tango separamos uma lista com as principais atrações de Buenos Aires.

O Rio de la Plata margeia grande parte da cidade e faz parte da alma do portenho. Os processos de revitalização do Puerto Madero e do Riachuelo são prova disso. Boa parte dessas margens é ocupada por grandes parques, que convidam para longos e agradáveis passeios.

A cidade pode ser conhecida em poucos dias se você pretende fazer um tour clássico com os principais bairros como o colorido La Boca, a elegante Recoleta ou o histórico bairro de San Telmo. Mas Buenos Aires também pode ser explorada em muitos dias, além dos bairros, dezenas de parques, museus, uma grande variedade de restaurantes, diversas opções de entretenimento noturno e muitas lojas te esperam na capital portenha.

O mais antigo bairro residencial de Buenos Aires, San Telmo exala uma vibe histórico especial. Como um dos centros mais importantes durante o século 19. San Telmo preservou muitos dos marcos de Buenos Aires de arquitetura, museus, antiquários e antigas igrejas que hoje servem como pano de fundo para os negócios, eventos culturais e atividades do dia a dia.

Já o Caminito é sinônimo de tango e futebol. Um bairro maravilhosamente colorido localizado bem ao lado do antigo porto de Buenos Aires. A atração é um dos principais cartões postais de Buenos Aires e tem suas casas e e tabernas inteiramente colorida. O Caminito mantém a tradição do tango por todas as ruas do local e as raízes italianas. Hoje La Boca é um dos mais importantes centros culturais e atrações turísticas em Buenos Aires.

Buenos Aires tem uma infinidade de pontos de interesse e alguns são muito tradicionais entre turistas, principalmente para quem está em sua primeira viagem.

Buenos Aires é sempre um bom destino, seja verão, inverno ou mesmo época de crise econômica. Nós brasileiros temos a vantagem de conseguir comprar mais Pesos com nosso Real e, se planejar direitinho, a passagem pode sair por menos de R$1000,00.

A viagem pode ser uma escapa de final de semana, um feriado um pouco maior ou uma semana inteira, o importante é conhecer a essência do local sem deixar de fora os principais pontos turísticos, que nesse caso reúnem o peso da história e o charme de cartões postais.

Leia também:
O que visitar em Buenos Aires, confira 6 passeios para fazer na cidade
Como ir de Buenos Aires para Montevidéu (e vice-versa)
Diário de bordo: roteiro de 5 dias em Buenos Aires
As 12 cidades mais bonitas para visitar na Argentina

O que fazer em Buenos Aires:

Foto: EvelynDutra / iStockphoto

– Plaza de Mayo

Ele tornou-se o marco político mais importante de Buenos Aires desde a Independência da Argentina foi declarada em 1810. As pessoas com diferentes ideologias políticas se reúnem aqui em manifestações políticas maciças, como os organizados por Evita Peron ou pelas Mães da Plaza de Mayo. Plaza de Mayo é também o lar de importantes casas do governo local e nacional, como a Casa Rosada (Casa Presidencial), o Cabildo (que era a Casa do Governo, durante o período colonial) e a Catedral Metropolitana, entre outros edifícios magníficos.

– San Telmo

Esse bairro é um dos que mais remete à vida portenha do século XIX. O local abrigou as famílias aristocráticas até cerca de 1870, quando uma epidemia de febre amarela obrigou os moradores a se mudarem para a parte norte da cidade. Logo as ruas foram tomadas por pessoas mais pobres que começaram a construir os conventillos, também encontrados no Caminito.

Andando por San Telmo é possível ver casarões coloniais e outros prédios históricos, como a Igreja de San Pedro Telmo, que costumava ser o centro da região. Outros destaques são a feira de antiguidades que acontece aos domingos na Praça Dorrego, o Mercado de San Telmo, que está em funcionamento desde 1897 vendendo comidas frescas, e as famosas estátuas da turma da Mafalda, personagem do cartunista argentino Quino.

– Caminito

Localizada no bairro de La Boca, próxima ao estádio La Bombonera, essa rua de 400 metros tem suas origens no século XIX com a passagem de uma linha de trem. Na época, as casas, chamadas conventillos, foram pintadas de diferentes cores porque eram usadas as tintas que sobravam do porto da cidade. Em 1928 o local foi abandonado pelos moradores e só em 1950 passou por um processo de revitalização com o pintor Boca Quinquela, que deu o nome à rua em homenagem ao tango “Caminito” de 1926.

Hoje em dia o local se transformou em um símbolo da cidade, com suas exposições arte à céu aberto, lojinhas nos conventillos e shows de tango no meio da rua. Outros destaques para quem passeia por lá são o teatro de la Ribera, o Centro Cultural Fundação Proa, o Museu de Cera e o Museu de arte Quinquela Martín.

– Puerto Madero

O porto foi construído no final do século XIX, mas logo foi abandonado e só foi retomado em 1990, quando o local começou a passar por um processo de revitalização e chegaram os grandes hotéis, prédios luxuosos e restaurantes famosos. Hoje em dia o local é um dos cartões postais de Buenos Aires com suas pontes, cassinos flutuantes e shows de tango. Os pontos mais famosos são a Ponto da Mulher e os restaurantes Cabaña las Lilas, Siga La Vaca, La Caballeriza, La Bistecca, Il Gato, Gourmet Porteño e La Parolaccia.

– Calle Florida

Com seus 10 quarteirões, esse é o principal eixo de compras de Buenos Aires. Aqui é possível encontrar lojas de diferentes marcas famosas além da Galeria Pacífico, um shopping center construído em 1894 com estabelecimentos de origem nacional e internacional.

A rua é um marco histórico da cidade pois foi a primeira a receber pavimento e luz elétrica e também a primeira a se tornar um grande calçadão. Os primeiros registros da Calle Florida datam de 1582, quando era chamada San José.

– Teatro Colón

Ele foi aberto ao público em 1908, depois de ficar 18 anos em construção, sendo o primeiro edifício da capital portenha a ser inaugurado com luz elétrica. Na época, Colón era a terceira maior ópera do mundo e a segunda em capacidade, com seus 2800 lugares. Um passeio guiado pelo espaço leva os visitantes para diversas dependências do edifício e mostra detalhes como o local que fica quase no subsolo da plateia de onde as viúvas assistiam às peças, pois não era considerado correto que fossem vistas em um local de entretenimento.

O Teatro Colón até hoje é considerado a ópera com melhor acústica do mundo, e um dos fatores responsáveis por isso é que toda a plateia fica em cima de um vão de 2 metros de altura, o que amplifica o som.

– Rosedal

Esse passeio fica no bairro de Palermo e está entre os queridinhos dos turistas. O jardim tem a maior coleção de rosas da Argentina, com mais de 100 espécies e 180 mil roseiras, e foi considerado Patrimônio Histórico Nacional em 2011.

Inaugurado em 1914, o Rosedal tem 34 mil m² e tem diferentes atrativos entre os canteiros coloridos, entre eles passeios de pedalinho, a ponte grega, que cruza o lago e oferece uma linda vista do parque, e os Passeios dos Poetas, que levam o visitante para bustos de importantes nomes como Dante Alighieri e Jorge Luis Borges.

Recentemente, a região ganhou mais um ponto turístico. Com a reforma dos Arcos del Rosedal, restaurantes de diferentes origens, como alemã e americana, deram origem a um centro gastronômico.

– Tigre

Localizado a apenas 17,5 milhas (28 km) ao norte do centro de Buenos Aires, esta cidade bonita e colorida está encontra-se no exótico Delta do Paraná. As atividades ao ar livre do Tigre variam entre fazer um passeio pelas ilhas deslumbrantes do Delta del Tigre, caminhar ao redor da cidade encantadora, ou ir para um passeio na montanha-russa no parque de diversões Parque de la Costa.

– Esquina Carlos Gardel

Ir a Buenos Aires e não conhecer uma casa de tango é como ir a Paris e não visitar seus cafés.  A Esquina Carlos Gardel é uma das mais procuradas da cidade e garante uma noite regada com ótimas comidas junto a vinhos finos e muito tango.

– Casa Rosada

O prédio foi construído em diferentes épocas ao longo do século XIX, e hoje é a sede do Poder Executivo, onde atua o Presidente da República. Também chamada de Casa do Governo, oferece visitas guiadas gratuitas de cerca de uma hora que passam pelos principais aposentos, como o Pátio das Palmeiras, o Salão das Mulheres Argentinas, o Salão de Patriotas Latino Americanos, a varanda para a Plaza de Mayo onde os políticos fazem seus discursos, e até o Escritório Presidencial. Mas fique atento porque a visita deve ser agendada com no mínimo duas semanas de antecedência.

Outros lugares para conhecer em Buenos Aires:

  • Bairro Chinês
  • Café Tortoni
  • Cemitério da Recoleta
  • Estádio Boca Junior
  • Estádio River Plate
  • Igreja Catedral
  • Jardim Botânico
  • Jardim Japonês
  • Livraria El Ateneo
  • Museu Malba
  • Museu do Humor
  • Zoológico de Palermo

Como chegar em Buenos Aires:

Foto: Andrzej Otrębski / Wikimedia Commons

De avião
A cidade tem dois aeroportos. O Aeroparque Jorge Newberry, que costuma receber voos domésticos e de países vizinhos, fica a cinco minutos do centro. Já o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, conhecido como Ezeiza, recebe turistas do mundo todo e fica a 15 minutos do centro. Para se locomover até o local de hospedagem, há serviços de táxi e ônibus nos aeroportos.

A Latam, Gol, Azul, Aerolíneas Argentinas, Qatar Airlines, Turkish Airlines e Emirates são as compnhias que oferecem voos saindo do Brasil.

De ônibus
Pela proximidade com o nosso país, algumas empresas oferecem o trajeto de ônibus saindo de toda a região sudeste do Brasil. A Crucero do Norte faz viagens saindo de Florianópolis, Curitiba, Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro. A JBL Turismo realiza os trechos entre Buenos Aires e as seguintes cidades: Curitiba, Porto Alegre, Uruguaiana, Alegrete, São Paulo

De carro
O caminho mais utilizado entre os motoristas é a estrada que conecta Foz do Iguaçu com Buenos Aires. Saindo de São Paulo é necessário pegar a Castelo Branco até a tríplice fronteira e em seguida percorrer a pela Rota 12 até a cidade de Posadas e a partir daí pegar a Rota 14 até Buenos Aires.

De barco
Se você estiver no vizinho Uruguai é possível chegar na capital portenha em poucas horas de viagem em barco ou ônibus, e ainda permite parar em uma das cidades mais antigas do Uruguai, a charmosa Colônia de Sacramento. Veja como viajar entre as cidades aqui.

Melhor época para conhecer Buenos Aires:

Foto: photography / Shutterstock

Buenos Aires é um destino para o ano todo, depende se o viajante busca por frio ou calor. Durante o inverno, as temperaturas ficam entre 19°C e -5°C, já no verão os termômetros batem os 35°C.

A capital portenha é linda durante a primavera, bem quente no verão e bem fria no inverno, com chuvas. No outono as folhas ficam alaranjadas e mais secas e o clima é bem agradável. De Novembro à Março a temperatura média é de 23º e de Junho à Setembro é de 12º. Como no Brasil, no Hemisfério Sul o inverno ocorre em Junho, Julho e Agosto e verão durantes os meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro.

As temperaturas mais agradáveis acontecem na primavera e no outono, quando os dias são mais quentes e as noites mais frias. As temperaturas costumam ficar entre 13°C e 24°C.

Onde se hospedar em Buenos Aires:

Encontre hospedagens em Buenos Aires aqui.

Dicas para planejar sua viagem:

- Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels: descubra os melhores preços e a localização ideal para a sua viagem. Acesse o Booking.com e faça sua reserva parcelada em até 10x.

- Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto e total segurança. Economize na sua próxima viagem com as ofertas publicadas diariamente no site oficial da Latam, MaxMilhas e Skyscanner.

- Quer economizar com a hospedagem? O Airbnb disponibiliza um cupom com R$130 de desconto para novos turistas que reservarem acomodações pelo site. Receba o seu Cupom de Desconto Airbnb e use em qualquer destino.

- Está buscando pacotes de viagens em promoção? Encontre os melhores preços para a sua viagem com as ofertas promocionais da CVC e viaje muito mais.

- Não sabe para onde viajar? Confira nossos Guias de Viagem e descubra diferentes lugares para conhecer no Brasil e no mundo.