Muitos alunos estão buscando experiência internacional, mas não sabem por onde começar, por isso separamos umas dicas de onde fazer intercâmbio na Inglaterra

Quando pensamos em intercâmbio logo associamos com o um bom currículo, um ótimo nível de inglês e claro, as vivências internacionais que enriquecem a formação pessoal do indivíduo. Mas além disso, um outro fator que vem influenciando essa escolha é a possibilidade de construir networking e as chances de ingressar em uma renomada universidade internacional.

Por isso, a Inglaterra é um dos melhores destinos para fazer intercâmbio. Fazer o High School em um país que já fornece todo suporte preparatório para o sucesso profissional  é o grande diferencial. Mas é sempre muito difícil escolher o destino, saber como funciona, o que precisa e tudo mais. Assim, elaboramos um guia para te ajudar em qual escola escolher para fazer intercâmbio na Inglaterra.

Quais os tipos de curso?

Foto: Divulgação

Para começar a planejar seu High School na Inglaterra você precisa saber quais os tipos de curso, as durações e como funciona a equivalência no Brasil. Primeiramente é importante dizer que cada curso vai ser especializado em alguma coisa, também levando em consideração a faixa etária e o nível de inglês do aluno.

A primeira opção é o International General Certificate of Secondary Education (IGCSE), para jovens de 14 até 16 anos que já concluíram o  8º ou o 9º ano no Brasil. Esse curso de intercâmbio serve como uma formação mais ampla, para alunos que acabaram de sair do fundamental e já querem ingressar no ensino médio na Inglaterra.

As outras duas escolhas são mais focadas no preparo para a universidade. No caso da International Baccalaureate Diploma (IB Diploma), as aulas seriam mais gerais, para os alunos que não decidiram ainda qual profissão querem seguir. Já o A-Levels tem aulas mais direcionadas para a área de conhecimento que o estudante pretende cursar na graduação. Ambas as opção são para jovens de 16 até 19 anos, tendo o primeiro ano do ensino médio completo.

O que é preciso?

No processo de qual escola escolher para fazer o High School na Inglaterra, você precisa saber algumas informações básicas. Antes de tudo, corra atrás do seu passaporte e veja se está tudo em dia. A questão do visto de estudante vai aparecer, já te adianto: para estudar no Reino Unido por mais de 6 meses é preciso solicitar o visto estudantil.

Outra questão de documentação que vale a pena ressaltar é o processo de aceitação na escola inglesa. Um teste de proficiência vai ser exigido para saber se o aluno consegue ao menos acompanhar as aulas. O indicado é ter um nível de inglês intermediário antes de se inscrever.

Mais uma coisa que é cobrada para fazer High School na Inglaterra são os documentos da escola atual do aluno no Brasil. Ou seja, o histórico escolar e uma carta de recomendação de um professor próximo. Lembrando que todos esses papéis precisam estar traduzidos antes de mandar para a escola.

Qual cidade escolher?

Oxford. Foto: SJPrice / Pixabay

Antes de escolher a cidade para fazer o intercâmbio na Inglaterra, é preciso saber os tipos de acomodação disponíveis. Os dois mais escolhidos pelos estudantes são ou casas de família ou residência estudantil. Cada um tem seu ônus e seu bônus.

Como o High School normalmente ocorre em um período de seis meses ou mais, os alunos acabam optando pelas casas de família, que passam mais segurança. Nesse tipo de hospedagem, os intercambistas são acolhidos por famílias que falam inglês o tempo todo. Já nas residências, que são quartos individuais em prédios, os alunos têm mais liberdade e autonomia, além de fazerem mais amizade.

Dito isso, vamos falar das opções de cidades. Usando como base os destinos mais procurados, a empresa de intercâmbio EF Academy tem dois lugares em especial no Reino Unido: Oxford e Torbay. Ambos os locais são conectados com todo o país através de trens, por isso, não é difícil explorar o resto da Inglaterra.

Oxford com toda certeza é uma das cidades mais buscadas pela referência universitária. O curso de High School nessa cidade faz com que o aluno assuma uma independência maior e já comece sua preparação para a graduação. Além disso, viver no dia a dia do que seria uma ambiente universitário facilita na adaptação dos estudantes.

Mais um destino para facilitar na decisão de qual escola escolher é Torbay. Fazer intercâmbio na Inglaterra não é uma tarefa fácil, por isso a cidade é super hospitaleira e as escolas tem ótimas avaliações. O programa de High School dessa cidade oferece muitas atividades extras como: clube de arte, de ciência e aulas de fotografia.

» Cresce o número de brasileiros fazendo intercâmbio
» Lugares baratos para fazer intercâmbio: inglês, espanhol e francês
» Intercâmbio na Coréia do Sul: dicas e informações para estudar no país
» Colegial no exterior, saiba quais são os principais destinos para estudar fora do país durante o ensino médio

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.
» Faça o seu visto e antecipe seu passaporte com a Visto Fácil.

Bahia: veja 9 fotos das melhores praias de Salvador e entornos

Artigo anterior

20 praias paradisíacas entre São Paulo e Rio de Janeiro

Artigo seguinte

Você pode gostar