Google Arts & Culture disponibiliza um acervo virtual com mais de 3.000 obras

Um dos destinos mais procurados principalmente por brasileiros, além de turistas de todo o mundo, Portugal oferece paisagens incríveis, lugares históricos, culinária conceituada e, claro, atrações culturais imperdíveis.

Para quem quer conhecer um pouco mais da arte e história do país, o Google, por meio da plataforma Google Arts & Culture, disponibiliza um acervo com mais de 3.000 obras, de 22 instituições culturais, entre eles o Museu Nacional de Etnologia e o famoso Museu Nacional do Azulejo.

O projeto nasceu da colaboração com o Ministério da Cultura e da Direção-Geral do Patrimônio Cultural de Portugal e reúne ao todo 80 exposições digitais e 20 tours virtuais.

A visualização das obras e coleções pode ser feita pelo mecanismo de busca, destaques da página principal ou pelas categorias: “As Pessoas” (princesas, poetas e artistas), “A Arquitetura” (das ruínas romanas aos mosteiros manuelinos), “As Pinturas” ( 1000 anos de obras-primas portuguesas) e “As Artes” (Cerâmica, teatro, música e muito mais).

Os tours virtuais oferecem uma visão de 360 graus, possibilitando passear por museus e exposições, e a Art Camera do Google, tecnologia que captura as imagens em super alta resolução, permite que você veja detalhes incríveis de esculturas e pinturas.


Entre os tours que o internauta pode visitar, está o Mosteiro de Alcobaça, que abriga a história do amor trágico entre D. Pedro I e. Inês de Castro, além da parte interior e exterior da Torre de Belém, monumento ícone da arquitetura do reinado de D. Manuel I.

As coleções podem ser acessadas clicando aqui ou baixando o aplicativo do Google Arts & Culture.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Cidades históricas para conhecer pertinho de São Paulo

Artigo anterior

Mapa interativo mostra o que comer em cada ponto do planeta

Artigo seguinte

Você pode gostar