Após repasse de verba, Polícia Federal volta a emitir novos passaportes nessa semana (24)

No final de junho a Polícia Federal cancelou a emissão de novos passaportes alegando falta de verba, justificando a medida, pois haviam atingido o teto orçamentário previsto para esse ano. Com essa restrição para produzir os documentos, a PF suspendeu temporariamente a distribuição de novos passaportes por tempo indeterminado. Diversos turistas que estavam planejando uma viagem para o exterior foram prejudicados com a medida tendo que adiar a viagem – entenda o caso aqui.

Nesse período mais de 175 mil pedidos de passaportes ficaram retidos por não haver emissão do documento. Depois de um mês de paralização na emissão de novos passaportes, a Polícia Federal informou a retomada desses serviços na segunda-feira dessa semana (24), voltando com as atividades normais após um repasse de verba que recebeu para a emissão dos passaportes.

A previsão informada pela Polícia Federal e pela Casa da Moeda, é que a fila de passaportes que se formou com o atraso, seja normalizada em 35 dias. A Polícia Federal também explicou em nota, que a interrupção do serviço não se deu porque faltasse dinheiro em caixa, e sim pela corporação ter atingido o limite orçamentário previsto para 2017 e autorizado por lei.

Foto: Divulgação

» Destinos internacionais para viajar sem passaporte
» Polícia Federal suspende emissão de passaportes por tempo indeterminado
» Roteiro de trem pela Europa: 10 dias por Barcelona, Madri e sul da Espanha
» Voando na primeira classe da Air France, um hotel nas alturas

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

11 destinos em alta para conhecer no Brasil

Artigo anterior

Bilionário transforma avião em casa luxuosa para viajar o mundo

Artigo seguinte

Você pode gostar