Dicas para planejar sua primeira viagem à Itália

Tudo o que você precisa saber para se jogar e se deslumbrar em uma primeira viagem à Itália

Ah, a Itália! Destino do romance, das belas paisagens bucólicas, da riqueza histórica e cultural, da incomparável gastronomia e de um povo caloroso e animado. A bota mais charmosa do mapa mundi é o sonho de viagem de muitas pessoas.

Desde o imponente Coliseu às paisagens bucólicas da Toscana, a Itália oferece atrações, lugares e paisagens inesquecíveis. É essa beleza única que faz do país um dos mais encantadores do mundo e o destino ideal para qualquer viajante.

Para quem procura programar uma viagem à Itália pela primeira vez, algumas dúvidas podem surgir. Qual moeda levar? Quais os documentos necessários para entrar no país? Qual a melhor forma de transporte entre as principais cidades?

Esses questionamentos são comuns e necessários, pois somente com muito planejamento você consegue aproveitar tudo o que uma viagem à Itália tem a oferecer.

Confira nossas dicas para planejar sua primeira viagem à Itália!

Leia também:
Museus imperdíveis na Itália
Viagens de trem pela Itália: como ir e outras dicas
Melhores destinos da Itália partindo de Roma
Itália: serviço de guia e motorista brasileiro em Roma

Como comprar passagens mais baratas?


Foto: NakNakNak / Pixabay

Antes de embarcar rumo à Itália, tente conseguir uma boa oferta de passagem aérea. Uma dica é criar um alerta em um site de pesquisa, assim você fica sabendo quando há bilhetes mais baratos. Quanto antes você iniciar a pesquisa, mais chance terá de encontrar uma passagem mais barata.

Quais documentos apresentar?


Para entrar na Itália a turismo e com permanência de até 90 dias não é necessário visto, apenas um passaporte válido com no mínimo três meses. Além disso, é importante ter em mãos:

  • A reserva dos hotéis ou a carta convite assinada por um cidadão italiano garantindo sua hospedagem;
  • Seguro viagem com franquia mínima de 30.000 euros;
  • Recursos financeiros que possam garantir sua estadia no país e provar que você tem como se sustentar durante o período da viagem;
  • A passagem área de retorno para o Brasil.

Se você pretende dirigir ou alugar um carro no país é fundamental que leve sua carteira de habilitação brasileira ou, se pretender ficar por muito tempo, deverá providenciar a carteira de motorista internacional.

Qual a melhor opção de transporte dentro do país?


Foto: muratart / Shutterstock

O trem é um dos principais meios de transporte para se locomover de um lugar ao outro na Itália. A malha ferroviária do país é bem conectada e você pode conhecer as principais cidades pelos trilhos, como Milão, Roma, Florença e Nápoles.

Se você tem mais tempo de viagem e deseja conhecer também as pequenas cidades, a melhor opção é alugar um carro. Na região da Toscana, por exemplo, alguns destinos charmosos não possuem acesso ferroviário.  

A principal companhia de trem na Itália e a responsável por operar a maioria das linhas é a Trenitalia. Além de muito confiável e segura, ela possui uma frota de trens muito rápidos, a La Frecce. Se o seu tempo de viagem é apertado, você pode optar por esses trens de maior velocidade, que podem chegar a até 300 quilômetros por hora. Não esqueça de conferir os destinos e horários no site da companhia.  

A outra opção de empresa que opera trens na Itália é a Ítalo. Ela também possui linhas que operam em alta velocidade entre alguns dos principais destinos italianos. Clique aqui para conferir.

A vantagem de viajar de trem na Itália é que eles são extremamente confortáveis, possuem diversos serviços a bordo e passam por belas paisagens. Além disso, se o turista preferir uma experiência um pouco mais luxuosa, pode optar por uma viagem na primeira classe.

Roma e Milão abrigam os dois principais aeroportos do país. De Roma partem os voos com destino ao sul do país e de Milão os com destino às cidades do norte. Antes de garantir seu voo para se deslocar entre as cidades italianas, faça uma pesquisa. Voar nem sempre é a opção mais rápida em relação aos trens, nem a mais barata.

Qual moeda levar?


Assim como grande parte dos países europeus, moeda oficial da Itália é o Euro. No Brasil é muito fácil encontrar locais para adquirir seus Euros, basta procurar uma casa de câmbio confiável. Levando o dinheiro em espécie você não paga o IOF, apenas a taxa de câmbio do dia da compra.

Além dos euros, você pode utilizar os cartões de crédito e débito internacionais – esses cobram o IOF a cada compra ou saque realizado.

Lembre-se sempre de se informar sobre as taxas para saber exatamente qual opção compensa mais na data da sua viagem.

Cidades base para viajar


Foto: WikiImages / Pixabay

Algumas das principais cidades italianas são ideais para servir como base de exploração para outras regiões, pequenas cidades e atrações próximas.

Localizada bem no centro do país, Roma é principal ponto de partida para visitar outros lugares na Itália. Saindo da capital italiana você pode se deslocar facilmente para as principais cidades e as regiões do país por trem ou avião.

Em um bate e volta partindo de Roma, de carro ou de trem, é possível conhecer o Vaticano, Tivoli e Nápoles. A partir de Nápoles você consegue visitar Pompéia, Herculano, Costa Amalfitana e Capri.

Florença está situada estrategicamente entre Milão, Roma e Veneza, o que faz dela uma cidade perfeita para conhecer outros destinos. Além disso, Florença é ponto de partida para explorar a bela e bucólica região da Toscana, permitindo passeios de um dia para cidades como Pisa, Siena, Lucca, Pistoia, San Gimignano, Volterra e Monteriggioni.

Milão, assim como Roma, está localizada em uma zona perfeita, ao norte, da Itália, e com muitas possibilidades de destinos próximos como Veneza, Verona, Bergamo, Torino e Pádua. Além disso, também é possível também visitar cidades como Gênova, Bolonha e Parma.

Qual a melhor época para visitar a Itália?


Essa é uma pergunta difícil porque envolve outra pergunta: você gosta de frio ou de calor? Vale lembrar que o inverno na Itália, que vai de dezembro a março, apesar de não ser um dos mais rigorosos, é bem mais gelado que o que estamos acostumados aqui do Brasil. Durante a estação mais fria do ano, os dias são mais curtos e as garoas são mais frequentes. Vale aproveitar o clima para degustar um delicioso vinho tinto.

Já o verão, de junho a agosto, é bem quente e com um sol muito forte. Como é de costume em países europeus, é nessa época que acontecem festivais ao ar livre. Durante o verão os dias são mais longos e há mais turistas nas principais atrações, o que significa que você enfrentará mais filas. Por outro lado, é o clima perfeito para provar um delicioso gelatto italiano.

A primavera e o outono são estações com temperaturas agradáveis. Durante a primavera, que vai metade de abril até o fim de maio, os jardins estão mais floridos e românticos. Já o outono, de setembro a novembro, apesar da temperatura mais amena e noites mais geladas, as manhãs são lindas e as folhas das árvores ganham cores diferentes.

Comprar bilhetes com antecedência: compensa ou não?


Foto: Photogolfer / Shutterstock

Ninguém merece desperdiçar horas preciosas de férias em uma fila gigantesca. Pois saiba que, em alguns museus e atrações muito concorridos da Itália, especialmente no verão, a espera em uma fila pode chegar a três horas ou mais. Por isso, a dica é comprar os ingressos com antecedência pela internet.

No caso das passagens de trem, os preços variam bastante e, se você deixar para adquirir na hora, vai pagar mais caro. Com o seu roteiro em mãos e já ciente dos trajetos que pretende fazer é essencial antecipar a compra dos tickets para garantir descontos.

Serviços de transfer


Em uma viagem especial como essa, qualquer economia de tempo vira oportunidade para conhecer novos lugares incríveis. Por isso, um serviço que pode compensar no trajeto de um lugar ao outro é o transfer. A Elmocar conta com motoristas que falam português para facilitar ainda mais sua viagem e garantir sua chegada, sem erro e com muita segurança, a todos os destinos.

+ Info:

Elmocar
Guia em português na Itália
Tel: +39 06 52 27 92 15
WhatsApp: +39 346 754 55 18
Site: www.elmocar.com

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.