Uma das cidades mais visitadas do planeta conta com inúmeras atrações a céu aberto, com museus, monumentos e milhares de anos de história espalhados por cada esquina

Foto: NakNakNak / Pixabay

Conhecida mundialmente por sua história, arquitetura e cultura, Roma é um dos destinos mais procurados em uma viagem à Europa. Seu centro super agitado e moderno é o lugar ideal para boêmios, modernos e fashionistas. São inúmeras atrações ao ar livre que a capital italiana oferece, praças, museus, fontes e igrejas que convidam a uma deliciosa caminhada pelas ruas da cidade.

Um antigo ditado diz que todos os caminhos levam a Roma e é verdade. Nascida como um simples povoado de pastores sobre a colina Palatina, Roma cresceu e passou a comandar um vasto império, que ocupou grande parte da Europa Ocidental. Mais tarde, após a queda do Império Romano, tornou-se o centro do mundo cristão. Em 1870, a cidade tornou-se a capital da Itália unificada e hoje conta com mais de 2,8 milhões de habitantes.

Roma é uma das cidades com maior importância na história mundial, sendo um dos símbolos da civilização europeia. Roma conserva muitas ruínas e monumentos na parte antiga da cidade, especialmente da época do Império Romano, e do Renascimento, o movimento cultural que nasceu na Itália. De acordo com a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), a Itália abriga 70% do patrimônio histórico e artístico do mundo.

Leia também:
Onde comer bem em Roma
O que visitar em Roma: roteiro de 2, 3 ou 4 dias
Itália: vale a pena fazer city tour em Roma?
Itália: serviço de guia e motorista brasileiro em Roma

O que fazer em Roma:

Foto: WikiImages / Pixabay

– Vaticano

o acesso mais conhecido à Cidade do Vaticano, o menor Estado independente do mundo, é pela Praça de São Pedro, cercada pelas colunas dispostas em elipse e encimadas por cerca de 140 santos. À frente está a fachada da Basílica de São Pedro, o Cirso de Nero, onde São Pedro foi crucificado. Em 324, o imperador Constantino ordenou que nesse lugar fosse erguida uma basílica em honra ao santo. A estrutura atual data dos séculos XVI e XVII e contém esculturas magníficas, a cúpula projetada por Michelangelo, como sua Pietà, além de muitas outras atrações que atendem plenamente às expectativas que o local desperta.

Ao norte da praça, os museus do Vaticano abrigam uma das maiores coleções de arte do mundo, com peças que datam da Antiguidade à Renascença, incluindo as stanze de Rafael (várias salas contendo muitas das obras primas do artista), distribuídas por um labirinto de palácios e galerias

– Coliseu

A enorme construção abrigava até 50.000 pessoas e começou a ser erguida em 72d.C e só foi inaugurada em 80d.C. A grande arena apresentava grandes combates, entre homens, entre animais e até mesmo entre embarcações. uma vez que a arena podia ser inundada. Séculos de abandono e saques transformaram-no numa casca, basicamente sem piso nem assentos. No entanto, ainda assim é uma casca e tanto, com três fileiras de colunas, dóricas, jônicas e coríntias. Projetos de restauração arrastam-se eternamente.

– Fontana di Trevi

A Fontana di Trevi (Fonte dos Trevos) deve seu nome ao fato de no passado ter sido o cruzamento de três estradas e também o ponto final do Aqueduto de Vergine. Seu projeto foi feito por Nicola Salvi que morreu durante sua execução e foi terminado por Giuseppe Pannini. A estátua central é a de Neptuno que tem ao seu lado dois Tritões, um dominando cavalo-marinho rebelde e dominando um cavalo-marinho mais manso, ambos representando o contraste das marés. A fonte está cheia de moedas pois diz a lenda que quem joga moedas na água da fonte tem seus desejos atendidos.

– Castelo Sant’ Angelo

Conhecido também como Mausoléu de Adriano, o castelo já foi usado como edifício militar na época do Império Romano, como fortaleza dos papas na era medieval, e como prisão durante os movimentos para unificação da Itália.

– Pantheon

Templo dedicado a todos os deuses romanos, que mais tarde se tornou uma igreja católica, hoje se encontram enterradas diversas personalidades ilustres como os pintores Raffaello e Annibale Caracci, os reis Vittorio Emanuele II e Umberto I e a rainha Margherita.

Outras atrações para conhecer em Roma:

  • Fórum Romano
  • Praça Navona
  • Galeria Borghese
  • Piazza di Spagna
  • Paláco Altemps
  • Galeria Nacional de Arte Moderna de Roma
  • Palácio Barberini

Como chegar em Roma:

Foto: Ptra / Pixabay

De avião
A maneira mais fácil de chegar de avião é descendo no Aeroporto Leonardo da Vinci (Fiumicino), onde chegam a maioria dos voos internacionais. a cerca de 30 km da capital. Quem viaja pelas opções mais econômicas (via low cost) geralmente chega no aeroporto Ciampino, que fica a 15 km ao sul de Roma.

De trem
A estação Termini é a maior e principal de Roma. De lá é possível viajar para inúmeros destinos da Itália como Florença, Nápoles, Turim, Veneza, Bolonha e outros destinos famosos da Europa. No site da empresa Trenitalia é possível conferir as possibilidades e mais informações sobre horários e valores de passagens.

De ônibus
Algumas empresas oferecem trechos para as principais cidades do país e outros destinos que fazem fronteira com a Itália. Como os valores são bem próximos aos de uma passagem de trem e até mesmo que alguns tickets de viagens low cost, muitas pessoas acabam não utilizando esse serviço.

Melhor época para visitar Roma:

Foto: Sofiaaguilera25 / Pixabay

Alguns destinos europeus não são tão indicados para visitar em qualquer época do ano. Roma por exemplo abriga uma quantidade gigantesca de belos monumentos, palácios e ruínas que podem ser visitados em um passeio ao ar livre. Em dias de chuva o clima pode estragar o seu passeio, por isso, evite os meses entre novembro e março, época que costuma chover bastante no país e as temperaturas costumam cair drasticamente.

Durante o verão os dias são mais coloridos e a temperatura média fica na casa dos 30ºC. Essa é a época onde a cidade recebe mais turistas, resultando em hotéis e restaurantes mais lotados, filas em pontos turísticos e preços mais elevados.

Entre abril e junho o clima é mais ameno, a cidade está com fluxo menor de turistas e o clima é ideal para explorar a cidade caminhando.

Onde se hospedar em Roma:

Encontre hospedagens em Roma aqui.

+Info:
Elmocar
Transfer & City Tours
Tel: +39 06 52 27 92 15
WhatsApp: +39 346 754 55 18
Site: www.elmocar.com

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

6 praias em Alagoas que você precisa conhecer

Artigo anterior

O que ver e fazer em Veneza, a cidade mais romântica da Itália

Artigo seguinte

Você pode gostar

Mais em Europa