Descubra lugares e atrações imperdíveis para curtir em Guarapari

Localizada a 50 quilômetros de Vitória, a litorânea Guarapari é a principal cidade turística do Espírito Santo. E não é à toa que o município detém este título. Com uma boa estrutura para receber os visitantes e opções de lazer para todos os gostos, Guarapari é cada vez mais procurada para o período de férias e para os que querem uma alternativa ao litoral do Nordeste ou do Rio de Janeiro, por exemplo.

A cidade é cercada pela mata atlântica, com mais de cinquenta praias exuberantes e outras belezas naturais que podem ser contempladas, inclusive, em seus parques ecológicos. E para os que gostam de destinos com atrações históricas, o lugar também não deixa a desejar. Com construções de séculos passados e igrejas da época colonial, Guarapari conserva um charmoso centro histórico, que não é tão conhecido quanto as suas opções de lazer à beira-mar, porém, é uma ótima escolha de passeio. 

Guarapari também é famosa por suas areias monazíticas, tipo de material com radioatividade natural que tem efeitos medicinais comprovados na defesa contra o câncer de mama. Muitos acreditam que seu uso também traz benefícios em casos de reumatismo, artrites e enfermidades musculares, e é comum ver as pessoas espalhando a areia pelo corpo nas praias de Meaípe e da Areia Preta, onde há a concentração da substância. 

O que fazer em Guarapari

Foto: Divulgação/ MTur

Muito movimentada, especialmente no verão, Guarapari agrada pessoas de todas as idades, que podem escolher atrações como passeios nas belas praias até a prática de esportes. Com muitos bares e restaurantes, a concentração dos mais jovens fica na região da Enseada Azul. Já os que preferem tranquilidade tomam a direção Norte, onde estão os cenários mais calmos. O turista também pode se aventurar em esportes radicais ou mergulho, conhecer o artesanato da região e, claro, se deliciar com os pratos típicos como a famosa moqueca capixaba. 

Praia da Areia Preta 

Famosa por suas areias monazíticas em tom escuro, que atraem muitos turistas, a Praia da Areia Preta é pequena e tem ondas calmas. É bastante disputada pelos visitantes durante os dias de verão.

Praia das Castanheiras

A Praia das Castanheiras fica próxima à Praia da Areia Preta e ao lado da Praia do Meio. É uma das mais movimentadas na alta temporada, com quiosques, mar com poucas ondas propício para o banho e pequenas piscinas naturais que se formam entre as rochas, além, é claro, das castanheiras que fornecem uma agradável sombra aos visitantes. A praia é uma das mais queridas de Guarapari, frequentado por muitas famílias.

Ao lado da Praia das Castanheiras fica a Praia dos Namorados. Uma pequena faixa de areia onde, diz a lenda, os casais apreciavam as noites de lua cheia. Caminhando mais um pouco na Avenida Edízio Cirne, encontra-se a Praia das Virtudes, outra praia curtinha.  

Meaípe

Uma das praias mais belas da cidade, a Meaípe, fica em uma antiga vila de pescadores a 9 quilômetros do centro. Com mar tranquilo, areia grossa e pedras, a praia é preferida por casais e famílias, além dos que buscam os benefícios das areias monazíticas. O lugar também é conhecido por seus restaurantes, famosos pelo preparo da moqueca e frutos do mar. À noite, o agito fica por conta dos bares e da casa de shows Multiplace Mais. O acesso à praia é feito pela Avenida Beira Mar, bem movimentada na alta temporada. A alternativa é pegar uma estrada que circula por fora da orla.

Enseada Azul

As praias de Peracanga e Bacutia ficam na região da Enseada Azul, a aproximadamente 6 quilômetros do centro da cidade. A beleza deste balneário atrai principalmente os jovens, que também aproveitam o agito das casas noturnas da região. Já as famílias, idosos e crianças buscam as praias principalmente pela infraestrutura e pelas águas mansas e cristalinas, ideais para banho.

Praia da Peracanga

A Praia de Peracanga tem 960 metros de extensão, é rodeada por prédios de luxo, tem mar praticamente sem ondas e pequenos arbustos e vegetação em seu entorno. Há quiosques no início da praia e movimento de alguns ambulantes, porém, prepare o bolso, pois os valores dos petiscos e bebidas costumam ser mais caros nesta região.

Bacutia 

Ótima para mergulho, com águas transparentes e algumas árvores que oferecem sombra, a Praia de Bacutia é frequentada principalmente por jovens, que no verão disputam o seu espaço de 450 metros. 

Próximo às praias de Bacutia e Peracanga, o visitante pode encontrar a Praia de Guaibura, que é mais rústica e a Praia do Riacho que é simples e tem o mar agitado. 

Praia dos Padres

Do outro lado da Praia da Bacutia fica a Praia dos Padres, meio escondida entre as rochas e a mata. Pequena, com cerca de 140 metros de faixa de areia, a paisagem do mar em tom esverdeado e com a sombra de castanheiras ao redor fazem da praia um paraíso para quem quer fugir do agito da Enseada Azul. Se quiser ainda mais privacidade, siga pela direita, contornando as rochas e encontrará piscinas naturais e muita tranquilidade.

Praia do Morro

Uma das maiores praias de Guarapari, a Praia do Morro tem quatro quilômetros de extensão. De um lado as ondas são fortes, do outro as águas são calmas. Agitada durante o verão, o visitante encontra quiosques, bares e restaurantes na orla. Uma das atrações do lugar é o Monumento ao Marlim-Azul, uma réplica do peixe de 636 quilos que o pescador Paulo Amorim fisgou no mar de Guarapari, em 1922. 

Praia dos Adventistas

Com 400 metros de extensão e localizado em frente da Colônia de Férias dos Adventistas – justificando seu nome – a Praia dos Adventistas é o meio de acesso a outras praias da região. Cercado por coqueiros e amendoeiras e águas com ondas mais tranquilas pela manhã e moderadas a forte com a alta da maré a tarde.  

Praia da Aldeia

Entre a Praia dos Adventistas e a Praia da Cerca Norte, fica a Praia da Aldeia, em frente de um condomínio particular. Com um visual que impressiona os visitantes, natureza preservada, uma estreita faixa de areia dourada e águas tranquilas, o lugar é ótimo para levar a família. A Praia da Aldeia fica do lado direito da Praia dos Adventistas e, para chegar nela, basta contornar a rocha que as separa. 

Três Praias 

O lugar, formado por três praias (Praia Mateus Lopes, Praia da Leontina e Praia do Saco ou Ancoradouro), é um dos preferidos para quem quer tranquilidade e sossego. Com águas mansas e claras, a beleza do local encanta os visitantes. Separadas por rochas e cercadas pela mata nativa, o acesso às praias é feito por uma pequena trilha a partir da Praia dos Adventistas. Por ser um lugar mais isolado, não há quiosques ou restaurantes, portanto, é aconselhável levar alimentos e itens necessários para um passeio confortável. 

Parque Estadual Paulo César Vinha

O Parque Estadual Paulo César Vinha foi criado no início dos anos 90 com o objetivo de preservar uma faixa contínua de restinga, um dos ecossistemas mais ameaçados da Mata Atlântica. Com lagoas, dunas e planícies alagadas, além de inúmeras formações vegetais, o parque abriga espécies da flora e fauna ameaçadas de extinção. As trilhas levam a atrações diversas, que somam, aproximadamente 4 km.

A Trilha da Restinga, a principal do parque, leva até a Praia de Caraís e, caminhando mais um pouco, avistamos a Lagoa de Caraís, conhecida também como Lagoa da Coca-Cola, pela semelhança da cor avermelhada da água com o refrigerante. Com uma paisagem paradisíaca, que rendem fotos incríveis, o visitante pode encerrar o passeio com um relaxante banho na lagoa. 

É importante levar lanche, pois o local não tem estrutura para alimentação. O parque funciona todos os dias, das 8h às 17h e tem entrada gratuita. 

Parque Natural Morro da Pescaria

Outro passeio que vale a pena fazer é a caminhada em volta ao Morro da Pescaria, península com 73 hectares da Mata Atlântica. Uma trilha de aproximadamente 1 km com vistas deslumbrantes leva o visitante à praia do Ermitão, onde geralmente há diversas piscinas naturais (dependendo do nível da maré). Para fazer a trilha é cobrado o valor de R$ 4 reais. O Parque Morro da Pescaria fica no final da praia do Morro, na Avenida Beira Mar.

Ruínas da Igreja Nossa Senhora da Conceição

Também conhecida como Igreja Velha, construída em 1677, dizem que sofreu um incêndio antes mesmo de ser inaugurada. Hoje, restam apenas as ruínas e o campanário (torre dos sinos). As ruínas estão localizadas na Rua Nossa Senhora das Graças;

Antiga Matriz de Nossa Senhora da Conceição

Construída no alto de uma colina pelo Padre José de Anchieta em 1585, esta igreja é considerada como um marco da fundação de Guarapari.  Atualmente, com a denominação de Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, possui um grande acervo sacro, com peças do século XVIII e fica aberta para visitação nos horários das missas (terças e quintas-feiras, às 17h30; sábados, às 16h30 e aos domingos, às 9h). A igreja está localizada na Ladeira Salvador Souza, 1588.

Gruta de Sant’Ana

Construída em pedra em 1944, a “grutinha”, como também é conhecida pelos locais, ficou por muito tempo sem manutenção e se desfez em ruínas, sendo restaurada 1991 e entregue à comunidade como Patrimônio Afetivo do Município. Além da imagem de Nossa Senhora de Lourdes, no seu interior há quadros de Sant’Ana e Nossa Senhora Menina. A gruta fica localizada na Ladeira Dom João Cavati, próximo à Antiga Matriz de Nossa Senhora da Conceição; 

Poço dos Jesuítas

Construído no século XVI, em formato de cúpula com pedras sobrepostas e uma argamassa composta de areia, conchas trituradas e óleo de baleia, é o único poço edificado pelos jesuítas que resta na cidade. Por ficar na área da Praia da Fonte, também é conhecido como “poço da fonte”. A obra fica na Rua da Fonte, próximo à Casa da Cultura;

Parque Aquático Acquamania

O Acquamania é o maior parque aquático do Espírito Santo, com 250 mil metros quadrados. Construído em meio a Mata Atlântica e com mais de 50 atrações para todas as idades, o lugar é mais uma das opções para diversão em Guarapari. Os ingressos podem ser adquiridos no site do parque: www.acquamania.com.br pelo valor de R$ 55 reais. Crianças com altura inferior a 1 metro não pagam. O Parque Acquamania fica na BR 101 – Km 319, em Amarelos, Guarapari. 

Passeios de escuna

Para os que não tem muito tempo para conhecer os principais pontos da cidade e para os que querem observar as belezas de Guarapari pelo mar, a dica é fazer um passeio de escuna, ou, como dizem os locais, “passeio marítimo”. Os horários de saída, percursos, paradas para banho de mar e a duração dos passeios diferem entre as empresas. É possível contratar o serviço diretamente no local de embarque, que fica no cais do centro da cidade, na Avenida Pedro Ramos.

Melhor época para visitar Guarapari

Foto: Divulgação/ MTur

Guarapari tem um clima tropical úmido e quente e pode ser visitada em qualquer época do ano. Na alta temporada, de dezembro a março, a cidade fica lotada, chegando a receber 1 milhão de turistas. Neste período, é recomendável fazer reservas de hospedagem com antecedência e há congestionamentos no centro da cidade.

Para aproveitar todos os atrativos com mais tranquilidade, o recomendável é visitar a cidade entre o outono e inverno, que tem clima ameno. Para não pegar chuva na praia, evite ir em outubro, novembro e dezembro. 

Como chegar em Guarapari

Foto: Divulgação/ MTur

De avião

O aeroporto mais próximo é o de Vitória, a 64 quilômetros. Do aeroporto para Guarapari a melhor forma de chegar é pelo expresso da Viação Alvorada. Com quatro horários de partida durante o dia, a tarifa custa $ 24,80. 

De carro

De Vitória: acesso pela Terceira Ponte, Vila Velha e Rodovia do Sol (ES-060). Vindo de outras regiões do país: acesso pela BR-101 até a entrada da cidade. 

De ônibus

As empresas Kaissara, Águia Branca, Gontijo, Rio Doce e Itapemirim fazem o trajeto até Guarapari com origem em diversas cidades do país. Além do expresso com saída do Aeroporto de Vitória, quem parte da capital capixaba pela rodoviária pode utilizar os ônibus da Viação Planeta, que tem partidas todos os dias, em vários horários, pelo valor de R$ 16,12. 

Onde se hospedar em Guarapari

Foto: Wikimedia Commons

O Booking oferece mais de 100 opções de hospedagem em Guarapari. Veja aqui todos os hotéis disponíveis no Booking.com.

Guarapari tem ótimas opções de hospedagem pelo Airbnb. A plataforma que oferece aluguel de casas, apartamento e quartos pode sair bem mais barato do que hotel. E se você ainda não tem cadastro, pode usar esse código de desconto.

Leia também:

» 5 cachoeiras para conhecer no Espírito Santo
» Melhores cidades para conhecer no Espírito Santo
» 9 lugares no Espírito Santo que você não vai acreditar que existem
» Lugares para conhecer no Espírito Santo

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.

Dicas de turismo em Itajaí

Artigo anterior

Dicas de turismo em Marataízes

Artigo seguinte

Você pode gostar