Como tirar a cidadania americana?

O processo para tirar a cidadania dos EUA exige atenção e paciência. Saiba mais no post a seguir

Foto: Mike McCune / Flickr Wikimedia Commons

Muita gente quer saber como tirar a cidadania americana, mas você sabia que nem todo mundo pode realizar esse sonho? O processo para obtenção dessa cidadania, por sinal, não é tão simples, sendo preciso literalmente anos morando no país para poder dar o primeiro passo.

Se os seus pais forem americanos, ou ao menos um deles, você não tem muito com o que se preocupar, mas se a ideia é se naturalizar americano sendo estrangeiro, por casamento ou não, é preciso ter mais paciência e empenho.

Explicar detalhadamente como tirar a cidadania americana deixaria esse post consideravelmente longo, por isso no decorrer dos próximos parágrafos iremos mostrar o mínimo que você precisa saber para começar.

Leia também:
Viajando para os Estados Unidos: como tirar o visto americano
Guia para retirada do passaporte
Confira lista com 55 países que não exigem visto para Brasileiros
Seguro viagem é obrigatório?

O que saber antes de tirar a cidadania americana

A primeira coisa que você deve saber para tirar a cidadania nos Estados Unidos é compreender que isso só será possível para quem está morando de forma legal no país e já tem o famoso Green Card, que é um dos principais documentos solicitados.

Estar morando em terras americanas a pelo menos 5 anos, ou 3 no caso de estar buscando a cidadania por casamento, também é fundamental, bem como apresentar os documentos que comprovem essa moradia, como pagamentos de aluguel ou de contas fixas (internet e telefone, por exemplo).

Veja o que mais é preciso no processo de tirar a cidadania americana:

– Pagar corretamente os impostos

Estar com todos os impostos em dia é fundamental para se tornar um cidadão americano, o que será averiguado cuidadosamente pelo USCIS, que é o serviço de imigração presente em todo o país.

– Ter uma boa conduta

Qualquer candidato à cidadania americana também é avaliado no que diz respeito aos seus antecedentes criminais, seja dentro ou fora do país. Uma simples multa obtida deve ser levada em consideração e informada.

– Preencher o formulário específico

O preenchimento do Formulário N-400 é fundamental para tirar a cidadania nos EUA, pois é nele que estará toda e qualquer informação importante para o serviço de imigração. Preenchê-lo pode ser cansativo, por isso é comum que muitos candidatos contratem advogados especializados para ajudar nessa etapa e também em todo o processo.

– Ter fluência no idioma

Não é necessário ser nenhum expert em inglês, mas é sim importante conhecer bem o idioma a ponto de poder se expressar corretamente seja de forma escrita ou oral. Durante sua entrevista isso será colocado à prova junto aos seus conhecimentos sobre a história americana.

Sim, é feita uma pequena “prova oral” na qual você deverá saber coisas como nomes de presidentes e direitos civis.

– Fazer o juramento

Documentação ok e entrevista feita com sucesso. Agora para terminar de tirar a cidadania nos EUA resta apena um passo de extrema importância, que é fazer o juramento ao país. Durante a cerimônia há até mesmo quem chore de emoção, mas passado esse momento, sublime para muitos, o processo já estará encerrado e você terá sua sonhada cidadania.

Preços para tirar a cidadania nos Estados Unidos

Todo o processo para tirar a cidadania americana também tem um custo total de US$725,00, checados na página do formulário N-400 em agosto de 2018. Esse valor corresponde à taxa do formulário em si e também do serviço biométrico, considerando que é obrigatório cadastrar impressão digital.

Alguns fatores, como a idade do solicitante, podem fazer esse valor diminuir, mas na dúvida sempre olhe o site ou, melhor ainda, contrate um advogado especializado em imigração para te ajudar em todos os detalhes, evitando erros.

Agora que você já sabe como tirar a cidadania nos EUA, avalie se já possui tudo o que precisa para dar início ao seu processo para se tornar um cidadão americano.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.