Muitos brasileiros têm direito a cidadania italiana, saiba como solicitar a sua

Muitos brasileiros possuem direito a tentar a cidadania italiana, e será que você é um deles? Se há certeza de que seu pai, sua mãe ou qualquer pessoa da sua família antes deles, na mesma linhagem, é italiano, ou mesmo se você nunca reparou nisso, mas possui um sobrenome certamente vindo da Itália, ótimas notícias: essa cidadania também pode ser sua, com todos os benefícios que vem com ela.

Mas, calma: o processo não é tão rápido, exige dinheiro, muito trabalho para conseguir alguns documentos e até mesmo o deslocamento até a Itália, se for do interesse do requerente.

Os passos para conseguir a cidadania italiana


Florença. Foto: MustangJoe / Pixabay

Antes de mais nada, é muito importante que você defina qual o motivo que irá facilitar o processo no seu caso.

Você se casou com uma pessoa italiana?

É filho de pais italianos, ou ao menos um deles possui a cidadania?

Seus bisavós ou mesmo tataravós eram italianos?

Cada caso irá exigir uma documentação e um processo diferente, influenciando diretamente na duração desse processo. Pessoas que se casam com italianos, por exemplo, conseguem a cidadania italiana muito mais rápido.

Mas, considerando que você queira a cidadania italiana por via materna ou paterna, que significa ter pai, mãe, avô, avó, bisavó, bisavô e assim por diante, italianos, veja o que deve fazer:

Decidir onde dará início no processo

Para conseguir sua cidadania italiana, você pode fazer o processo pelo Brasil, o que pode levar até 13 anos por conta do número de pedidos recebido pelos consulados, ou indo até a Itália, onde em no máximo 18 meses já poderá conseguir seu passaporte italiano.

Para cidadania italiana cujo processo terá início na Itália, porém, há duas possibilidades: obtê-la por via administrativa, quando você mesmo, o requerente, vai ao país registrar residência, e por via judicial, quando há a intervenção de um advogado.

Seguir os passos impostos

No caso de conseguir cidadania italiana sem sair do Brasil, é preciso ir a um consulado italiano para entrar na fila de espera e, quando estiver prestes a ser chamado, reunir a documentação necessária. Todos os documentos devem estar apostilados e com tradução juramentada para serem enviados para análise.

Com toda a documentação aprovada, basta aguardar o fim do processo para obter seu novo passaporte e ser considerado um cidadão italiano.

Já no caso da ida até a Itália para a via administrativa, o processo só terá início após o requerente, no caso você, registrar residência e ter a mesma validada por um oficial. Por fim, para obtenção da cidadania por via judicial, é preciso ter em mãos o comprovante de que está aguardando na fila, além dos documentos devidamente dentro do padrão do tribunal de Roma.

Os mesmos serão analisados pelo advogado, podendo assim ter início o processo.

Reunir a documentação necessária

A documentação necessária para conseguir a cidadania italiana por via materna ou paterna é composta por:

  •         Certidão de nascimento (desde a sua até a do italiano que consta em sua árvore genealógica);
  •         Certidão de casamento, seguindo a mesma exigência acima;
  •         Certidão de óbito, se necessário.

Lembrando que estamos falando somente da solicitação de dupla nacionalidade por via materna ou paterna. Em outros casos, como casamento com descendentes, a documentação exigida e o processo serão outros.

Quanto custa para conseguir a cidadania italiana


Cinque Terre. Foto: blandineschillinger / Pixabay

Como vimos, somente saber como conseguir cidadania italiana não é suficiente: é preciso ter um pouco de paciência, principalmente se o processo for feito no Brasil.

Outro ponto que tende a desanimar quem procura ser cidadão italiano são os custos envolvidos, que podem ser altos caso seja preciso ir para a Itália, chegando a aproximadamente R$20 mil. Cuidando de tudo através de um consulado italiano por aqui, por outro lado, esse valor cai para, em média, R$5 mil, compensando o tempo a mais de espera.

Para saber mais a respeito, tirar suas dúvidas e dar início ao seu processo, acesse o site do Consulado Geral da Itália em São Paulo.

» Dicas para planejar sua primeira viagem à Itália
» Viagens de trem pela Itália: como ir e outras dicas
» Conheça 10 ilhas paradisíacas para visitar na Itália
» Guia na Itália que fala português

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Aplicativo mapeia trilhas em áreas protegidas de São Paulo

Artigo anterior

Conheça o primeiro grupo só de mulheres a cruzar a Antártica

Artigo seguinte

Você pode gostar