Proposta segue agora para o plenário da Câmara e do Senado e tem até o dia 22 de maio para ser aprovada

A Comissão Mista da Medida Provisória do setor aéreo no Congresso aprovou hoje (25 de abril) um relatório sobre a medida provisória que autoriza a participação de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. Além disso, foi também aprovada um determinação que retira a cobrança por bagagem das companhias aéreas em voos nacionais. 

A decisão do retorno da gratuidade de bagagens foi incluído no relatório  elaborado pelo senador Roberto Rocha, do PSDB-MA. Por se tratar de uma MP, a proposta segue agora para o plenário da Câmara e do Senado e tem até o dia 22 de maio para ser aprovada.  

De acordo com a nova medida, as companhias terão que oferecer as seguintes franquias por passageiro: até 23 kg nas aeronaves acima de 31 assentos, até 18 kg para aeronaves de 21 a 30 lugares e 10 kg para aeronaves de até 20 assentos. 

O retorno da gratuidade foi incluído no relatório porque os senadores chegaram à conclusão que não houve desconto efetivo nas passagens aéreas após a cobrança das bagagens, aprovada há pouco mais de três anos.

Desde o final de 2016 as companhias aéreas receberam autorização para cobrar o despacho de bagagem, oferecendo uma franquia de apenas 10 kg de bagagem de mão gratuita. Nos últimos dias, inclusive, aeroportos brasileiros passaram a fiscalizar com maior rigor o tamanho das malas de mão.

» Aéreas vão fiscalizar com mais rigor tamanho das bagagens de mão
» Aeroportos brasileiros terão serviço de autodespacho de bagagens
» Como comprar passagem de avião na internet
» Mulher usa 4 kg de roupas para escapar da taxa de bagagem no aeroporto

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.

Dicas do que fazer em Paris em 4 dias

Artigo anterior

Mercado holandês inaugura primeiro corredor zero plástico do mundo

Artigo seguinte

Você pode gostar