Em parceria com a ONG Ocean Conservancy, Airbnb busca voluntários para estudar avanço da poluição de microplásticos no continente gelado

Você se aventuraria em uma expedição científica pelo continente mais remoto do planeta em prol do meio ambiente? Se a reposta foi sim, prepare-se para se inscrever no programa Sabático da Antártida, uma iniciativa do Airbnb e parceria com a ONG norte-americana Ocean Conservancy. O programa tem como objetivo levar cinco pessoas para uma missão científica e ecológica na Antártida.

Os voluntários terão todas as despesas pagas e atuarão junto à pesquisadora britânica Kirstie Jones-Williams, da Universidade de Exeter, no Reino Unido,  que coletará amostras de neve para saber até que ponto os microplásticos chegaram ao interior da Antártida. A missão será iniciada em dezembro e, para participar, não é necessário ter conhecimento científico, apenas espírito aventureiro e uma vontade imensa de ajudar o meio ambiente.

Foto: Divulgação

O objetivo do Sabático na Antártida é aumentar a conscientização sobre o impacto humano no clima em um dos ecossistemas menos compreendidos e mais isolados do mundo. Ao entender o impacto da poluição plástica gerada em outras partes do planeta, os viajantes vão trazer informações sobre como a comunidade global pode ajudar a proteger a Antártida e o planeta.

Além da pesquisa, durante a expedição os voluntários poderão vivenciar experiências únicas, como visitar o Polo Sul, onde poderão dar a volta do mundo em poucos passos. Também poderão aproveitar a oportunidade para explorar a beleza glacial de lugares como Drake Icefall, Charles Peak Windscoop e Elephant’s Head onde poderão aprender mais sobre a geografia do continente.

A viagem terá duração de um mês e os voluntários escolhidos participarão de um treinamento de imersão que será realizado em Punta Arenas, no Chile, antes de iniciar as atividades. Lá eles irão se preparar em cursos de glaciologia e amostragem de campo, assim como trabalho de laboratório e prática de equipamentos.

Foto: Divulgação

Ao final do programa, os voluntários retornarão para o Chile, onde poderão estudar suas descobertas e trabalhar com a Ocean Conservancy para se tornarem embaixadores pela proteção dos oceanos. Na função de defensores, eles vão fornecer informações sobre como a comunidade do Airbnb e outras pessoas podem ajudar a minimizar o impacto plástico coletivo e apoiar a missão da Ocean Conservancy.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 10 de outubro por meio deste link. A seleção final dos cinco cidadãos cientistas será anunciada em 30 de outubro.

Leia também:

» Cupom de desconto Airbnb para usar em 2019
» Essas são as casas mais desejadas do Airbnb
» Conheça quatro projetos para fazer trabalho voluntário na Amazônia
» Descubra como viajar o mundo fazendo trabalho voluntário

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.
» Faça o seu visto e antecipe seu passaporte com a Visto Fácil.

Agência busca candidato que saiba tirar boas fotos para viajar de graça pelas ilhas gregas

Artigo anterior

“La Praia Sem Papel”: ação recolhe mais de meia tonelada de lixo no litoral sul de SP

Artigo seguinte

Você pode gostar