É possível conhecer Capitólio em dois dias? Preparamos um roteiro para você aproveitar ao máximo as principais atrações da cidade e curtir todas as belezas que o Mar de Minas tem a oferecer!

Passeio de barco pelo mar de Minas. Foto: Klaus Balzano / Shutterstock

Quem disse que em Minas não tem mar? Capitólio, um dos destinos que foi recentemente descoberto por turistas, está aí para provar o contrário. O município de Capitólio faz parte do Circuito Turístico Nascentes das Gerais e ficou conhecido por ser a principal cidade para quem deseja conhecer as margens do Lago de Furnas, sua principal atração.

Além do lago, que deslumbra os visitantes por conta dos canyons com paredões gigantes e águas verdes, a cidade reserva belezas naturais impressionantes como belas cachoeiras, trilhas e gastronomia variada.

As opções de hospedagem variam bastante, das mais sofisticadas, como o Balneário do Lago Hotel, que conta com uma estrutura de parque aquático e está localizado em frente do Lago de Furnas, até o Hostel Paraíso, que possui um ótimo custo benefício e uma localização na região central da cidade.  

Na hora de provar a culinária da região, o Restaurante do Turvo apresenta pratos com variedades de peixe, que é a especialidade da casa, como traíra à moda e tilápia recheada, todos bem servidos. Se você preferir experimentar um pouco da culinária mineira, o Restaurante Tropeiro conta com frango caipira, feijão tropeiro e diversos petiscos típicos da região.

Leia também:
6 motivos para conhecer Capitólio em Minas Gerais
Hotéis e pousadas em Capitólio – MG
Campos de girassóis formam paisagens únicas em Minas Gerais
Cachoeira nas alturas: conheça o Vale Encantado no Parque Nacional do Caparaó

Primeiro Dia


Mirante dos Canyons de Furnas. Foto: Luciano Queiroz / Shutterstock

Mirante dos Canyons de Furnas

Começando o roteiro pelo o cartão postal de Capitólio – nem precisamos dizer que essa é uma parada obrigatória no seu roteiro, né? A entrada é gratuita e você terá uma deslumbrante visão panorâmica dos canyons. Só é preciso um pouco de cuidado, pois não há proteção e o local é bem alto.

Cachoeira Dicadinha

Para aproveitar o tempo, bem próxima ao Mirante dos Canyons está a cachoeira Dicadinha. Com diferentes pontos para banho e uma água cristalina, o acesso é gratuito. Uma ótima opção para um mergulho antes de seguir para o passeio de barco, outra atração imperdível.

Passeio de barco pelo Mar de Minas

Essa é a atração principal de Capitólio. O Lago de Furnas é um dos maiores lagos artificiais do Brasil e se formou devido à construção da barragem da Usina Hidrelétrica de Furnas. A área alagada da região formou esse cenário encantador e peculiar, revelando pequenos rios, cachoeiras e cânions que desaguam por lá.

O acesso é pela Ponte do Rio Turvo, de onde partem as embarcações e onde há toda a estrutura de restaurantes. Existem várias opções de embarcações, desde as mais simples e baratas, como o catamarã, até os mais rápidos, como as lanchas. Esta última opção, apesar do preço mais salgado, navega por mais pontos em menos tempo – o passeio dura cerca de três horas e custa R$70 por pessoa.

Segundo dia


Pedreira da Lagoa Azul. Foto: Luciano Queiroz / Shutterstock

Trilha do Sol

Acorde bem cedo para aproveitar o dia e começar caminhada de 4 quilômetros (ida e volta). O trajeto da Trilha do Sol vale a pena para conhecer três diferentes cachoeiras que ficam dentro do parque Trilha do Sol. O acesso a este passeio é cobrado em R$40 por pessoa, mas o lugar vale a pena pela floresta com bromélias, samambaias, orquídeas e pelas águas cristalinas dos poços. Há restaurante no local.

Igreja e Praça Central

Se sobrar um tempo e, dependendo de onde estiver hospedado, vale conhecer a Igreja e a praça de Capitólio, que é um passeio curto e faz com que você conheça um pouco da cidade além das belezas naturais.  

Cascata Ecoparque ou Pedreira da Lagoa Azul

Para fechar o dia, temos duas dicas. Você pode optar por mais cachoeiras no Cascata Ecoparque, que conta com piscinas naturais de águas transparentes perfeitas para toda a família – e todas as idades. As cascatas desembocam na represa do Lago de Furnas, tornando ao visual incrível e acesso fica em R$40 por pessoa. Outra opção é uma visita até a Pedreira da Lagoa Azul. O local, uma antiga pedreira que teve suas atividades interrompidas e onde descobriu-se um inusitado lençol freático, possui um cenário perfeito para registros fotográficos. A visitação é gratuita, mas como o acesso é bem difícil, pode ser necessário o aluguel de um veículo 4×4, cerca de R$150 por pessoa.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Viajando a Suíça de trem, conheça o Glacier Express

Artigo anterior

Museus diferentões para visitar no Brasil

Artigo seguinte

Você pode gostar

Mais em Capitólio