12 destinos nacionais baratos para quem não abre mão de viajar

Turista de verdade é aquele que não pode ver um feriado chegando que já quer partir e explorar o mundo. Mas nem sempre o orçamento está favorável a fazer grandes viagens para destinos caros ou sofisticados. Porém, sempre há alguns destinos mais em conta para quem não abre mão de viajar. A lista a seguir traz algumas opções para o turista que adora comprar passagens aéreas baratas e aproveitar a viagem em grande estilo.

Leia também:

100 destinos para conhecer no Brasil
10 rotas para fazer um mochilão pelo Brasil
23 hotéis brasileiros que valem toda a viagem
11 destinos em alta para conhecer no Brasil

Cabo Frio (RJ)

Cabo Frio é uma das cidades da Região dos Lagos do Rio de Janeiro mais visitadas pelos turistas. Suas principais atrações são as praias de areia branca e águas cristalinas, mas também há opções de mergulho e outros esportes náuticos, como surfe e iatismo. A noite é movimentada na Avenida do Contorno e quem gosta de compras pode dar uma voltinha pelo Boulevard Canal e pela Rua dos Biquínis. No Carnaval tema mega micareta Cabofolia, com shows de artistas conhecidos nacionalmente. Cabo Frio ainda fica do ladinho de Arraial do Cabo e dá pra fazer duas viagens em uma só.

Foto: MarcusRG / Flickr

Brumadinho (MG)

A cidade mineira de Brumadinho é um destino na região metropolitana de Belo Horizonte que tem recebido grande atenção dos turistas devido a sua principal atração: o Instituto Inhotim. Trata-se de um museu de arte contemporânea a céu aberto, construído em harmonia com a natureza, com mais de 100 hectares de área. A promessa é de uma experiência artística multissensorial, mas também de grande contato com o meio ambiente, graças aos belos jardins botânicos, lagos e milhares de espécies de plantas que podem ser vistas lá.

Foto: claudiaregina_cc / Flickr

Peruíbe (SP)

A 90 km da cidade de São Paulo, Peruíbe é um destino para quem quer dar aquela fugidinha rápida para o litoral. Mas não é só praia que o município tem a oferecer. Claro que visitar a Prainha, a Barra do Una e o Caramborê é quase obrigatório, mas Peruíbe também tem boas opções de turismo ecológico e rural, com trilhas, cachoeira, camping e uma agitada vida noturna. Quer mais? Quem gosta de ufologia vai adorar visitar a cidade na época do Encontro Ufológico. A cidade é conhecida pelos diversos relatos de avistamento de objetos voadores não-identificados. Imperdível!

Foto: Moviola Midia Livre / Flickr

Alfredo Chaves (ES)

Quem gosta de descansar na serra, por um precinho razoável, vai adorar Alfredo Chaves, quase vizinha de Vitória, no Espírito Santo. A cidade está localizada entre o mar e as montanhas e ostenta dezenas de cachoeiras. Voar é a aventura predileta dos turistas, já que o destino tem algumas das melhores rampas de asa delta e voo livre do país. Para quem ama a cultura tradicional, o ideal é conhecer a cidade na época da Festa da Banana e do Leite, em julho, com shows regionais, concursos, feiras e o Encontro de Trilheiros, percorrendo as zona rurais da serra.

Foto: Wikimedia Commons

Sirinhaém (PE)

Sirinhaém está a 76 km da capital Recife e é conhecida por sua simpatia e aconchego. Os principais atrativos são as praias de Barra do Sirinhaém, Gamela e Guadalupe, por suas areias douradas e pela paisagem cercada de coqueiros. Quem gosta de mergulho pode aproveitar a Ilha de Santo Aleixo, que tem águas rasas e bem paradas, para conhecer com calma o mar aberto. O município nordestino, apesar de pequeno, tem diversos monumentos históricos para visitar, como casarões do século XIX e o Convento de Santo Antônio, construído em 1645.

Foto: Lotsemann / Flickr

Caldas Novas (GO)

Um paraíso de águas termais, Caldas Novas tem sim resorts caríssimos para pouca gente, mas também dá para aproveitar a cidade, economizando. Pelo fácil acesso – Caldas Novas está próxima a Goiânia, Uberlândia (MG) e Brasília – a viagem tende a ficar mais barata. Além disso, mesmo escolhendo um hotel mais em conta, é possível desfrutar dos atrativos do Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, com piscinas terapêuticas naturais entre 30ºC e 57ºC e cachoeiras de águas quentes, e do Aquático da Lagoa de Pirapitinga, ideal para as crianças e a família. Outra opção é visitar a cidade vizinha Rio Quente, e conhecer o parque aquático do completo Rio Quente Resorts, o Hot Park.

Foto: Otávio Nogueira / Flickr

Chapada das Mesas (MA)

Uma visita ao Parque Nacional da Chapada das Mesas certamente será inesquecível e não custa tão caro. Os atrativos da reserva natural são vários: formações rochosas esculpidas pelas forças da natureza, cachoeiras e poços de águas cristalinas. A Cachoeira de Pedra Caída, com 50 metros de queda, forma uma piscina natural. Para os aventureiros, tem opções de rapel, rafting e tirolesa e mergulho. A hospedagem pode ser feita em quatro cidades – Carolina, Riachão, Estreito e Imperatriz (cidade da região que conta com aeroporto comercial) – o que facilita a procura de melhores preços.

Foto: Otávio Nogueira / Flickr

Camocim (CE)

Praia numa cidadezinha de interior. É isso que marca a cidade de Camocim, no norte do Ceará. Com um casario colonial do século XIX e um povo acolhedor, o destino ostenta surpreendentes 62 km de praias de águas calmas e rasas, coqueirais, falésias, manguezais, lagos, dunas e tudo o que pode tornar a paisagem ainda mais impressionante. A Praia das Barreiras, com areia laranja, é visita obrigatória. Como venta bastante, a cidade é ideal para a prática de kitesurfe e windsurfe. Como o destino é pouco procurado, a viagem acaba ficando mais barata. Porém, como quem parte de outros estados precisa desembarcar na capital para seguir os 373 km restantes de carro, é importante garantir o voo com antecedência. Para comprar passagens baratas para Fortaleza, clique aqui.

Foto: Wikimedia Commons

Ilha de Marajó (PA)

O maior arquipélago fluviomarinho do mundo está na região Norte do Brasil e não é tão caro de visitar. Mais de 2.500 ilhas estão à disposição para o turista, mas é a Ilha de Marajó a melhor localidade do arquipélago. Saindo de Belém, basta pegar um catamarã para Soure, onde estão as melhores praias, pousadas e restaurantes. As opções de diversão são muitas na maior ilha do Brasil: passeios de búfalos, de igarapé – para observar aves raras e jacarés -, praticar rafting ou caminhar pela selva.

Foto: Celso Abreu / Flickr

Cambará do Sul (RS)

Cambará do Sul sedia o Parque Nacional Aparados da Serra, que ostenta os maiores cânions do Brasil. O destaque vai para o Cânion do Itaimbezinho, com seus 5,8 km de extensão e 720 metros de altura. A cidade virou set de gravação da série “A casa das sete mulheres” da Rede Globo, o que tornou ainda mais conhecidas suas cachoeiras, vales e trilhas. Por estar em área de preservação ambiental, é fácil ter contato com a pujante fauna: lobos-guarás e jaguatiricas são as estrelas locais. Apesar de contar com tantos atrativos naturais, a cidade fica perto da Capital: 184 km separam Porto Alegre de Cambará do Sul. Por lá, é bom ter sempre um bom agasalho, já que a cidade é campeã em baixas temperaturas no inverno.

Foto: Gus Valentim / Flickr

Imbituba (SC)

Entre as populares e caras Garopaba e Laguna, Imbituba, no litoral sul de Santa Catarina, é uma das opções mais econômicas. No verão, as praias são as principais atrações, principalmente para surfistas, devido à fama das ondas da região. Mas o grande espetáculo acontece entre julho e setembro, quando baleias-francas migram para as águas de Imbituba, fugindo do inverno antártico, para iniciar o período de reprodução. Oportunidade única de ver de perto esses animais. Partindo da capital Florianópolis, chega-se de carro a Imbituba em cerca de uma hora de viagem.

Foto: Diane Oliveira / Flickr

Ponta Grossa (PR)

Ponta Grossa é uma grande cidade do Paraná – a quarta mais populosa do Estado – que abriga o Parque Estadual de Vila Velha, destino ideal para os amantes da geologia. O parque lembra uma cidade medieval, com castelos e torres em ruínas. No local é possível fazer passeios guiados. Destaque para as visitas ao lençol subterrâneo, especialmente a Lagoa Dourada, que fica com tom de ouro no pôr-do-sol. Nas trilhas o visitante terá contato com lobos-guará, jaguatiricas, cachorros-do-mato, pica-paus e tamanduás-bandeira.

Foto: Ana Paula Hirama / Flickr

Gostou das dicas? A Maxmilhas, além de oferecer passagens com economia que podem chegar a 80% de desconto, possui com blog com muitas informações  para te ajudar a ter a melhor viagem possível. Se quer conhecer outros destinos para viajar barato pelo Brasil, clique aqui.


- Descubra o hotel ideal para você, reserve seu hotel com o Booking.com.
- Pesquise os melhores preços de passagens aéreas em tempo real para a sua viagem.