Aproveitar a estação mais fria do ano ou fazer a viagem durante o verão? Saiba qual a melhor opção para as suas férias na Patagônia

Foto: Gustavo Albano

Uma coisa é certa, seja no verão ou durante o inverno, a Patagônia é um destino que merece ser visitado mais de uma vez e em diferentes épocas do ano. Tanto na parte chilena quanto na parte argentina, a região mais ao sul do planeta abriga cenários intocados e muito bem preservados. Um paraíso para os aventureiros que buscam destinos fora do comum. São parques nacionais, montanhas, glaciares, bosques, lagoas e uma infinidade de trilhas e atividades ao ar livre para fazer na natureza.

Leia também:

Lugares para conhecer em Ushuaia
Onde ficar em Ushuaia: dicas de hotéis e pousadas
Passeio de caiaque em Punta Arenas
Principais atrações turísticas para você visitar na Patagônia argentina

Durante o verão

No verão os dias também são mais longos e as noites mais curtas, com mais tempo de luz fica melhor para fazer alguns passeios. Os caminhos estão mais tranquilos e mais sinalizados, o que garante mais tempo para aproveitar as atrações visitadas. Dependendo do dia o nascer do sol acontece por volta das 6h da manhã e o entardecer depois das 21hrs, o que é uma grande ajuda caso a sua ideia seja fazer as caminhadas e aproveitar as atrações com mais tempo.

Os centros invernais para passeios de esqui e snowboard ficam fechados pela ausência de neve, mas há diferentes circuitos e tours que só ficam disponíveis na época mais quente do ano. Se você deseja ver pinguins, esse é o momento certo para fazer a sua viagem. No lado da Patagônia argentina, é possível encontrar com milhares deles durante a navegação pelo Canal de Beagle, em Ushuaia, que vai até a Isla Martillo. No lado da Patagônia chilena, as colônias concentram-se na Ilha Magdalena y Marta, a 35 km da cidade de Punta Arenas (onde está localizado o aeroporto internacional da Patagônia chilena).

É também nessa época que os circuitos de trekking do Parque Nacional Torres del Paine, no Chile, estão habilitados. No inverno também é possível aproveitar as atrações do parque e inclusive se hospedar por lá, algumas agências locais de Puerto Natales também oferecem passeios com guias e transfers inclusos, além de ter a opção de ficar hospedado em hotéis e campings do parque. O que certamente é uma boa em qualquer época do ano. Também é no verão que saem os passeios para fazer os mini-trekkings nos glaciares, uma das experiências mais incríveis da Patagônia.

Durante o inverno

A temporada nos centros invernais começa em peso. Destinos como Ushuaia e Bariloche recebem um número considerável de visitantes que chegam nas cidades para praticar esportes e atividades na neve. Algumas lagoas nos arredores da Patagônia ficam congeladas, quase todas as estradas e caminhos ficam brancos e, dependendo do local que estiver, a temperatura pode chegar a até 12 graus negativos.  

Nessa época os dias são mais curtos, acontecendo o oposto do verão. Dependendo do período e do local, o sol nasce por volta das 10h da manhã e começa a escurecer às 6h da tarde. Mesmo com menos tempo de luz, a viagem também vale a pena. As paisagens ficam com um charme a mais e as atrações dificilmente ficam lotadas, o que possibilita ver mais pássaros e animais silvestres pelas trilhas, como lebres, raposas, huemul, guanacos e até mesmo pumas.

Como boa parte das montanhas ficam nevadas, a probabilidade de ver neve também são maiores, inclusive nas partes baixas das cidades. O inverno é rigoroso, mas todas as cidades estão bem estruturadas para receber as baixas temperaturas. Praticamente todos os hotéis, pousadas e hostels da Patagônia possuem aquecedores potentes, tanto do lado chileno como na Argentina. Os chuveiros também são a gás, com opções bem quentes de duchas.

Estações intermediárias 

Poucas pessoas levam em consideração viajar durante a primavera e o outono. O que muitas vezes é um erro, pois as paisagens ficam igualmente encantadoras. Boa parte dos passeios ainda estão disponíveis e a duração dos dias não costumam ser tão drásticas. Durante o outono a vegetação fica colorida em tons avermelhados, as baixas temperaturas chegam e as montanhas começam a ficar nevadas. Na primavera a paisagem é outra, as nevascas não são comuns, mas também pode ser um excelente momento para aproveitar as trilhas e parques nacionais com dias mais limpos.

Como é o clima na Patagônia?

O clima na Patagônia é bem instável e pode variar facilmente de um dia para o outro. No verão os ventos também costumam ser fortes e caso faça passeios para conhecer glaciares, faça navegações ou suba em locais de grande altitude, estar bem equipado para o frio é extremamente necessário mesmo nessa época. Durante o inverno os cuidados precisam ser redobrados. Opte por ir com calçados impermeáveis para andar na neve, além disso o uso de luvas, gorros e blusas térmicas são extremamente necessários. Para alugar equipamentos de esqui, bastões de trekking, grampos e calçados para andar na neve ou outros equipamentos de aventura, a loja Ushuaia Extremo, na Av. San Martín, funciona durante todo o ano e também oferece esses serviços.

* Essa viagem foi feita a convite da Chile Travel em colaboração com o Guia Viajar Melhor.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Veja fotos da Patagônia durante o inverno

Artigo anterior

Bariloche: Passeio ao Cerro López

Artigo seguinte

Você pode gostar