Quando juntamos as palavras viagem e cassinos, a primeira cidade que temos em mente, provavelmente, é Las Vegas, nos Estados Unidos. Porém, o que poucos sabem, é que o Brasil possui uma história até recente, e intensa, com essas casas de jogos. O Rio de Janeiro e Santos eram as duas cidades que movimentavam este comércio entre os anos de 1920 e 40. Elas traziam turistas de todas as partes da América Latina.

Aproveitando essa chance de conhecermos um pouco mais do nosso passado, vamos mostrar dois locais históricos, onde ficavam antigos cassinos famosos no Brasil, e que é possível frequentar até hoje, mesmo que já não com o fim de jogar.

Fonte: Belmond Copacabana Palace via Facebook.

O Copacabana Palace

Fonte: Belmond Copacabana Palace via Facebook

Nossa primeira parada é no Rio de Janeiro, mais especificamente no luxuoso e requisitado hotel Copacabana Palace. Inaugurado em 1923, o local tinha um dos cassinos mais importantes do país, sendo popular inclusive entre os turistas norte-americanos. Ele foi projetado pelo arquiteto francês Joseph Gire e, segundo alguns jornais da época, tinha uma estrutura superior aos principais cassinos da Europa. Por isso, ele foi estrategicamente construído no bairro de Copacabana, dedicado à alta sociedade carioca.

O cassino começou apenas com espetáculos e festas, mas logo também colocou jogos como pôquer, bacará e as populares roletas. O brasileiro não tinha tanto conhecimento dos jogos, por ser algo mais tradicional no exterior e menos popular por aqui. Diferente de hoje, que basta uma busca na internet para conseguirmos algumas simples dicas para ganhar no jogo da roleta, por exemplo, naquela época era preciso aprender nos próprios estabelecimentos. Por isso, os jogos demoraram um pouco mais para ganhar o público nacional.

Em 1946, o Copacabana Palace fechou o espaço para cassino e ficou apenas como hotel. Até hoje ele é uma referência na cidade, e um dos locais mais requisitados por turistas que chegam ao Rio de Janeiro. Qualquer um pode alugar um quarto no hotel e conhecer um dos lugares mais importante da história cultural brasileira.

Monte Serrat e a cidade de Santos

Fonte: Monte Serrat Hotel via Facebook

O segundo destino é também no litoral brasileiro, porém no estado de São Paulo. A cidade de Santos foi um dos principais polos de cassinos do Brasil. Por ser uma cidade turística, o local foi abraçado pelos empresários que gostariam de abrir uma casa de jogos na região. Eram cerca de cinco locais espalhados na cidade, porém um específico merece uma atenção especial.

O cassino Monte Serrat, localizado no alto do morro de mesmo nome, era um dos mais bem frequentados na cidade. No final da década de 20, um funicular foi construído para levar as pessoas da baixada santista até o prédio do cassino, algo que expandiu o público do local e que pode ser usado até hoje. O Monte Serrat se transformou em um hotel, mas manteve boa parte da construção antiga, inclusive os bondinhos para subir até lá. Além disso, existem tours exclusivos para conhecer um pouco mais da história do lugar, com guias especializados.

O Brasil possui outras cidades que tiveram cassinos, porém muitos deles foram demolidos e não deixaram nada para a história. Por isso, as nossas dicas são para quem gostaria de conhecer mais sobre a antiga cultura brasileira de cassinos. Uma viagem como essa permite voltar quase 90 anos no tempo, e conhecer um pouco mais sobre como eram esses locais de jogos, luxo e diversão.

» Dicas de viagens sobre o Rio de Janeiro
» Lugares para conhecer no Rio de Janeiro
» 60 passeios gratuitos para fazer no Rio de Janeiro
» Paraty e Trindade: roteiro completo de 3 dias

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Aeroporto de Brasília é eleito o terceiro mais pontual do mundo

Artigo anterior

Praia com areia semelhante a pipoca faz sucesso na internet

Artigo seguinte

Você pode gostar