Conhecer os histórico latino americano do período pré-colombiano ficará mais fácil a partir de 2019.

Um dos principais atrativos para se visitar o México certamente é apreciar a arqueologia do passado. As grandes civilizações que ocupavam o continente latino, antes da chegada dos espanhóis, deixaram marcos arquitetônicos para a posteridade. Eles representam um modo de ver e viver o mundo único e muito contrastante do que nós nos habituamos, ainda que, reservam mistérios que atiçam historiadores e turistas de todas as partes. Realizar essa viagem – que sem exageros é uma viagem ao passado – é sem dúvida alguma uma aprendizagem humanitária.

Os templos Maias já fazem parte do itinerário dos visitantes ao país, além, é claro, das paisagens naturais e as praias de águas cristalinas. Existem muitos investimentos neste segmento do turismo no país, e desta vez o governo mexicano, junto à iniciativa privada, deu um passo ainda maior para facilitar o passeio de turistas e mochileiros. A partir de 2019 começará a construção de uma linha férrea que percorrerá os principais pontos de manifestação de culturas antigas, assim como, lugares pouco explorados e que, também, reservam resquícios do passado.

Esses resquícios das civilizações antigas podem ser encontrados em vários lugares ao longo do México. Da capital – Cidade do México – até o mega templo localizado ao lado do mar caribenho na Península de Yucatán. Com o projeto finalizado o percurso poderá ser visitado muito mais rápido do que antes, até porque há muito o que se ver pelo México.

São mais de 1.500 km a ser percorrido ao longo da península habitada anteriormente pela civilização Maia. Ao todo serão 17 paradas pelos estados sudeste mexicano, onde se guardam mais presente a cultura Maia: Tabasco, Campeche, Chiapas, Yucatán e Quintana Roo. A obra, cujo interesse é movimentar ainda mais a cultura local, e que estimulou muitos investidores no turismo, se inicia em 2019 e tem um valor estimado de 150 milhões de pesos. A previsão de término é de 4 anos de acordo com o pronunciamento do atual presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador.

Segundo os investidores, a construção do Trem Maya dará um forte impulso à economia nacional, já que superará em muito o recorde de 10 milhões de turistas, que atualmente visitam a região da Península de Yucatán, famosa por suas praias banhadas pelo mar caribenho.

Paradas e trechos das linhas podem ser conferidas aqui.

Confira o mapa do projeto do Trem Maia:


Foto: Divulgação

Algumas estações


Foto: Divulgação

Foto: Lidia Tretyakova / Wikimedia Commons

Foto: Divulgação

Foto: Daniel Schwen / Wikimedia Commons

Foto: Divulgação

Calakmul. Foto: Arian Zwegers / Flickr

Foto: Divulgação

Playa del Carmem. Foto: Haakon S. Krohn / Wikimedia Commons

Foto: Divulgação

Palenque. Foto: Maxpixel

Foto: Divulgação

Tulum. Foto: Walkerssk / Pixabay

» Lugares para conhecer em Tulum
» Como não cair em furada viajando para Cancún
» 7 passeios imperdíveis em Cancún e Riviera Maya
» Guia de compras em Cancún

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

4 barcos para alugar no litoral de São Paulo e chamar de seu

Artigo anterior

Excursão de trem visita à fábrica de tequilas mais conhecida no mundo

Artigo seguinte

Você pode gostar