Explore as belezas e os sabores locais das regiões vinícolas da França

Não é segredo que o vinho é parte integrante da vida e da cultura dos franceses. Com um clima diversificado, a França se tornou o lugar ideal para a colheita de uma variedade impressionante de uvas, o que tornou o vinho francês um dos mais reverenciados do mundo.

Para se ter uma ideia ao país produz, em média, 4,6 bilhões de litros de diferentes tipos de vinho, desde os mais simples até os mais sofisticados. Sendo assim, o que não faltam são regiões vinícolas para explorar em território francês.

Antes de começar a desbravar as regiões vinícolas da França, lembre-se que um produtor menor e mais humilde pode criar uma bebida fantástica. Já outro, com uma estrutura maior, pode produzir um vinho com um valor mais acessível.

Não importa se você quer apenas se deslumbrar com o charme das vinícolas, muitas delas situadas em antigos castelos, ou está buscando o vinho perfeito entre os diversos rótulos: uma viagem enológica pela França é sempre encantadora.

Vai para a França pela primeira vez e quer aproveitar para conhecer as charmosas regiões vinícolas do país? A França Entre Amigos é uma empresa que realiza diversas opções de roteiros e conta com motoristas que já conhecem a região. O melhor é que eles falam português, deixando a viagem ainda mais confortável e segura.

Bordeaux


Foto: JordyMeow / Pixabay

Bordeaux, no sudoeste da França, sem dúvida está entre as regiões vinícolas mais importantes do mundo. Portanto, é uma parada obrigatória para os amantes de um bom vinho. Hoje, no local, existem mais de 7000 palácios – ou châteaus, como são conhecidos – que produzem mais de 900 milhões de garrafas por safra. A região é responsável por alguns dos rótulos mais raros do mundo, feitos de muitas variedades de uvas, principalmente merlot e cabernet.

O clima oceânico, moderado e estabilizado de Bordeaux é o responsável pelo resultado: vinhos complexos e elegantes. A cidade e seus arredores, com ares boêmios, oferecem também muitas atrações para aproveitar. Passeios perfeitos, é claro, para serem harmonizados com uma boa taça.

Champagne


Foto: MontAigu / Pixabay

Você já se perguntou por que o vinho francês é tão famoso? Parte de seu sucesso vem dos produtores dos prestigiados champagnes, feitos a partir de uvas Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay. Não é à toa que a região de Champagne, ao norte da França, tem seu nome associado à bebida.

As frias temperaturas causam o amadurecimento tardio das uvas, fazendo com que tenham um alto grau de acidez. Essas características junto ao solo calcário local dão origem a um dos melhores vinhos espumantes do mundo. Para se ter uma ideia, atualmente a região produz cerca de 300 milhões de garrafas por ano.

Provence


Foto: michalo / Flickr

Entre belas colinas e os famosos campos de lavanda, o sol brilha durante 300 dias por ano na bela Provence, no sul da França. Além de sua evidente beleza, a região é famosa pelos vinhos, especialmente o rosé, que representa praticamente 88% da produção. Encorpados, delicados e de sabor leve, são fiéis representantes de todo o charme do clima mediterrâneo. Descobrir os vinhos e as histórias da costa provençal é vivenciar uma experiência única.

Bergerac


Foto: Oliver Diaz / VisitFrenchWine.com

Os vinhos de Bergerac, no sudoeste da França, são muito semelhantes aos encontrados na região vizinha Bordeaux, porém com uma vantagem: os valores compensam mais. A variedades de uvas são bastante semelhantes na produção de tintos secos, brancos e rosés. Há rótulos famosos e alguns produtores permitem, além de uma visita às vinícolas, se hospedar nas propriedades para acompanhar de perto a fabricação das famosos bebidas.

Borgonha


Foto: Donations_are_appreciated / Pixabay

A região vinícola de Borgonha, no centro leste da França, não só tem uma excelente reputação pela produção de vinhos, como também é responsável por alguns dos rótulos mais caros do país. O mérito foi conquistado graças ao trabalho secular de monges que habitavam a região e que delinearam seus vinhedos de forma perfeita e tradicional.

Em Borgonha, somente dois tipos de uvas são utilizados, a Chardonay, para os vinhos brancos, e a Pinot Noir, para os tintos.  E, uma dica amiga: se você estiver por Borgonha, não deixe de parar na cidade de Dijon e provar outro produto muito famoso por lá, a deliciosa mostarda.

Alsácia


Foto: TonyKnight / Pixabay

Não é só o vinho que faz sucesso pela Alsácia, região ao leste da França e localizada junto às fronteiras da Alemanha e da Suíça. Sabe aqueles vilarejos com casinhas e castelos charmosos que parecem ter saído de um conto de fadas? O lugar é repleto deles e até serviu como inspiração para algumas das histórias que amamos. Mas, voltando aos vinhos, os que se destacam são os brancos – aliás, os melhores rótulos do mundo são produzidos nas aldeias da região.

Os vinhos da Alsácia tendem a ser frutíferos e refrescantes e apenas 10% deles são vermelhos. Os brancos e espumantes são produzidos a partir de uvas Riesling, Gewurztraminer, Sylvaner, Pinot Gris e Mascate. Nada melhor do que degustar um deles junto à pitoresca paisagem local.

Vale do Loire


Foto: Ledain / Pixabay

Poucas regiões no mundo são tão bonitas como o Vale do Loire, a cerca de duas horas de Paris. Declarado Patrimônio Mundial da UNESCO, reúne castelos, medievais, cidades históricas, jardins floridos, grandes florestas e muito vinho de qualidade.

Os rótulos produzidos na região são majoritariamente brancos, feitos a partir de uvas Sauvignon Blanc, Cabernet Franc e Chenin Blanc. É o lugar ideal para combinar uma degustação de vinhos com o cenário romântico de lindos castelos ao fundo.

Um verdadeiro sonho!

+ Info:

França entre Amigos
2 Allée des Bosquets, 94800 Villejuif, França
Tel.: +336 6454 5901
Site

» Dicas para planejar sua primeira viagem à França
» França encantada: cidades e vilarejos mais charmosos do país
» Rota das Lavandas, descubra a beleza de Provence na França
» 12 cidades medievais para conhecer no sul da França

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Um Ano Sem Lixo: brasileira compartilha ideias para uma vida mais sustentável

Artigo anterior

Museus na cidade do Panamá

Artigo seguinte

Você pode gostar