A empresa que você trabalha apoia os profissionais a viajarem mais? Veja 5 motivos para apoiar os funcionários nessas experiências  

Muitas empresas brasileiras vêm percebendo que oferecer uma viagem para seus funcionários, com tudo pago, tem um resultado positivo, além do incentivo e da fidelização desses profissionais. Mas, não é preciso pagar tudo para apoiar essas experiências, basta encorajar através de descontos em redes hoteleiras, restaurantes, dicas de viagem na própria internet ou site da empresa, entre outras formas.

Mas por que as empresas estão tomando essa decisão? Esse tipo de ação gera melhorias na produtividade, engajamento e cria empatia entre a empresa e seus colaboradores. O ponto aqui é a empresa transparecer e realmente acreditar que as pessoas precisam tirar férias viajando, adquirindo novas experiências. Com esses benefícios todo mundo ganha: o funcionário, quem convive com ele e a própria saúde do seu negócio. Sendo que, depois da viagem, a equipe está no seu estado mais calmo e com o maior pico de criatividade.

Isso foi comprovado por meio de algumas pesquisas e estudos analisadas por Lorena Peretti, especialista da empresa Minds Travel e consultora de viagens de lazer e corporativa. E não importa o tamanho da sua empresa, todos esses benefícios são notados em pequenas, médias e grandes corporações.

Viagem de funcionários deixa o colaborador mais criativo

Foto: snicky2290 / Pixabay

Durante o dia a dia, estamos sempre ligados no piloto automático, muitas vezes não pensamos e refletimos sobre o que estamos fazendo de forma centrada. Por isso, uma mudança de ares, como uma viagem, pode despertar o lado mais criativo dentro dos trabalhadores e profissionais de diferentes áreas.

O contato com lugares e situações diferentes da nossa rotina, expande as nossas visões de mundo, resultando em um funcionário mais produtivo e mais hábil em solucionar crises, seja ela grande ou pequenos desafios rotineiros. Para comprovar esse fato, as universidades de Utah e do Kansas, ambas nos Estados Unidos, fizeram um experimento com 4 pessoas voluntárias. Elas viajaram para próximo da natureza e fizeram uma trilha sem ter contato com ambientes urbanos.

Ao final dessa experiência, todos os participantes melhoraram sua capacidade de elaborar saídas alternativas em situações difíceis, mostrando como o contato com o diferente imersos na natureza podem interferir nesses processos criativos e de gestão de crises.

Viagens deixam os colaboradores mais calmos

 O termo viagem está sempre relacionado com o pensamento de folga, férias ou apenas descanso. Um funcionário tranquilo acaba influenciando seus colegas de trabalho após o seu retorno, com isso, a equipe tende a ser mais produtiva e cautelosa na hora de desenvolver projetos e atividades importantes.

Um outro estudo curioso, desenvolvido por pesquisadores do Japão, Coreia e Finlândia, mostrou que fazer caminhada diminui o estresse, a nossa pressão arterial e adrenalina, ou seja, reagimos de forma mais calma em situações realmente complexas. Nada melhor do que fazer esse tipo de exercício em uma viagem ou mesmo próximo da cidade onde mora. Um tempo próximo da natureza pode ser transformador para qualquer tipo de pessoa.

Redução de gastos da empresa

Um dos maiores gastos de uma empresa é com tratamento de saúde dos seus funcionários. Uma falta ou uma sequência de faltas no trabalho, pode garantir um grande prejuízo para os colaboradores e para a empresa, além de sobrecarregar os outros funcionários com esse desfalque. Boa parte dessas faltas ocorrem por questões de saúde, estresse e problemas pessoais. Ao retornar de uma viagem ou férias perfeitas, o trabalhador se encontra em uma situação estável emocionalmente e fisicamente. Por isso, os gastos com afastamento e tratamentos de saúde diminuem de forma drástica.

A revista Environmental Psychology fez um estudo que comprova uma melhora nas atitudes de uma pessoa, logo depois que ela olhasse pessoalmente uma imagem ou foto da natureza. O simples fato de ver uma imagem dessas permite reflexões importantes, imagina quando a pessoa tem essa experiência pessoalmente?

Viagem de funcionários melhora a entrega de resultados    

Mais uma razão para incentivar os seus funcionários a ficarem um tempo fora é que eles passam a resolver problemas de forma muito mais rápida e efetiva. Essa linha de pensamento está diretamente ligada com a ideia de criatividade, já que para solucionar situações complexas, é preciso descobrir diferentes tipos de soluções e projetar quais consequências cada uma delas pode ter. Depois disso, com calma, basta escolher a mais eficaz.

O Journal of Personality and Social Psychology, mostrou com sua pesquisa que pessoas que já passaram algum tempo fora do país tem uma probabilidade muito maior de achar soluções do quem nunca saiu ou teve contato com o exterior. Viajamos aprendemos coisas sobre o mundo e sobre nós mesmos, e isso, sem dúvidas, traz bons resultados para a vida toda.

Quem viaja tem maiores chances de promoção

Foto: via Pixnio

Quando um funcionário tira férias ele se dedica a outras coisas, além de ter um tempo maior para se organizar na volta ao trabalho. A maioria volta com um objetivo de vida ainda mais claro, tendo mais energia para alavancar seus resultados na empresa, trazer novas ideias e compartilhar novas experiências. Comprovando esse pensamento, o estudo da E.U.A Travel Association mostra que os funcionários após retornar das férias, tem muito mais chances de conseguir uma promoção e se destacar na empresa. E você, na empresa em que trabalha os funcionários são incentivados a viajarem ainda mais? Caso não seja, que tal mostrar essas pesquisas para o seu chefe?

» 8 bons motivos para viajar sozinho ao menos uma vez na vida
» Guia prático de como guardar dinheiro para viajar
» 20 profissões para você trabalhar viajando o mundo
» Conheça quatro projetos para fazer trabalho voluntário na Amazônia

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Vale a pena conhecer Genebra, na Suíça?

Artigo anterior

Hotéis de luxo no Centro de Portugal

Artigo seguinte

Você pode gostar