O que fazer na Cidade do Panamá

Muito mais que uma ponte aérea, a capital panamenha reúne atrações imperdíveis. Confira um roteiro para aproveitar passeios clássicos em apenas 48 horas e saiba o que fazer na Cidade do Panamá

Foto: Matthew Straubmuller / Flickr Wikimedia Commons

Imagine uma cidade moderna, limpa e com construções que não ficam atrás de países de primeiro mundo. Com pouco mais de 800 mil habitantes, a Cidade do Panamá é uma charmosa mistura do passado com o presente e oferece ao turista experiências bastante democráticas, que agradam a todos.

A capital panamenha conta com uma riqueza histórica impressionante, lugares para fazer passeios ao ar livre, cenários de luxo, muitas opções de compras, uma vida noturna agitada e uma gastronomia ampla e variada.

As atrações da cidade panamenha são muitas, mas é possível visitar os principais pontos turísticos em 48 horas. Para isso, preparamos um roteiro com passeios clássicos para que você descubra a Cidade do Panamá em apenas dois dias.

Leia também:

Dicas para planejar sua primeira viagem ao Panamá
É necessário tirar o visto para o Panamá?
O que fazer em uma conexão no Panamá?
Dicas de atrações para conhecer no Panamá

O que fazer na Cidade do Panamá – Dia 1

O Casco Viejo, também conhecido como San Felipe ou Casco Antiguo, é o centro histórico da Cidade do Panamá e um dos passeios mais charmosos para realizar na cidade. Perca-se nas ruelas de pedra e descubra diversos casarões centenários em estilo colonial – muitos deles restaurados recentemente.

Na caminhada também é possível conhecer locais como a Plaza de La Independencia, Basilica Santa Maria, Plaza Bolivar e o Convento Santo Domingo. Inclua alguma atividade gastronômica nesse passeio, pois o Casco Viejo concentra muito da boa gastronomia local e conta com diversos restaurantes, bares e cafés.

Foto: Ravi Sarma / Flickr Wikimedia Commons

Entre o Casco Viejo e a Cinta Costeira está o Mercado de Mariscos, que é outra ótima opção para almoçar. Ali são oferecidos pratos com peixes frescos e frutos do mar, mas a atmosfera do local em si já vale o passeio. Há também várias barraquinhas oferecendo o famoso e tradicional ceviche.

Gosta de caminhar? A Cinta Costeira é o seu lugar. São quase cinco quilômetros de extensão que levam da área da cidade antiga até a região moderna da Cidade do Panamá, conhecida como Punta Paitilla. Pelo caminho, jardins, parques, quadras e uma visão dos gigantes arranha-céus que contrastam com a parte antiga da cidade. A área é impecável, iluminada e ideal para andar de patins ou bicicleta.

Se o tempo não estiver muito apertado, uma dica é aproveitar para fazer compras na Cidade do Panamá. Tire um tempo e vá ao Albrook Mall, que está estrategicamente posicionado e liga diversos pontos da cidade. Esse centro comercial é bastante democrático e possui mais de 2 quilômetros repletos de lojas.  Outras opções que também oferecem ofertas bastante tentadoras para os brasileiros são o Metromall, o Multiplaza e o Multicentro.

Foto: Brian Gratwicke / Flickr Wikimedia Commons

A noite da capital panamenha é animada e reúne restaurantes, bares e boates para todos os gostos. Um dos points da cidade é a Calle Uruguay, que concentra variadas opções de diversão e está sempre muito movimentada a qualquer dia da semana. O clima da cidade é propício para festejar, então reserve uma noite para curtir um pouco da vida agitada da Cidade do Panamá e se aventurar ao ritmo da rumba.

O que fazer na Cidade do Panamá – Dia 2

Uma viagem ao Panamá não faria sentido e nem se tornaria completa sem visitar uma das grandes obras da engenharia moderna, o Canal do Panamá. Reserve a manhã para conhecer a imponente construção que une o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico, como se fosse um elevador, encurtando distância para diversas embarcações. São quase 80 quilômetros de comprimento e suas reclusas têm a altura de um edifício de sete andares.

Foto: Stan Shebs / Wikimedia Commons

O Centro de Visitantes Miraflores permite que o turista observe, por meio de pisos panorâmicos e todos os andares, quando as reclusas se abrem e se fecham à medida que as embarcações transitam pelo local. Há, também, um museu e a exibição de um documentário para conhecer mais sobre o funcionamento da construção histórica.

A Amador Causeway é um lugar que não se pode deixar de visitar por conta de sua beleza e história. Foi uma ponte construída com material retirado do Canal do Panamá e aterrada por cerca de 2 quilômetros até as ilhas Naos, Perico e Flamenco. Construída em 1913, o local funcionava como fortificação militar para proteger o acesso ao Canal do Panamá. Atualmente, ainda é possível observar alguns vestígios militares nas ilhas.

Transformada em atração turística, acabou se revelando um dos lugares mais populares da Cidade do Panamá, com uma linda vista da cidade e dos barcos que aguardam o acesso ao canal. A Amador Causeway também conta com diversas opções de entretenimento como restaurantes, bares e boates. Para quem curte fazer compras, há também um Free Shop na Isla Flaminco, o único da cidade além do que fica dentro do aeroporto.

Na Causeway também fica o Biomuseu, desenhado pelo famoso arquiteto Frank Gehry, o mesmo que desenhou o Museu Guggenheim de Bilbao. Além de uma obra arquitetônica de muito destaque, o museu é um espaço dedicado a explicar mais sobre a geologia, a fauna e a flora da região do Panamá. É um verdadeiro espaço para compreender a biodiversidade da região e sua influência em todo o planeta.

O Panamá Viejo também deve ser adicionado em seu roteiro pela cidade. A atração está localizada próxima do aeroporto – de carro, fica a apenas 20 minutos de distância – por isso pode ser incluído como último ponto de visitação antes do seu embarque. De qualquer forma, não deixe de reservar um tempo em sua passagem pela Cidade do Panamá para conhecer o Panamá Viejo, incríveis ruínas de construções coloniais espanholas do século XVI.

Consideradas Patrimônio Mundial da Unesco desde 1997, foi lá onde se instalou o primeiro povoado espanhol do país e, por isso, o local tem muita importância história para o povo panamenho. As ruínas abrigam um museu onde é possível descobrir mais sobre os primórdios da cidade e um espaço que oferece artesanatos produzidos pelos índios Kuna.

Foto: lapping / Pixabay

Dica extra: Tem um tempinho sobrando? Fique mais três dias no país e conheça o incrível Arquipélago de San Blás, formado por mais de 360 ilhas paradisíacas. Clique aqui para conhecer algumas delas e, quem sabe, prolongar um pouco mais sua viagem.

Gostou das dicas para para curtir as principais atrações da Cidade do Panamá em 48 horas? A CONEXÃO PANAMÁ, agência do Panamá especializada em receber turistas brasileiros, oferece pacotes especiais de para quem quer conhecer tudo que o país oferece com um atendimento personalizado. O turista brasileiro pode ficar tranquilo e curtir as mais variadas atrações em uma experiência única de viagem.  

Além dos passeios incríveis, a Conexão Panamá também disponibiliza translado para o aeroporto, oferecendo receptivo e todo apoio a quem visita atrações no Panamá.

+ info
CONEXÃO PANAMÁ

Receptivo e agência para brasileiros no Panamá
Tel.: +507 6578-4858
conexaopanama@conexaopanama.com
Site: www.conexaopanama.com.br

Dicas para planejar sua viagem:

- Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels: descubra os melhores preços e a localização ideal para a sua viagem. Acesse o Booking.com e faça sua reserva parcelada em até 10x.

- Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto e total segurança. Economize na sua próxima viagem com as ofertas publicadas diariamente no site oficial da Latam, MaxMilhas e Skyscanner.

- Quer economizar com a hospedagem? O Airbnb disponibiliza um cupom com R$130 de desconto para novos turistas que reservarem acomodações pelo site. Receba o seu Cupom de Desconto Airbnb e use em qualquer destino.

- Está buscando pacotes de viagens em promoção? Encontre os melhores preços para a sua viagem com as ofertas promocionais da CVC e viaje muito mais.

- Não sabe para onde viajar? Confira nossos Guias de Viagem e descubra diferentes lugares para conhecer no Brasil e no mundo.