O que fazer em Pucón: passeios e lugares para conhecer

Confira ótimas dicas sobre o que fazer em Pucón e se encantar com essa cidade surpreendente no interior do Chile

Pucón é uma pequena cidade localizada na região sul do Chile, sendo considerada uma das melhores e mais charmosas estâncias turísticas do interior do país, para ser visitada. E motivos para isso não faltam, já que o lugar oferece diversas atrações turísticas ligadas ao ecoturismo, esportes radicais e gastronomia. Além de contar com um dos vulcões mais famosos do país: o Villarica.

Leia também:

9 lugares sensacionais que você precisa conhecer no Chile
Chile é eleito o melhor destino de aventura do mundo
Essas fotos vão deixar você morrendo de vontade de conhecer a Patagônia chilena
O que fazer em Santiago: roteiro de 2 dias

O que fazer em Pucón

O tour pela cidade de Pucón pode ser iniciado pelo imponente vulcão Villarica, a principal atração turística da região. Para a maioria dos brasileiros, conhecer um vulcão de perto é um sonho. Sonho este que pode ser realizado tranquilamente por lá.

O cume do Villarica está a 2.840m de altitude. Por ser um vulcão ainda em atividade, o Villarica impressiona pelo constante sopro de fumaça existente, sendo azul de dia e meio alaranjada em noites claras. É possível avistá-lo de qualquer canto da cidade, o que faz dele o principal cartão postal de Pucón.

É possível escalar o vulcão Villarica, chegando próximo a seu cume durante o verão, quando a neve já derreteu. Mas essa atividade nunca pode ser realizada sozinho ou por um grupo de turistas. Sempre devemos ter o acompanhamento de um guia experiente. Não só para seguir o caminho correto do passeio, mas também porque somente os guias saberão nos dizer se naquele dia especificamente as condições climáticas para escalá-lo são favoráveis ou não.

Já no inverno, o vulcão ganha uma aparência incrível por estar coberto pela neve. Assim, é possível esquiar em sua base, já que o local vira uma estação de esqui aos turistas.

Outro local imperdível em Pucón é o Parque Nacional Huerquehue, distante 40km do centro da cidade. O parque está cercado por uma floresta nativa, com belíssimos lagos, lagoas e cachoeiras. A partir de seu interior é possível ter uma vista incrível do vulcão Villarica.

Para os amantes do trekking, Huerquehue dispõe de um terreno montanhoso com uma elevação entre 750 e 2.000 metros de altitude. Para se ter uma ideia, são cerca de 14km compreendendo o percurso básico que nos levará até os lagos existentes no parque. Apesar de trechos íngremes e de nível intermediário, os turistas são contemplados com belas cachoeiras ao longo do caminho.

Como frisado logo acima, Pucón é a casa dos esportes de aventura no Chile. E também dos esportes aquáticos. Para os adeptos, o rio Trancura é propício para o rafting. Já um ótimo local para curtir um caiaque ou velejar é o lago Villarica. Mas se o seu negócio é não fazer esforço, passeios de barco nesse lago também estão disponíveis.

Mas nem só de esportes radicais vive o lugar. Dentre as opções sobre o que fazer em Pucón encontramos as Termas Geométricas, distante 80km do centro. Trata-se de um complexo que oferece águas termais e medicinais para seus visitantes. Afinal, essa cidade chilena oferece uma abundância de águas termais devido ao fato da região estar cercada por outros vulcões além do Villarica.

Nas Termas Geométricas encontramos piscinas com águas atingindo temperaturas entre 32 e 45 graus. O local é rústico, bruto e geométrico, mas também agradável e relaxante, podendo dispor de espaços privativos. Dentro das termas estão 17 poços, sendo 4 frios e 13 de águas quentes, formados por fontes naturais que correm pelas montanhas. O local está aberto o ano todo. Mas a viagem até lá é mais rápida e segura no verão, com menos neblina e sem neve na estrada.

Pucón. Foto: ilya_ktsn / Flickr

Parque nacional Huerquehue. Foto: Chris_C_M / Flickr

Ojos del Caburga. Foto: Jonathan Hood / Flickr

Salto El León – Pucón. Foto: Stephen Chip / Flickr

Como chegar em Pucón

A preferência pelos viajantes é se deslocar até Pucón de carro. Principalmente se esse passeio tiver início em Santiago. Sua rodovia nacional mais próxima é a Ruta 5 Sur, que encontra a Ruta 199, a rodovia que corta a cidade. São 10 horas de viagem pelos seus 780km de distância da capital chilena.

De ônibus o trajeto é mais demorado, claro. As empresas Tur Bus, JAC e Pullman fazem essa ligação a partir de Santiago. O que poucos sabem é que Pucón possui um aeroporto, mas que realiza voos domésticos apenas no verão.

Já Temuco, cidade próxima e que fica a 125km de distância, também dispõe de um aeroporto doméstico. Esse funciona o ano todo e dispõe de vans e ônibus que ligam as duas localidades.

Onde se hospedar em Pucón

Para se hospedar em Pucón, indicamos duas excelentes acomodações: o Hotel Boutique CasaEstablo e o Hostal La Nuez.

O Hotel Boutique CasaEstablo está situado nos braços do vulcão Villarica, em meio a vegetação, flora e fauna. Sua localização se dá no Caminho Pucón-Villarrica, km 6.

Já o Hostal La Nuez é um hostel que está a apenas 100 metros do centro da cidade, na rua Colo Colo, 361. É possível encontrar quartos compartilhados no caso de uma viagem em amigos.


- Descubra o hotel ideal para você, reserve seu hotel com o Booking.com.
- Pesquise os melhores preços de passagens aéreas em tempo real para a sua viagem.