Lugares para conhecer em Itacaré

Igrejas de 1700 e casarões de 1800 completam o cenário dessa antiga vila baiana cercada de floresta, praias, cachoeiras e rios

Foto: Márcio Filho / MTUR

Itacaré fica no litoral sul da Bahia que ainda guarda herança dos diferentes períodos históricos que atravessou desde sua ocupação pelos portugueses em 1530. São igrejas construídas pelos jesuítas, casarões dos senhores do cacau que reinavam na região no século XIX e, claro, a recente conversão das belezas naturais em ecoturismo.

Em uma viagem ao vilarejo é obrigatório conhecer as lindas praias, sejam as urbanas como Resende, Tiririca e Concha, ou as mais afastadas e desertas como Prainha, Engenhoca e Havaizinho. Mas também não faltam opções com água doce: são oito cachoeiras espalhadas pela Mata Atlântica que cerca a cidade, as mais procuradas são Tijuípe, Usina e Salto do Apepique. Além dessas trilhas, o ecoturismo na região inclui esportes de aventura como rapel, rafting, surf e tirolesa.

Itacaré já foi um dos principais portos de escoamento da produção de cacau do estado baiano e essa herança está viva até hoje na culinária local, que usa a fruta também em sucos e caipirinhas, além de oferecer deliciosos chocolates artesanais. Uma opção para ir ainda mais fundo no assunto é fazer uma visita à Fazenda Vila Rosa, que oferece um tour pelo ciclo do cacau, degustação e ainda trilhas e piscinas naturais.

Mas o passeio pelo centro histórico de Itacaré também é imperdível. É lá que estão as construções mais antigas, como a Igreja de São Miguel, a Igreja Matriz e a Casa dos Jesuítas, erguidas nos primeiros anos da década de 1720.

Hoje em dia os casarões do século XIX estão restaurados e se tornaram sede de pousadas, restaurantes e lojas e, de noite, dividem a agitação com a Praia da Concha, onde os barzinhos também ficam apinhados na alta temporada.

Leia também:
Mar verdinho e extensos coqueirais, conheça Ilhéus na Bahia
Conheça as praias paradisíacas do litoral sul da Bahia
As melhores praias para você conhecer na Bahia
Vilas de pescadores e praias paradisíacas na Costa do Descobrimento na Bahia

O que fazer em Itacaré:

Foto: Márcio Filho / MTUR

– Centro histórico

Aa Capela São Miguel da Barra do Rio de Contas e a Igreja Matriz são as duas construções religiosas da cidade, enquanto a primeira foi erguida em 1720 pelos jesuítas, a segunda surgiu no cenário de Itacaré em 1723. Não deixe de conferir a Rua Pedro Longo e Rua da Pituba, principais vias do centro da cidade concentram os restaurantes, bares e lojas.

– Praias do centro

As praias do Resende, Tiririca e Concha são as três praias urbanas de Itacaré. Todas elas oferecem diversas opções de  bares e restaurantes, e é onde ocorre a badalação dos turistas. Apesar de serem as praias mais movimentas, essas atrações conseguem ser tão belas quanto as praias mais afastadas. Toda a faixa de areia é cercada por coqueiros e mata nativa.

– Prainha

Para chegar até a Prainha, o visitante precisa percorrer uma trilha 40 minutos de caminhada, mas o visual vale a pena. Essa é a praia preferida dos surfistas por ter o mar agitado e com muitas ondas.

– Praia da Engenhoca

A paisagem da Praia da Engenhoca é tão maravilhosa que parece um cenário de filme! Essa é uma das praias mais tranquilas de Itacaré e é possível chegar até aqui depois de meia hora de caminhada desde a BA-001.

– Rio das Contas

O rio nasce na Chapada Diamantina e cruza o estado até chegar em Itacaré. O charmoso curso de água se tornou palco de esportes de aventura, como rafting.

– Península do Maraú

Esse bate e volta é uma excelente opção para quem tem alguns dias a mais em Itacaré. Já que está tão perto, não perca a chance de conhecer as piscinas naturais e praias paradisíacas da região.

Outros lugares para conhecer em Itacaré:

  • Casa dos Jesuítas
  • Mirante do Xaréu
  • Fazenda Vila Rosa
  • Parque Estadual da Serra do Conduru
  • Jeribuaçu
  • Havaizinho
  • Serra Grande
  • Itacarezinho
  • Cachoeira da Usina

Como chegar em Itacaré:

Foto: Márcio Filho / MTUR

De avião
A cidade de Ilhéus fica a 72 km de distância e tem o aeroporto mais próximo. De lá saem ônibus para o centro de Itacaré pela Viação Rota. Quem optar ir de carro deve seguir pela BA-001. Outra opção é chegar pelo aeroporto internacional de Salvador. Em Ilhéus o aeroporto recebe voos da LATAM, GOL, Azul e Avianca originários de Campinas, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Salvador.

De ônibus
As empresas Água Branca e Cidade Sol operam o trecho entre o terminal do ferry-boat de Bom Despacho e Itacaré. A viagem tem duração de 5 horas. O destino também recebe linha de ônibus de Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana. Vitória da Conquista e Porto Seguro.

De carro
Saindo de Salvador é necessário pegar o ferry-boat para Bom Despacho, na Ilha de Itaparica, e seguir até Itacaré pela BA-001. Se você está vindo de Ilhéus, o acesso é direto pela BA-001, seguindo pelo litoral.

Melhor época para visitar Itacaré:

Foto: Márcio Filho / MTUR

O sol brilha o ano todo em Itacaré e as chuvas são pontuais e rápidas, o que faz da cidade um destino excelente para qualquer época. A época mais seca, onde ocorre menos pancadas de chuva, vai de agosto a fevereiro. Durante esse período a temperatura máxima oscila entre 28°C a 29°C.

O verão marca a alta temporada de Itacaré. Esses são os meses que o destino mais recebe turista, gerando grande fluxo em hotéis e restaurantes. ara economizar e ver Itacaré mais tranquila, procure fugir do verão, meses de férias e feriados prolongados, como Carnaval, Semana Santa e Corpus Christ.

Onde se hospedar em Itacaré:

Encontre hospedagens em Itacaré aqui.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.