O programa Investe Turismo tem como objetivo juntar as iniciativas públicas e privadas para alavancar o setor de turismo no Brasil

Algumas regiões do país ainda tem rotas turísticas pouco exploradas, por isso, o Ministério do Turismo, o Sebrae e a Embratur se juntaram e criaram a iniciativa “Investe Turismo”, tendo como investimento inicial R$ 200 milhões para as cinco regiões do país. Sendo que, as ações vão chegar primeiro a 158 municípios espalhados pelo perímetro brasileiro.

O intuito do projeto é trazer competitividade para 30 rotas diferentes, equipando as regiões com serviços de marketing, incentivo a novos negócios, acesso ao crédito e diversas outras ações de impulsionamento do turismo brasileiro.

Mas para isso, é preciso que empresas dialoguem com servidores públicos. Assim, as regiões vão poder receber maior atenção, como acesso a internet, cartilhas com guias passo a passo de empreendedorismo turístico, além de seminários e monitoramentos em cada uma das rotas turísticas.

Além disso, as ações elaboradas em cada rota seguem um padrão: fortalecimento da governança, melhoria da infraestrutura e atrações turísticas, apoio à comercialização e suporte para linhas de crédito e financiamento. Isso tudo pensando nas micro e pequenas empresas que ajudam no turismo brasileiro.

Quais são as rotas turísticas de investimento?

Região Norte

Foto: Divulgação Juma Lodge

Nessa região vão participar 18 municípios, tendo no total sete rotas impulsionadas pelo Investe Turismo, que são: Manaus e Polo Amazônico (AM), Belém, Ilha do Marajó, Santarém e Alter do Chão (PA), Palmas e Jalapão (TO), Boa Vista e Monte Roraima (RR) e Macapá (AP).

Região Nordeste

Foto: Cleferson Comarela

Já na região do nordeste, queridinha do turismo brasileiro, esse número cresce bastante, sendo 56 municípios e 10 rotas desenvolvidas. Entre elas destinos famosos, como: Maceió e Costa dos Corais (AL), Aracaju e Cânions do São Francisco (SE), Teresina e Serra da Capivara (PI) e Fernando de Noronha (PE).

Região Sul

Foto: Foto: Diego Bezerra / Flickr

Nessa macrorregião, que abriga 35 municípios investidos, mas apenas 4 rotas desenvolvidas, alguns lugares também são conhecidos pelo público: Porto Alegre e Serra Gaúcha (RS), Porto Alegre e Missões (RS), Corredor do Iguaçu (PR), e Serra-Mar Catarinense (SC).

Região Sudeste

Foto: Raquel Mendes Silva

Parecido com o sul, esse pedaço do país recebe atenção em 30 municípios com 5 rotas turísticas desenvolvidas: Vitória e Montanhas Capixabas (ES), Belo Horizonte e Cidades Históricas de Minas (MG), Rio de Janeiro Imperial (RJ), Costa do Sol – Região dos Lagos (RJ), São Paulo e Litoral Norte (SP).

Região Centro Oeste

Foto: Aline Fortuna

Também similar ao sul do país, o centro-oeste recebe apenas 4 rotas, mas em um total de 18 municípios: Brasília e Chapada dos Veadeiros (DF e GO), Goiânia, Pirenópolis e Goiás (GO), Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães (MT), Rota Pantanal Sul e Bonito (MS).

Leia também:

» 10 rotas para fazer um mochilão pelo Brasil
» 41 praias paradisíacas para conhecer no Nordeste
» Turismo de aventura: 19 destinos cheios de adrenalina no Brasil
» 100 destinos para conhecer no Brasil

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Bourbon Santos Hotel: opção de lazer e conforto no litoral paulista

Artigo anterior

Melhores praias do Uruguai: conheça 7 das mais bonitas

Artigo seguinte

Você pode gostar