Muito mais do que lazer e diversão, os novos turistas querem experiências realmente marcantes

Nas Maldivas, em uma das ilhas que se formam entre os cenários paradisíacos do Oceano Índico, o resort Conrad Maldives Rangali Island, oferece um restaurante submerso no mar, onde os hóspedes podem fazer suas refeições olhando a vida marinha vivendo livremente do outro lado do vidro. Além do restaurante, os visitantes também podem reservar uma suíte com a mesma estrutura, localizada a 5 metros de profundidade.

Partindo de Cusco, a “Capital do Império Inca”, aventureiros e turistas do mundo todo se arriscam nos trekkings de 5 ou 7 dias subindo pelas trilhas sinuosas até Machu Picchu. O caminho, além de guardar povoados tradicionais e paisagens andinas maravilhosas, também revive uma das peregrinações mais antigas das Américas, tendo a cidade sagrada Inca como recompensa final.

No Brasil, os passeios pelas dunas do Jalapão ganham um ar ainda mais exclusivo nos safaris oferecidos pela Korubo. A empresa cria roteiros imersos entre as dunas, cachoeiras e fervedouros selvagens da região. Os turistas podem optar por dormir em glampings extremamente modernos, com uma estrutura rústica, mas completa. As acomodações são inspiradas nos safaris africanos e se tornou uma forma totalmente única de conhecer essa parte do Tocantins.

Korubo Safari Camp, a única empresa que oferece safaris no Jalapão. Foto: Divulgação

O mesmo se repete do outro lado do Atlântico, onde é possível dormir em acampamentos luxuosos localizados no meio do deserto do Saara. Nessa viagem o espetáculo fica por conta das inúmeras experiências sensoriais que só o maior deserto árido do mundo pode oferecer, além da possibilidade de ver o céu estrelado em uma das regiões com o ar mais puro do Planeta. Falamos sobre essa experiência no artigo como é dormir no deserto do Saara.

Talvez você nunca tenha planejado viajar para Marte, mas segundo os dados da última pesquisa feita pela Booking.com, 41% dos brasileiros entrevistados desejam experiências como essa em um futuro não tão distante. De qualquer maneira, não precisamos investir fortunas e nem ir tão longe assim para ter uma experiência única e realmente marcante.

Pode ser por isso que destinos mais inusitados como a Amazônia, Etiópia, Índia, Haiti, Marrocos e Cuba, estejam cada vez mais populares entre os novos viajantes. Muito mais do que descansar em uma bela praia, os turistas querem roteiros realmente autênticos.

Na mesma medida que ficou mais fácil viajar, também cresce em grande escala o interesse pelo turismo voluntário (ou turismo de propósito como é chamado em alguns lugares). As pessoas querem viajar para o Caribe, mas também querem transformar seus férias em momento único e útil.

Ajudar a comunidade local, por exemplo, virou uma das motivações principais para esse perfil de viajante. Ligada nesse novo turista, agências como a AIESEC e a Volunteer Vacations criam viagens com uma proposta mais criativa para atender esse público. As viagens como voluntariado virou o modelo de negócio dessas empresas, permitindo que ainda mais pessoas possam ter a experiência de unir férias e intercâmbio social.

Afinal, por que viajamos?


Viajamos para sair da nossa rotina, para explorar o diferente, para nos renovar como pessoa e também para ver com os próprios olhos a diversidade do mundo em que estamos. Isso vai muito além de apreciar paisagens e dormir em bons hotéis, estamos falando de momentos que ensinam e marcam eternamente a lembrança do turista, mexendo com todos os sentidos. Afinal, se não for para ter uma experiência realmente nova e se tornar alguém melhor, não faz sentido sair de casa. Né?

Vista panorâmica de Machu Picchu, a Cidade Sagrada dos Incas. Foto: martythelewis /Pixabay

Resort nas Maldivas oferece a experiência de dormir em um quarto submerso no mar. Foto: Divulgação

Hóspedes aproveitam as refeições com vista panorâmica para o fundo do mar. Foto: Divulgação

» Viajar não é só para quem é rico
» Viajar deixa as pessoas mas felizes do que comprar coisas
» Chile é eleito o melhor destino de aventura do mundo

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Navimag: viajando pelos fiordes da Patagônia

Artigo anterior

Senhora com mais de 90 anos viaja sozinha pelo mundo e faz sucesso no Instagram

Artigo seguinte

Você pode gostar

Mais em Inspiração