Bem pertinho da cidade de São Paulo, a Ilhabela é um verdadeiro paraíso cheio de praias paradisíacas, cachoeiras, trilhas ecológicas e ótimos pontos de mergulho

Foto: Louise Cristina Araujo Ferri/ Wikimedia Commons

Famosa pela prática de esportes náuticos a Ilhabela é a maior ilha marítima do Brasil e encontra-se no município de São Sebastião, a 198 km da cidade de São Paulo. A Ilha fez seu nome graças ao charme natural da região: montanhas cobertas pela Mata Atlântica ainda presente nessa área do litoral brasileiro, vão de encontro a um mar incrivelmente azul e cheio de vida marinha.

Outro ponto que faz a ilha ser tão popular entre os paulistanos é a geografia privilegiada do litoral. Penínsulas e costões rochosos formam mais de 40 praias dividas em 130 km de costa litorânea, cada uma com sua beleza e característica únicas. Mas se você pensa que só de belas praias é formada a Ilhabela, está completamente enganado. Outra atração muito procurada pelos visitantes são as cachoeiras que a ilha oferece. Ao todo são 40 quedas d’água emolduradas por montanhas com vegetação nativa acessadas por trilhas que oferecem ótimos momentos de caminhadas e contemplação da natureza local.

A ótima infraestrutura hoteleira e gastronômica é outro ponto forte para o turismo da ilha. O destino oferece ótimas opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos. Pousadas charmosas, hotéis luxuosos, hostels e campings recebem aproximadamente 500 mil visitantes por ano. Se você adora fazer umas comprinhas e presentear pessoas queridas com souvenirs, não deixe de conferir as inúmeras lojinhas de artesanatos espalhadas pelo centrinho histórico da vila. Ponto de encontro de todos os turistas depois de curtir as belas praias da ilhota.

Durante o ano também acontecem eventos que ajudam a ilha a receber mais turistas, com destaque para gastronomia, onde renomados chefes participam e levam os sabores de seus temperos aos nativos e visitantes. Entre esses eventos, destaca-se o Festival Gastronômico que acontece todos os anos, no mês de agosto. Outro evento importante é a Rolex Ilhabela Sailing Week, uma competição de vela oceânica que vem sendo organizada pelo Yacht Club de Ilhabela há mais de 40 anos.

Opções de lazer não faltam na Ilhabela, o ambiente propício ao ecoturismo reúne adeptos de trilhas, cavalgadas, rappel, bike e esportes náuticos como surf, pesca e mergulho.

Leia mais:
Ubatuba, paraíso preservado no litoral norte de São Paulo
5 viagens para fazer no estado de São Paulo
Hotéis de charme para visitar em São Paulo
Turistando em São Paulo: lugares para conhecer com entrada gratuita

O que fazer em Ilhabela


Ffoto: Maristela Colucci / MTUR

Praia do Bonete

Considerada pelo respeitado jornal britânico ‘The Guardian’ uma das dez praias mais bonitas do Brasil, esta praia de areias claras e mar agitado é habitada pela maior comunidade tradicional caiçara do município. Sua orla é ladeada de árvores chapéu-de-Sol, no mar, as ondas formadas pelo vento sul, faz a alegria dos surfistas. Para chegar a praia é preciso fazer uma caminhada que dura de 3 a 6 horas. Outra maneira de chegar ao local é pelo mar, navegando em tradicionais canoas caiçaras ou barcos de passeio, contornando a Ponta da Sepituba, no extremo Sul da ilha

Praia de Castelhanos

A Praia de Castelhanos tem acesso por uma estrada de 22 quilômetros, que corta a Ilha no sentido oeste à leste. A praia tem aproximadamente 1.500 metros de extensão, onde é possível a prática do surf ou um passeio de canoa. O mar é um convite aos mergulhadores para apreciar o maravilhoso mundo marinho existente no local.

Praia da Figueira

A praia tem apenas 300 metros de extensão e agrada pessoas que buscam um local com mais privacidade e tranquilo. A atração está localizada dentro do Parque Estadual Castelhanos e está praticamente escondida atrás da Ilha das Galhetas. O local não oferece estrutura de alimentação, por isso se decidir passar um período do dia na praia vá preparado com seus próprios alimentos.

Praia do Pereque

A Praia do Pereque é uma das mais frequentadas da Ilhabela graças ao seu fácil acesso. A extensa faixa de areia emoldurada por um paredão de coqueiros oferece uma boa estrutura de bares, restaurantes e estacionamentos. Esse é sem dúvidas um dos points prediletos pelos visitantes que praticam surf e outras modalidades de esporte aquáticos como stand up paddle, caiaque e wind surf. É da Praia do Pereque que saem os barcos de passeios até as praias mais distantes da ilha.

Praia do Saco da Capela

Um dos cartões postais da lhabela, a Praia do Saco da Capela abriga uma enorme concetração de veleiros e lanchas ancoradas e está localizada bem em frente à Vila. A área oferece boas opções de quiosques e restaurantes ao longo de toda faixa de areia, sendo uma ótima opção para turistas que estão sem carro por estar bem próximo de hotéis, restaurantes e outras áreas de lazer da ilha.

Cachoeira do Gato

Com 40 metros de altura, a Cachoeira do Gato é a estrela da trilha que leva o seu nome. O percurso da trilha é de quatro quilômetros e leva aproximadamente uma hora e 30 minutos para ser todo percorrido. O visitante começa a trilha no canto do ribeirão da Praia de Castelhanos, que fica do lado voltado para mar aberto da ilha. Para em seguida atravessar uma ponte pênsil de madeira sobre um rio largo. A partir desse ponto, caminha-se por uma região de mata fechada até o local.

Ilha das Cabras

A Ilha das Cabras é o ponto ideal para quem deseja fazer o “Batismo” de mergulho. Agências oferecem a experiência e levam os visitantes até a pequena ilhota famosa por concentrar diversos animais, como tartarugas, arraias, moreias, estrelas do mar, cavalos marinhos e peixinhos coloridos.

Cachoeira da Laje

Uma das mais conhecidas da região, a Cachoeira da Laje fica no sul da ilha. Cerca de uma hora de caminhada depois do estacionamento da Ponta da Sepituba, pela mesma trilha que leva ao Bonete, chega-se ao local. Uma grande piscina e tobogãs naturais na pedra fazem alegria dos turistas.

Trilha do Pico de São Sebastião

O início da trilha está no ponto sul da Ilhabela e leva o visitante até o ponto mais alto do arquipélago. Quem decide enfrentar a trilha de difícil acesso tem a oportunidade de contemplar uma visão privilegiada da Ilhabela em um mirante com 1379 metros de altura.

Outros lugares para conhecer em Ilhabela

  • Praia do Veloso
  • Praia do Pequeá
  • Praia do Viana
  • Praia da Armação
  • Ponta das Canas
  • Praia do Portinho
  • Praia da Fome
  • Ilhote da Serraria
  • Praia de Santa Tereza
  • Praia do Jabaquara
  • Cachoeira da Laje
  • Cachoeira dos Três Tombos
  • Igreja Nossa Senhora D’ajuda

Como chegar em Ilhabela


Ffoto: Maristela Colucci / MTUR

De avião

O aeroporto mais próximo de Ilhabela fica em São José dos Campos. A Cia aérea Azul tem a maior parte do voos até a cidade. O Aeroporto de Guarulhos é a segunda melhor opção, porque saem ônibus direto do Terminal para Ilhabela

De carro

Existe mais de uma opção para chegar em Ilhabela de carro,  algumas opções é pegar a Via Dutra, Rodovia Ayrton Senna ou Rodovia Carvalho Pinto até São José dos Campos, Rodovia dos Tamoios (SP 99) até Caraguatatuba. Seguir rumo a São Sebastião pela Rodovia Rio-Santos (BR 101).

Também existe a possibilidade de ir pela Rodovia Mogi-Bertioga (SP 98), continuando pela Rio-Santos e passando pelas praias de São Sebastião até chegar ao centro da cidade. Depois é só pegar a balsa para atravessar o trecho que separa a Ilhabela do continente.

De ônibus

Os ônibus das viações comerciais não entram na Ilhabela. A empresa Litorânea Transportes oferece o trecho saindo da cidade de São Paulo. Já para quem sai da capital fluminense pode utilizar os serviços da Viação Útil.

Melhor época para visitar Ilhabela


Ffoto: Maristela Colucci / MTUR

O fluxo de visitantes durante o verão e feriados prolongados na Ilhabela aumenta bastante e gera mais trânsito, praias cheias e filas para pegar a balsa. Durante o mês de maio a ilha vira palco da celebração a festa da cultura caiçara, durante o evento as ruas da Vila festejam em homenagem à São Benedito.

A Semana Internacional da Vela, também conhecida como Sailing Week, acontece no mês de julho e reúne uma média de 1,5 mil velejadores que fazem uma espécie de procissão marítima em torno da ilha. Em paralelo com o desfile também acontecem shows, espaços voltados para recreação infantil, apresentação de filmes e exposições.

A melhor época para visitaro destino é durante a primavera e o verão. Nesses meses a temperatura passam a casa dos 30 C° tornando-se perfeito para realização de esportes e passeios ao ar livre.

Onde se hospedar em Ilhabela


Encontre hospedagens em Ilhabela aqui.

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Lugares para conhecer em Arraial do Cabo

Artigo anterior

Viajando para a Serra Gaúcha, o que fazer na região

Artigo seguinte

Você pode gostar