Lugares para conhecer em Cusco

Base dos turistas que desejam visitar as ruínas incas de Machu Picchu, a cidade de Cusco é rodeada de atrações imperdíveis e concentra um majestoso acervo arquitetônico que está entre os mais belos da América do Sul

Foto: Marcos Castillo / Shutterstock

Um dos países mais curiosos e misteriosos do mundo está na America do Sul, e fica bem pertinho do Brasil. Apelidado como “A Terra dos Incas” a cidade de Cusco foi conquistada e colonizada pela Espanha no século 16. Hoje o país é um dos destino mais procurados por aventureiros e curiosos que desejam conhecer os vestígios deixados por uma das civilizações mais antigas da história.

A enigmática cidade de Cusco, está entre os destinos mais visitados da América do Sul e é a grande base dos aventureiros que visitam o país, buscando experiência únicas nas montanhas sagradas do Peru. Cusco significa “Umbigo do Mundo” em Quechua e já foi a capital do império inca, hoje, é o mais importante centro administrativo do Peru.

Cusco é o ponto base dos turistas que desejam visitar o sítio arqueológico de Machu Picchu, uma das 7 maravilhas do mundo. Declarada como Patrimônio da Humanidade em 1983 pela UNESCO, a cidade encanta os turistas com seu imponente conjunto de casarões históricos, igrejas, palácios e praças, que formam o centro antigo da cidade.

Para conhecer bem a capital inca, é necessário tirar ao menos dois dia para caminhar pelas ruelas e becos de pedras do centro e outros pontos da cidade como o charmoso bairro San Blás. O antigo bairro concentra a grande maioria dos artesões e artistas plásticos que vivem na cidade. Além das lojas de souvenirs e ateliês, Cusco oferece numerosas opções de restaurantes, que servem pratos de diferentes nacionalidades. Pubs, bares super interessantes e um leque variado de casas noturnas são os pontos favoritos dos turistas que buscam curtir a vida noturna da cidade.

Além de Machu Picchu é possível conhecer outras regiões turísticas à partir de Cusco, como o Vale Sagrado dos Incas, onde você pode compreender melhor a dimensão da cultura pré colombiana, visitando outros importantes sítios arqueológicos do país como Chinchero, Ollantaytambo e Pisac.

Leia também:

A Terra dos Incas: descubra os principais atrativos turísticos peruanos
Muito além de Machu Picchu: ruínas incas próximas de Cusco
Trilha de Salkantay a Machu Picchu, um dos trekkings mais belos do Peru
Linhas de Nazca a atração mais misteriosa do Peru
Huacachina, um oásis no meio do deserto no Peru

O que fazer:

Foto: Christian Vinces / Shutterstock

– Bairro San Blas

O bairro de San Blas é mercado pelas ruas estreitas de paralelepidos e pela quantidade de bons restaurantes e lojas de artesanato. Não deixe de conhecer a Igreja de San Blas e no mirante do bairro, que possuí uma das melhores vistas da cidade.

– Pedra de 12 ângulos

Os incas trabalhavam com as pedras de maneira impressionante, sendo cortadas dcom diferentes formas e mesmo assim endo possível fazer encaixes perfeitos sem necessitar de nenhum tipo de argamassa, essas construções são tão bem construídas que permaneceram firmes até hoje.

– Qoricancha

O lugar foi o tempo mais importante do império inca e significa “Lugar de Ouro ou gabinete de Ouro”, o local foi construído para o criador do sol e se tornou um local onde a classe mais alta do império inca ia para adorar o sol e observar as estrelas. Depois da conquista espanhola, foi construída uma igreja no mesmo lugar. Hoje o espaço conta com um museu que abriga diversos alementos pré históricos.

– Museu Inca

Localizado ao lado da Praça das Armas, o museu reúne uma gigantesca coleção de artefatos do período Inca, como tecidos, peças de ouro, armas, ferramentas e até mesmo múmias!

– Mercado Central de San Pedro

Mercado tradicional da cidade, possuí todos os aromas e sabores do país. Uma caminhada de poucos minutos no mercado e você conhecerá iguarias, comidas e bebidas tipicas do Peru.

– Praça das Armas

Ponto inicial para começar um city tour, a praça está rodeada de ótimos restaurantes, bares, agências de turismo e outras atrações indispensáveis da cidade como a Catedral de Cusco e o Museu Inca.

– Parque Arqueológico de Saqsaywaman

Conhecida também como fortaleza de Saqsaywaman, o valioso sítio arqueológico construído com pedras gigantescas está localizado no topo da cidade de Cusco e durante muitos anos funcionou como centro cerimonial.

– Salinas de Maras

As Salinas de Mara é compostas por mais de três mil salinas e têm mais de dois milênios de existência. Mesmo depois de tantos anos, o local continua sendo fonte de renda de muitas famílias que vivem na região e retiram o sal para venda.

– Vale Sagrado dos Incas

O Vale Sagrado como um todo abrange várias cidades e sítios arqueológicos às margens do Rio Urubamba, passando pelas cidades de Pisac, Urubamba e Ollataytambo, cada uma com ruínas incas impressionantes.

Outros lugares para conhecer em Cusco:

  • Museu Quechua
  • Museu do Chocolate
  • Catedral de Cusco
  • Igreja de San Blás
  • Igreja San Sebastian
  • Convent Santo Domingo
  • Convento de Santa Catalina
  • Planetário de Cusco

Como chegar:

Foto: Pocholo Calepre / Shutterstock

Avião
O aeroporto Internacional Alejandro Velazco Astete em Cusco recebe diversos voos diários de diferentes países e cidades peruanas.

Via terrestre:
Cusco está conectada com inúmeras rodovias importantes do país, sendo possível chegar a partir de Lima, Nazca, Arequipa, Puno no Lago Titicaca e Porto Maldonado na região da amazônia peruana.
Distância das principais cidades:
Cusco a Lima (Capital): 1,153 km
Cusco a Ayacucho: 597 km
Cusco a Abancay: 198 km
Cusco a Arequipa: 623 km
Cusco a Puno: 389 km
Cusco a Puerto Maldonado: 532 km

Trem:
Existe um serviço de trem que une as cidades de Cusco, Puno e Arequipa. A rota é Arequipa, Juliana, Puno e Cusco, completando 750km de ferrovia com duração média de 17 horas aproximadamente.

Melhor época para visitar Cusco:

Foto: kolibri5 / Pixabay

Cusco tem basicamente duas estações principais: durante o verão, de novembro a março, o clima costuma ser um pouco mais úmido, já durante os meses de abril a outubro, a região fica mais seca e as temperaturas estabilizam em torno dos 10°C durante o dia, mas a noite, o termômetro baixa drasticamente chegando a sensação térmica de até 0ºC durante a madrugada.

Durante o verão a região costuma receber muitas nuvens carregadas e as pancadas de chuva são mais constantes. A indicação para quem pretende visitar o destino entre os meses de junho e agosto é reservar o hotel com antecedência. A cidade recebe turistas dos quatro cantos do mundo que chegam aos montes devido as férias.

. Outra época muito procurada para visitar em Cusco é no mês de junho, quando é realizado o festival religioso Inti Raymi – comemorado desde a época dos Incas.

Onde se hospedar:

Encontre hospedagens em Cusco aqui.

Dicas para planejar sua viagem:

- Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels: descubra os melhores preços e a localização ideal para a sua viagem. Acesse o Booking.com e faça sua reserva parcelada em até 10x.

- Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto e total segurança. Economize na sua próxima viagem com as ofertas publicadas diariamente no site oficial da Latam, MaxMilhas e Skyscanner.

- Está buscando pacotes de viagens em promoção? Encontre os melhores preços para a sua viagem com as ofertas promocionais da CVC e viaje muito mais.

- Não sabe para onde viajar? Confira nossos Guias de Viagem e descubra diferentes lugares para conhecer no Brasil e no mundo.


NOME