Lugares para conhecer em El Chaltén

Considera a Capital Nacional do Trekking, na Argentina, El Chaltén oferece algumas das mais belas trilhas da Patagônia

Foto: 12019 / Pixabay

O pequeno povoado de El Chaltén está rodeado por algumas das mais belas (e cobiçadas) montanhas da Patagônia argentina. O vilarejo é o ponto mais próxima para explorar as belezas cênicas do Monte Fitz Roy e do Cerro Torre, uma das montanhas mais altas dessa região inóspita da Patagônia. Além disso, outras atrações como glaciares, cachoeiras, mirantes e lagoas, estão entre os cenários mais impressionantes do destino.

A 220 km de El Calafate, o destino possuí poucas ruas e menor infraestrutura que outros destinos famosos da Patagônia, como Ushuaia, Calafate e Puerto Natales, mas é possível encontrar ótimos hotéis e restaurantes que oferecem conforto e ótimas experiências para quem visita El Chaltén. A Av San Martín tem pouco menos de 1 km de extensão e concentra uma boa parte das opções de hospedagens, agências de turismo e do comércio local. O grande diferencial de El Chaltén, é que todas as atrações possuem trilhas bem demarcadas, possibilitando o acesso as inúmeras atrações de forma autônoma.

No verão, El Chaltén chega ao seu ápice de movimentação. Todas as ruas e trilhas do destino estão enxurradas de aventureiros e escaladores de todas as partes do mundo, que buscam chegar o mais próximo do fascinante Fitz Roy. O destino está localizado dentro do Parque Nacional dos Glaciares e oferece mais de 12 trilhas com diferentes níveis de dificuldade, que dão acesso a paisagens deslumbrantes. E o melhor, tudo bem próximo do centrinho de El Chaltén. Para se ter uma ideia é possível chegar a base do Cerro Fitz Roy caminhando apenas 10 km, em um percurso de aproximadamente 4 horas de duração. As atrações mais distantes estão próximas da Reserva Provincial Lago del Desierto, distante a 37 km, mas que podem ser acessada a poucos minutos por veículos através da Ruta 41. O grande destaque da reserva são as navegações realizadas no Lago del Desierto e o Glaciar Huemul, um dos mais impressionantes da região.

Os maios aventureiros podem fazer um trekking de 4 dias passando pelas principais atrações do Parque Nacional los Glaciares no Circuito Huemul. Quem decide se aventurar nessa trilha de nível alto é contemplado com os cenários inteiramente brancos do Campo de Gelo do sul da Patagônia, a terceira maior área de gelo do mundo, depois da Antártica e Groelândia. Essa é uma trilha oferecida apenas nos meses onde o clima é mais ameno, pela complexidade do caminho. Durante o trajeto os caminhantes passam por pontos como a Laguna Toro, o Glaciar Viedma e um mirante surpreendente com vista panorâmica do Campo de Gelo do sul da Patagônia.

Agora, se você, como muitos brasileiros, quer realizar o sonho de ver cenários nevados, El Chaltén também pode ser um ótima opção na Argentina. Principalmente para quem deseja ter contato com paisagens inteiramente cobertas de branco. Apesar de não possuir os famosos centros invernais onde pode ser praticado esportes da estação, como esqui e snowboard, há quem diga que os cenários da cidade ficam ainda mais charmosos durante o inverno. É possível fazer trilhas com raquetes (objeto que ajuda a caminhar com mais tranquilidade sobre o gelo),

Por estar dentro do Parque Nacional los Glaciares, também é possível utilizar o serviço das agências de turismo da cidade para conhecer outras áreas do parque, como o Perito Moreno, que fica mais próximo da cidade de El Calafate, o Glaciar Viedma, o maior da Argentina, e as navegações promovidas em outros lagos da reserva, como o Ríos de Hielo Express.

Leia também:
Patagônia: como viajar pela região de avião, ônibus e barco
Lugares para conhecer em El Calafate
Viajar para a Patagônia no inverno ou no verão?
Veja fotos da Patagônia durante o inverno

Trilhas em El Chaltén:

Foto: Hiroki Ogawa/ Wikimedia Commons

Para compreender melhor as trilhas próximas de El Chalén, separamos por “zonas” as opções disponíveis para conhecer e desbravar as paisagens fascinantes da Patagônia argentina. Por exemplo, a trilha que guia os caminhantes até a Laguna de los Tres (ponto mas próximo do maciço Fitz Roy), possuí alguma bifurcações que seguem para outras atrações, como o Mirante Fitz Roy, a Laguna Capri e o Glaciar Piedras Blancas. São basicamente 4 zonas de trilhas: Fitz Roy, Cerro Torre, Lago del Desierto e outras opções mas próximas do centro da cidade.

– Trilhas região Monte Fitz Roy

Laguna Capri
Distância: 4km / Duração 1:45 min / Dificuldade: Média

Mirante Glaciar Piedras Blancas
Distância: 10 km / Duração: 3:30 min / Dificuldade: Média

Laguna Madre e Hija
Distância: 8 km / Duração: 2:15 min / Dificuldade: Baixa

Laguna de Los tres (Base Fitz Roy)
Distância: 10 km / Duração: 4:00 hrs / Dificuldade: Alta

– Trilhas Cerro Torre

Laguna Torre
Distância: 9 km / Duração: 3:00 hrs / Dificuldade: Média

Mirante Cerro Torre
Distância: 3 km / Duração: 1:15 min / Dificuldade: Média

Mirante Maestri
Distância: 11 km / Duração: 4:00 hrs / Dificuldade: Alta

– Trilhas próximas do centro da cidade:

Mirante dos Condores
Distância: 1 km / Duração: 0:45 min / Dificuldade: Baixa

Mirante das Águias
Distância: 2 km / Duração: 1:00 hr / Dificuldade: Baixa

Cachoeira Chorillo del Salto
Distância: 3 km / Duração: 1:00 hr / Dificuldade: Baixa

Loma del Pliegue Tumbado:
Distância: 12 km / Duração: 4:00 hrs / Dificuldade: Alta

Laguna Toro
Distância: 16 km / Duração: 7:00 hrs / Dificuldade: Alta

Piedra del Fraile (Ruta 41)
Distância: 6 km / Duração:  2:00 hrs / Dificuldade: Baixa

Glaciar Gagliero (Ruta 41)
Distância: 2 km / Duração: 1 hr / Dificuldade: Alta

– Trilhas na Reserva Provincial Lago del Desierto

Glaciar Huemul
Distância: 2 km / Duração: 1:00 hr / Dificuldade: Média

Punta Norte a Punta Sur
Distância: 14 km / Duração: 5:00 hrs / Dificuldade: Alta

Punta Norte ao Lago O’Higgins
Distância: 15 km / Duração: 5:00 hrs / Dificuldade: Alta

O que fazer em El Chaltén:

Foto: McKay Savage / Flickr

– Laguna de los Tres

Essa é a atração mais famosa de El Chaltén. A majestosa lagoa fica aos pés da montanha Fitz Roy e está entre as paisagens mais bonitas da América do Sul. O acesso é feito em uma trilha localizada no lado oposto da entrada da cidade, e o trajeto até a lagoa oferece três paradas para conferir outras atrações turísticas imperdíveis da cidade: um mirante para as montanhas próximas da cidade, a Laguna Capri e um mirante com vista exclusiva ao Cerro Fitz Roy.

– Laguna Torre

A Laguna Torre também está entre os passeios prediletos dos aventureiros que passam pelo destino. A trilha até a lagoa tem 9 km e passa por mirantes, bosques e campos amplos onde o caminhante pode desfrutar e observar diversas montanhas que rodeiam El Chaltén, entre elas  Cerro Torre, com impressionante 3.100 metros de altura. Durante os meses mais frios ainda é possível encontrar tempanos (icebergs) que se soltam das geleiras presentes ao redor da lagoa e repousam pelo lago.

– Mirador de los Conderes e Mirador de las Águilas

Essas duas atrações podem ser conhecidas em poucas horas de caminhada e são aconselhadas para todas as idades. Os mirantes estão localizados logo na entrada da cidade e são conectados pela mesma trilha. Como próprio nome já diz, esse é um local onde você poderá conferir de perto duas espécies de aves que habitam a Patagônia: a águia e o condor, uma das maiores espécies de aves do mundo.

– Glaciar Piedras Blancas

Essa incrível caminhada irá te aproximar a um dos glaciares formados pelo maciço Fitz Roy. Existem duas possibilidade de chegar ao mirante, a primeira é através da mesmo trilha que leva a Lagoa de los Três até o km 8 seguindo então para outra trilha que segue o Rio Blanco. A outra opção é iniciar uma trilha que tem início na Ruta 41.

– Cachoeira Chorillo del Salto

Essa é outra opção rápida e extremamente fácil para fazer em El Chaltén. A cachoeira fica à apenas 3 km do centro da cidade e sua trilha passa ao lado do Rio de las Vueltas. Você também pode optar em chegar ao Chorillo del Salto de carro e estacionar o automóvel a poucos metros da queda d’água.

– Laguna Capri

Com beleza impar, essa é uma das lagoas mais encantadoras da região. Para chegar à atração o visitante precisa caminhar por áreas belíssimas com campos abertos e um charmoso bosque que dá acesso a lagoa cercada pelo imponente Fitz Roy.

– Glaciar Viedma

Apesar de ser menos conhecido que o Perito Moreno, o Glaciar Viedma é o maior glaciar da Argentina e o 2º maior da América do Sul. Sua superfície possui 972km² e seu imenso pareão de gelo desaguá no Lago Vedma, bem próximo de El Chaltén. Durante o verão é possível conhecer a atração de três formas: navegando pelo lago Viedma, observando através de um mirante disponível no circuito Huemul ou caminhando sobre suas pedras de gelo nos tour do Ice trek, uma caminhada sobre a geleiro com a ajuda de crampons.

– Circuito Huemul

O Circuito Huemul não está entre os mais famosos trekkings da Patagônia mas merece a sua atenção. Ao todo são 4 dias passando por várias paisagens do Parque Nacional los Glaciares. Durante o trajeto os caminhantes passam por bosques, montanhas e campos de gelo. Um trekking exigente para que aqueles que desejam viver uma experiência diferente em uma regão selvagem da Patagônia.

Outros lugares para conhecer em El Chaltén:

  • Loma del Pliegue Tumbado
  • Laguna Viedma
  • Glaciar Huemul
  • Mirante Cerro Torre
  • Laguna Madre e Hija

Como chegar em El Chaltén:

Foto: Nestor Galina/ Wikimedia Commons

De avião
O Aeroporto Internacional Comandante Armando Tola serve a cidade de El Calafate e é a opção mais próxima do destino, e maneira mais rápida de chegar em El Chaltén. O aeroporto recebe voos diretos de Buenos Aíres, Córdoba e Ushuaia e está a apenas 220 km da cidade.

De ônibus
As empresas de transportes nacionais não oferecem serviços diretos a El Chaltén de outras cidades além de El Calafate. Se estiver em outras cidades do país é necessário fazer algumas combinações para chegar ao destino. Da capital Buenos Aires é preciso se locomover até a cidade de Río Gallegos, seguindo para El Calafate e em seguida El Chaltén.

Quem vem de Bariloche deverá seguir para a cidade de Perito Moreno para fazer uma conexão com El Chaltén. As empresas de transporte CalTur e Chaltén Travel oferecem o serviço de transfer diariamente.

De carro
A cidade de Buenos Aires está a 2898 km de El Chaltén. Para chegar de veículo próprio é preciso ir até a cidade de Bahía Blanca e continuar pela Ruta Nacional 3, passando por Puerto Madryn, Comodoro Rivadavia até a Ruta Provincial N°5 a 30 km antes de Río Gallegos. De lá siga pela Ruta Nacional 40 até a Ruta Procincial 23 que dá acesso a cidade de El Chaltén.

Quem vem por outros destinos próximos a Cordilheira dos Andes precisa seguir pela Ruta Nacional 40. Outra alternatica desde Bariloche é seguir até Esquel e em seguida a cidade de Comodoro Rivadavia que está interligada com El Chaltén pela Ruta 3.

Melhor época para visitar El Chaltén:

Foto: David / Wikimedia Commons

O clima de El Chaltén é frio e seco durante todo o ano. No verão, a presença do sol é maior, deixando os dias mais longos e as temperaturas mais amenas, variando entre 7 e 19°C. A estação mais quente do ano é também a mais movimentada pelos turistas. A grande procura pelo destino durante os meses de Novembro a Março (primavera e verão), faz com que os preços de hospedagem e outros serviços fiquem um pouco mais salgados que os outros meses. Apesar de ser as estações mais quentes, El Chaltén está em uma zona onde os ventos são fortes e constantes, por isso, é necessário estar sempre muito bem agasalhado.

Como a procura é mais baixa entres os meses da estação de inverno, muitos estabelecimentos acabam fechando e a movimentação de turistas é quase inexistente. Além disso, as temperaturas são mais baixas (variando entre 7 °C, podendo chegar a -10 °C) e algumas atrações podem estar fechadas pela presença da neve que chega com força nos dias mais frios do ano.

Vale lembrar que o clima na Patagônia é bem instável. Mesmo durante o verão ou primavera é possível se deparar com tempos fechados e neblinas que não permitem a visualização das montanhas que cercam a cidade.

Onde ficar em El Chaltén:

Por ser um destino muito pequeno, é praticamente impossível se hospedar longe das principais atrações e do comércio local de El Chaltén. Essa possibilidade até existe, caso você opte em passar algumas noites nas charmosas estâncias próximas da cidade. Esse meio de hospedagem tem como principal missão oferecer um serviço familiar e priorizar o contato com a natureza. A Estância La Quinta fica a apenas 2 km da entrada de El Chaltén, e é uma ótima opção para quem busca esse tipo de experiência.

Os turistas que não abrem mão de hotéis requintados e luxuosos podem optar pelo Destino Sur Hotel & Spa de Montaña, um hotel com uma charmosa arquitetura em estilo alpino decorada de maneira rústica e elegante. Outra opções muito procurada por esse perfil de turista é o Los Cerros Boutique Hotel & Spa e a Hosteria El Puma.

El Chaltén também oferece inúmeras opções de hostels que estão sempre muito movimentados pelos turistas mais jovens. O Hostel Rancho Grande, o Hostel Pioneros del Valle e o Hostel Los Viajeros são os que possuem melhor avaliação entre os mochileiros que visitam o vilarejo.

Outras opções de pousadas com ótimo custo benefício são a Chaltén Suites Hotel, a Poincenot e a Hostería Senderos.

Encontre hospedagens em El Chaltén aqui.

Dicas para planejar sua viagem:

- Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels: descubra os melhores preços e a localização ideal para a sua viagem. Acesse o Booking.com e faça sua reserva parcelada em até 10x.

- Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto e total segurança. Economize na sua próxima viagem com as ofertas publicadas diariamente no site oficial da Latam, MaxMilhas e Skyscanner.

- Quer economizar com a hospedagem? O Airbnb disponibiliza um cupom com R$130 de desconto para novos turistas que reservarem acomodações pelo site. Receba o seu Cupom de Desconto Airbnb e use em qualquer destino.

- Está buscando pacotes de viagens em promoção? Encontre os melhores preços para a sua viagem com as ofertas promocionais da CVC e viaje muito mais.

- Não sabe para onde viajar? Confira nossos Guias de Viagem e descubra diferentes lugares para conhecer no Brasil e no mundo.