Ásia e Oceania são os principais destinos para viajar nessa época do ano

O destino é um dos fatores que podem encarecer uma viagem, mas ao fazer uma escolha certa isso não será um problema para o orçamento. Existem diversos lugares no mundo que proporcionam aos viajantes experiência inesquecível e por isso separamos alguns destinos mais baratos para viajar no mês de junho, como as belíssimas praias da Oceania que ocupam lugar de destaque na lista, segundo levantamento do Booking.com.

Mendoza – Argentina


Foto: KMG.ca / Wikimedia Commons

A cidade de Mendonça se destaca pela boa qualidade de vinho e um ótimo custo benefício. Curtir o começo do inverno na terra de “los Hermanos” pode custar 34% mais barato em relação ao mês mais caro. Percorrer as ruas do lugar com ares de interior é um programa que não pode estar fora da lista.

Málaga – Espanha


Foto: aolotrabattoni.it / Wikimedia Commons

O início do verão Europeu na cidade de Pablo Picasso, é a alternativa para quem quer fugir dos grandes centros urbanos e economizar até 34% na viagem. Um destino que une história, centros comerciais e praias paradisíacas.

Munique – Alemanha


Foto: Diliff / Wikimedia Commons

Músicos, artes espalhadas pelas ruas, belíssima arquitetura e claro, as tradicionais cerveja são marcas de Munique. A cidade original do Oktoberfest, possui divers bares e está sempre em festa. Visita-la em junho é 39% mais barato em relação ao mês mais caro.

Hualien – Taiwan


Foto: Fred Hsu / Wikimedia Commons

Muitos pensam que o Taiwan é um destino sem muitos atrativos, mas Hualien na costa oeste é um dos lugares mais baratos e bonitos do país, os preços em junho chegam a um custo de 27% menos que em relação ao mês mais caro. Cercado de montanhas e paisagens espetaculares, a atração mais famosa é o parque nacional de Taroko Gorge, que abriga canyon de 19km de comprimento e uma altura de mais de 800 metros do nível do mar.

Wanaka – Nova Zelândia


Foto: Bernard Spragg / Wikimedia Commons

A Nova Zelândia está no hemisfério sul e por isso as estações do ano são as mesmas que no Brasil. Por isso se você busca um destino de inverno para curtir o mês de junho está no lugar certo. Wanaka é o conjunto de lagos com 45 km de comprimento de águas cristalinas, que reúne os viajantes adeptos a esquiar. Mesmo sendo um dos melhores meses para visitar o local, os preços médios podem ser 25% mais baratos.

Gold Coast – Austrália


Foto: Kerrie Brailsford / Wikimedia Commons

Uma das regiões mais famosas da costa australiana, Cold Cost atrai turistas durante todo o ano, e em junho os valores podem ser 18% mais barato em relação ao mês mais caro. Além do complexo das 35 praias de mar azul turquesa, reduto de surfistas o lugar também é incrível para a prática de mergulho, golfe e até mesmo se aventurar nos parques da Warner Bros.

Byron Bay – Austrália


Foto: Mike Lehmann / Wikimedia Commons

Aproveitando a visita a Austrália, apenas 45 minutos de Gold Cost, Byron Bay é uma pequena cidade turística perfeita para quem procura tranquilidade e contato com a natureza, mas também uma vida noturna agitada nos pubs e baladas. Um dos destinos preferidos para a prática do surfe e mergulho nas belas praias. Os preços em julho, por ser inverno estão 20% mais barato em relação ao mês mais caro, mas mesmo nessa época do ano as temperaturas se mantêm agradáveis por volta dos 20ºC

Adelaide – Austrália


Foto: Rexness / Wikimedia Commons

Em Adelaide diferente de outras regiões da Austrália as praias não são o atrativo principal. A cidade com os preços mais acessíveis em 15% em julho, oferece uma experiência gastronômica rica e nada melhor que degustar junto a uma bela taça de vinho. O Vale Barossa produz um dos melhores vinhos do mundo, além disso é possível desfrutar de diversos festivais, restaurantes e cafés cercados de áreas verdes de fauna abundante.

Boston – EUA


Foto: Robbie Shade / Wikimedia Commons

Mesmo não sendo a cidade mais procurada por brasileiros, Boston é um dos lugares que podem ser visitados no início do inverno com 16% a menos em relação ao mês mais caro. O lugar reúne muita cultura, museus, história, com ares de uma cidade universitária, então já dá para perceber que Boston não para nunca.

Chiang Mai – Tailândia


Foto: Mariamichelle / Pixabay

A segunda maior cidade da Tailândia não recebe turistas somente por suas praias paradisíacas, mas também por proporcionar aos visitantes uma imersão na cultura local, com uma culinária rica nos mercados de rua, templos, florestas e a famosa massagem tailandesa. Os preços de hospedagem e passagem são outro diferencial, em junho a média sai 16% mais barato.

» Airbnb dá R$130 para você se hospedar em qualquer lugar do mundo
» Dicas práticas para conseguir viajar muito mais barato
» Como comprar passagens aéreas baratas
» Como comprar dólar mais barato

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com a Latam, MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Destinos internacionais baratos para viajar em maio

Artigo anterior

Lugares baratos para fazer intercâmbio: inglês, espanhol e francês

Artigo seguinte

Você pode gostar

Mais em Dicas