Praias paradisíacas, natureza, floresta e até vulcões. Mas o que mais importa é o alto investimento no turismo sustentável.

Costa Rica é um país privilegiado no segmento do turismo internacional. Anualmente atrai milhares de visitantes do mundo, principalmente os europeus (este segmento cresceu cerca de 14% nos últimos dez anos). Parte disso se deve a diversidade de biomas a serem encontrados ao longo do país. Apesar dos valores serem relativamente altos, a praias e vulcões são os principais atrativos, oferecendo trilhas em paisagens únicas e que diferem muito do cenário europeu, seus visitantes mais assíduos.

Foto: Ian D. Keating / Flickr

Os primeiros investimentos por parte do governo passaram a acontecer massivamente nos anos de 1980 à 1990 e desde então tem aumentado com frequência, criando um setor de amplo retorno para investimentos internos. Boa parte da circulação econômica costa-riquenha se dá através do turismo. Porém, com o crescimento de visitantes – assim como do setor industrial – o país da América Central passou a enfrentar dificuldades e problemas relacionados à poluição e agressão ao meio ambiente que, com o passar do tempo, poderia vir a desmotivar um dos principais setores econômicos do país. A partir de então uma nova atitude foi implantada, investida e motivada: o ecoturismo.

Hoje, a Costa Rica é pioneira na área de sustentabilidade e um modelo em práticas ecológicas no setor industrial na região e no mundo. Abriga e conserva cerca de 5 por cento da biodiversidade do mundo e 3,5 por cento de sua vida marítima. Atualmente 25 por cento do território nacional é protegido por leis ambientais e 30 por cento de terras naturais protegidas e preservadas. Cerca de 90 por cento de sua eletricidade se dá a partir de fontes sustentáveis. Desde de 2012 o pequeno país tem planos de se tornar o primeiro do mundo livre de emissão do carbono, que afeta em larga escala o ecossistema e agrava o efeito estufa no mundo inteiro.

Foto: Becky Matsubara / Flickr

Em meio aos anos 1990 foi criado um departamento específico que regula, desenvolve planos e executa ações de empreendimentos ecológicos voltados ao turismo consciente, chamado Certificaciones y Responsabilidad Social Turística. O órgão tem como premissa valorizar e proteger a cultura da comunidade local, garantir a qualidade de vida e o êxito econômico e sustentável da atividade turística. Também é de responsabilidade do CST fiscalizar os destinos mais procurados pelos visitantes e certificar de que os planos de proteção ambiental estão sendo garantidos.

A população costa-riquenha também percebeu as mudanças que ocorreram ao longos dos últimos anos, e, em conjunto com o Estado, passou a aplicar no cotidiano práticas sustentáveis. É comum observar em seus cidadãos um prazer em preservar e proteger o meio ambiente celebrando-o com sua diversidade em festas típicas anuais.

Foto: Eric Nouaille / Flickr

Existem passeios específicos voltados ao ecoturismo, onde pode-se passar por trilhas montanhosas e marítimas, visitas aos mais de 28 parques nacionais. A vida selvagem também pode ser observada, atentando, é claro, as regras de preservação. Observação de aves em risco de extinção em refúgios de proteção a animais selvagens, bem como a desova de tartarugas marinhas ao longos dos canais da costa. Os passeios todos são guiados para a segurança dos turistas assim como uma forma de respeitar a preservação natural.

Foi a partir do problema apresentado que o governo costa-riquenho passou a adotar atitudes de mudança, caso contrário afetaria em larga escala a economia do país e também a qualidade de vida de seus habitantes. Atualmente, a Costa Rica ocupa uma posição excepcional no ranking de países que adotam práticas de preservação ambiental e servem como modelo para países do continente americano e do mundo inteiro.

» 7 destinos para visitar na América Central
» 9 Eco Lodges para se hospedar na Costa Rica
» 8 cidades bonitas para visitar na Costa Rica
» Costa Rica: O país que esbanja biodiversidade e roteiros para quem ama ecoturismo

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Alentejo na primavera: conheça a região rural de Portugal

Artigo anterior

Buenos Aires: veja 6 filmes gravados na capital portenha

Artigo seguinte

Você pode gostar