Se você é apaixonado por arte e cultura não pode deixar de conhecer os principais museus da capital espanhola

Madrid é um dos destinos mais interessantes do mundo para os entusiastas de arte e da cultura. Quer uma prova disso? A cidade concentra alguns dos melhores museus do globo, com instalações de alto nível, grandes coleções, maravilhosas galerias e acervos de valor inestimável.

A cidade reúne alguns dos mais relevantes acervos artísticos do mundo e ótimos espaços espaços culturais que se concentram, sobretudo, na região central. Podemos dizer que, se você for a Madrid e não visitar um museu, sua passagem pela capital será praticamente incompleta. E não há desculpa: a maioria dos museus da cidade oferece entrada gratuita em alguns dias e horários específicos, basta acessar os sites oficiais para se deslumbrar com grandes obras “na faixa”.

Conheça, abaixo alguns dos principais museus de Madrid.

Museu Reina Sofía


Foto: Reina Sofia / Wikimedia Commons

Também considerado um dos museus mais famosos de Madrid, o Reina Sofia permite que o visitante fique frente a frente com algumas das mais importantes obras contemporâneas da Espanha.

Reunindo trabalhos dos grandes pintores espanhóis do século XX, como Salvador Dalí, Joan Miró e Pablo Picasso, o edifício é dividido em duas alas: a primeira, é dedicada à coleção permanente e, a segunda, às exposições temporárias. Cada andar apresenta sua joia rara, mas a peça que comove a todos os visitantes é a enorme e famosa Guernica, de Picasso, e seus mais de sete metros de largura.

Calle de Santa Isabel, 52, 28012
www.museoreinasofia.es

Museu Thyssen-Bornemisza


Foto: Luis García / Wikimedia Commons

Imagine um museu capaz de preencher as lacunas – se é que isso é possível – das coleções do Reina Sofia e do Museu do Prado. O Museu Thyssen-Bornemisza consegue cumprir esse papel. Aliás, os três museus juntos formam o que é conhecido como “O Triângulo de Arte de Ouro” de Madrid.

Durante os anos 90, a cidade adquiriu um lote com mais de 500 pinturas do colecionador de arte e barão Heinrich Freiherr Thyssen-Bornemisza. Outras obras foram adicionadas ao acervo e, atualmente, a coleção permanente apresenta trabalhos que percorrem a história da pintura europeia desde a Idade Média até ao final do século XX. As galerias são imperdíveis, um verdadeiro deleite aos apaixonados por arte.

Paseo del Prado, 8, 28014
www.museothyssen.org

Museu Arqueológico Nacional


Foto: Emijrp / Wikimedia Commons

Com o objetivo de resgatar o passado da Espanha, o Museu Arqueológico Nacional  (MAN) foi fundado em 1867 por Isabel II. Após uma reforma de aproximadamente seis anos, o museu foi ampliado e suas instalações modernizadas.

Atualmente, o impressionante e raro acervo oferece um percurso da pré-história ao século XIX. Em sua maioria, reúne os objetos encontrados na Península Ibérica ao longo da história, além de importantes artefatos egípcios, gregos e romanos. Entre os destaques estão a Dama de Elche, do século IV a.C, as coroas do tesouro de Guarrazar e a Estátua do sacerdote Harsomtus-Em-Hat.

Calle de Serrano, 13, 28001
www.man.es

Museu Cerralbo


Foto: FouPic / Wikimedia Commons

O museu fica situado em um belo palácio do século XIX de arquitetura italiana que pertenceu ao Marquês de Cerralbo. Já chama a atenção percorrer os corredores da mansão e subir a escada elegante até o salão de baile, como uma verdadeira viagem no tempo.

A arquitetura impressiona desde as belíssimas salas, o jardim paisagístico e as obras de arte, que vão desde pinturas espanholas, francesas e italianas, até os candelabros suspensos no teto e a porcelana que decora toda a casa.

Calle Ventura Rodríguez, 17, 28008
www.culturaydeporte.gob.es/mcerralbo

Museu Naval


Foto: Nicolás Pérez / Wikimedia Commons

O Museu Naval foi criado em 1972 e, após várias reformas, foi reaberto em 1932 ocupando a sede no antigo Ministério da Marinha, em pleno Paseo del Arte, que abriga também o os museus do Triângulo da Arte de Madrid.

Apesar de não ser tão conhecido como os demais, o Museu Naval costuma surpreendera todos. As exposições do espaço conduzem os visitantes pela história marítima da Espanha. Em ordem cronológica, artefatos como moedas antigas, mapas, livros e armas são expostas e recriam a história desde o século XV até aos dias de hoje.

Paseo del Prado, 5, 28014
www.armada.mde.es/museonaval

Museu do Prado


Foto: В залах Прадо / Wikimedia COmmons

Considerado um dos mais importantes museus do mundo, o Museu Nacional do Prado dispõe de uma coleção permanente que abrange vários estilos, artistas e períodos. O museu abriga uma coleção de arte europeia do século XII ao início do século XIX. Para se ter uma ideia, entre as obras mais notáveis estão pinturas de Diego Velázquez, Francisco de Goya e El Greco.

Além disso, há também exposições temporárias que nunca deixam a desejar. Não esqueça de separar algumas horinhas do seu dia para conhecer o museu, já que para dar conta de conferir todo o acervo e observar as obras como merecem é necessário tempo – e o Prado é gigantesco!

Paseo del Prado, s/n, 28014
www.museodelprado.es

Museu de História de Madrid


Foto: Divulgação

Localizado em um antigo edifício onde funcionava o Hospício de San Fernando, o Museu de História de Madrid exibe um acervo com mais de 6 mil objetos relacionados com a cidade. São pinturas, porcelanas, fotografias, esculturas, mobília e muitas outras peças que compõem uma riquíssima coleção.

Se você deseja mergulhar de cabeça na história da cidade e aprender mais sobre sua cultura e costumes, uma visita ao Museu de História é uma verdadeira aula. Nada melhor para um viajante do que estar mais próximo à evolução histórica e cotidiana do local visitado, certo?

Calle de Fuencarral, 78, 28004
www.madrid.es/museodehistoria

Museu do Romantismo


Foto: Pablo Linés / Wikimedia Commons

O Museu do Romantismo é outro famoso museu que você não deve deixar de conhecer em Madrid. Situado no antigo palácio do Marquês de Matallana, construído em 1776, apresenta várias formas de arte do período romântico espanhol como pinturas, artes decorativas, mobiliário, selos, desenhos e fotografia.

Um oásis secreto em meio a cidade, o jardim do espaço é um recanto singular com vários canteiros coloridos de diferentes tamanhos e uma linda fonte circular. O café do museu também é um charme e oferece uma grande variedade de doces caseiros.

Calle de San Mateo, 13, 28004 Madrid, Espanha
www.esmadrid.com/pt/informacao-turistica/museo-del-romanticismo

» Lugares para conhecer em Madrid
» Lugares para conhecer em Barcelona
» Viaje pela Andaluzia, conheça Córdoba na Espanha
» Roteiro de trem na Europa: 10 dias por Barcelona, Madri e sul da Espanha

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Lugares para conhecer em Gênova

Artigo anterior

Programação – Blocos e shows em Ouro Preto no carnaval 2019

Artigo seguinte

Você pode gostar