Vai contratar um seguro viagem? Entenda o que deve estar definido em contrato e como agir em casos de problemas durante as férias

O início do ano é marcado como um dos momentos em que os brasileiros mais viajam. Além do período das férias escolares, onde muitas famílias conseguem um tempo para visitar novos destinos, há também o carnaval logo em seguida.

Mas, o que deveria ser garantia de diversão, muitas vezes pode se tornar uma dor de cabeça. É o caso de quem adquire ou precisa fazer uso do seguro viagem, cuja contratação é necessária em muitos destinos. 

Na hora de escolher o seguro viagem, é preciso verificar se o serviço oferecido atende todas as necessidade dos viajantes. Desta forma, em casos de problemas, todas as informações devem estar bem esclarecidas em contrato.

Como funciona o seguro viagem?


Foto: Pixabay

O seguro de viagem funciona como um plano de saúde temporário e também como garantia de indenização para algumas situações e acidentes. Segundo a advogada especialista em direitos do consumidor Beatriz Torres, do escritório Alcoforado Advogados Associados, geralmente é oferecido ao assegurado proteção à bagagem e assistência médica durante o período longe de casa.

“Ao contratar um seguro viagem, é preciso que o consumidor esteja atento à idoneidade da empresa, ao que está previsto na cobertura e, principalmente, a quais são as limitações e as exclusões existentes”, esclarece Torres.

É necessário também saber e entender qual contrato é necessário para o destino escolhido, já que existem duas espécies dentro dessa modalidade de contrato: o seguro saúde e a assistência viagem.

De acordo com a especialista, o primeiro prevê que o viajante pague todas as despesas médicas do próprio bolso e depois solicite o reembolso à seguradora (dentro dos limites e valores estabelecidos no contrato). Neste caso, é necessário apresentar os comprovantes das despesas para garantir o atendimento médico.

Já a assistência viagem exige que o assegurado entre em contato com a seguradora antes de receber o atendimento e, somente após, indicará um local para ser realizado o atendimento médico, salvo em casos de emergência.

É importante sempre ter em mãos o contrato do seguro escolhido durante toda a viagem, já que existe, inclusive, a possibilidade de que este seja exigido na imigração do país de destino. “Uma boa dica é deixar todos os telefones de atendimento possíveis para casos de emergência com uma pessoa responsável no Brasil e com os companheiros de viagem”, pontua a especialista.

Quando é necessário contratar?


Os seguros viagem são feitos de acordo com os países de destino e o tipo de atividade que o viajante irá realizar, além da complexidade do plano, que pode ir do básico ao supercompleto. Por isso é tão importante informar todos os detalhes da viagem e verificar se constam nas cláusulas do contrato.

Os seguros não possuem as mesmas regras para todos os países de destino. Alguns, como por exemplo os países da União Europeia, exigem planos especiais. Por isso é importante estar atento às especificidades de cada caso.

Ainda de acordo com a especialista, outros casos que podem alterar a contratação do seguro são a realização de esportes radicais ou de aventura, adultos acima de 70 anos e mulheres grávidas. Nesses casos, os preços costumam ser mais altos.

Tive problemas, e agora?


Em casos de problemas com a seguradora de viagem, o setor que a regula é a Superintendência de Seguros Privados – SUSEP e o órgão responsável por fixar as diretrizes e normas é o Conselho Nacional de Seguros Privados – CNSP. Lembrando que os dois se referem somente aos seguros de viagem contratados no Brasil.

“O melhor meio de solucionar conflitos com o seguro é com a própria seguradora, especialmente em casos de emergência. Todavia, nos casos em que não for possível conciliar, é de suma importância guardar todos os comprovantes referentes às despesas com médico, remédios e afins para serem utilizados caso o Poder Judiciário tenha que ser acionado”, orienta a advogada.

» Quais os documentos necessários para viajar de avião com crianças?
» Documentos necessários para viajar de cruzeiros marítimos
» Como emitir o passaporte brasileiro na Polícia Federal?
» Quanto custa tirar o passaporte brasileiro?

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Seguros Promo.
» Faça o seu visto e antecipe seu passaporte com a Visto Fácil.

Olímpia, no interior de São Paulo, ganhará Parque dos Dinossauros

Artigo anterior

Em São Roque, turistas podem colher e participar da festa da pisa da uva

Artigo seguinte

Você pode gostar