Local de paisagens e experiências incríveis, a Serra da Canastra é mais fácil de ser visitada do que muitos turistas imaginam.

Serra da Canastra: o que você sabe ela? Se nada ou pouca coisa, aí vão algumas informações interessantes. A Serra da Canastra é o berço do Rio São Francisco, lar do lobo guará e fonte do Queijo Canastra, premiado mundialmente e considerado uma riqueza nacional mundo a fora. Parece pouco? Pois bem, junte isso tudo a uma vegetação natural, ar puro e dezenas de cachoeiras, incluindo uma de quase 200 metros de altura, passeios de 4×4 e trilhas em meio ao cerrado. Visitando as fazendas, o turista pode provar não só o maravilhoso queijo, mas também o típico café mineiro, produzido ali mesmo.

Tem muito, mas MUITO mais para ser colocado nessa lista. Mas não precisamos citar esses outros “itens”, pois você mesmo poderá vê-los em uma viagem para esse paraíso.

Chegar na Serra da Canastra, mais especificamente em São Roque de Minas, seu principal município, é muito mais simples do que muita gente imagina. E se você é de São Paulo (capital) é só seguir as dicas abaixo para dar início à sua viagem.

Como ir para a Serra da Canastra partindo de São Paulo e utilizando ônibus


Foto: Mateus S. Figueiredo / Wikimedia Commons

Esse meio de transporte é o primeiro por que é de longe o mais prático para quem já está na capital paulista ou vive próximo a ela.

Aliás, é a melhor dica para quem quer saber como ir para a Serra da Canastra considerando um fator fundamental: o conforto! Afinal com ela você irá poupar aproximadamente 8 horas dirigindo e poderá viajar na parte da noite, aproveitando para dormir e chegar ao destino ao amanhecer.

Mas vamos aos pontos fundamentais:

  • Os ônibus partem do Terminal Rodoviário Tietê e têm como ponto final a cidade de Piumhi, 40 minutos distante de São Roque de Minas;
  • São feitas paradas rápidas (para embarque e desembarque) em cidades como Campinas e Capitólio ao longo do caminho;
  • A Expresso União é a única empresa que oferece esse trajeto, com ônibus partindo às 08h00 e às 22h00 (para a volta os horários são 08h00 e 21h45).

Os ônibus que partem de São Paulo às 22h00 chegam em Piumhi às 06h00, talvez com uns minutos a mais ou a menos, portanto seguir viagem a partir daí também utilizando ônibus pode ser um problema: existem apenas dois horários que partem para São Roque de Minas, às 06h00 e às 15h00.

Para evitar a correria para não perder o ônibus das 06h00 sentido São Roque, ou mesmo conseguir entrar nele e demorar muito mais do que 40 minutos para chegar ao destino final, o melhor é se hospedar em um hotel que ajude otimizar o seu trajeto.

A melhor dica nesse sentido é o Hotel Chapadão da Canastra, que disponibiliza um motorista ou um táxi para encontrar os hospedes na rodoviária de Piumhi pontualmente. Dá tempo de tomar um café da manhã caprichado, se trocar e partir para os passeios para curtir o dia todo pela Serra da Canastra.

Como ir para a Serra da Canastra partindo de São Paulo de carro


Foto: Divulgação

O carro também é uma opção para quem busca saber como ir para a Serra da Canastra saindo de São Paulo, mas vale lembrar que são quase 600 km (uns 540 km, para sermos mais exatos) e 7 pedágios que compõem o caminho, com um preço médio de R$10,00 cada até a data desse post (03/2019).

A viagem, para cumprir o mesmo trajeto que o ônibus, começa na Rodovia dos Bandeirantes e segue por outras vias importantes, como a Anhanguera e a Rodovia Adhemar de Barros, até chegar à MG-050.

E aqui vale um aviso: as estradas da Serra da Canastra foram feitas para carros 4×4, então se o seu carro não é desse tipo é fundamental contratar os passeios no próprio hotel ou empresas de turismo da região, como a Canastra Eco 4×4.

Acredite: mesmo quem tem um 4×4 muitas vezes não dá conta de dirigir por lá, valendo a pena ter um guia junto (sem contar que os aprendizados com quem realmente conhece o local são incalculáveis e deixam o roteiro muito mais rico).

» Onde comer na Serra da Canastra
» Cachoeiras da Serra da Canastra: quais você deve conhecer
» Onde se hospedar na Serra da Canastra
» Turismo na Serra da Canastra: inclua as fazendas em seu roteiro

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Veja as 5 cidades mais bonitas para visitar na Paraíba

Artigo anterior

Conheça Caño Cristales, o rio arco-íris da Colômbia

Artigo seguinte

Você pode gostar