Cidades serranas, históricas, badaladas: há inúmeras possibilidades quando o assunto é o estado do Rio de Janeiro! Veja as cidades mais bonitas para conhecer no RJ

Quando se pensa em fazer uma viagem para o Brasil, o Rio de Janeiro é um dos destinos mais desejados e a porta de entrada do país. Especialmente por sua capital, partindo da Cidade Maravilhosa é possível encontrar lugares de todos os tipos, para todos os gostos e estilos de viagens.

Belezas naturais, cidades históricas, ilhas e praias paradisíacas, noites baladas com muita festa e cidades tranquilas na região serrana e também no litoral. Sempre há um lugar perfeito para conhecer e aproveitar alguns dias de descanso. Que tal conhecer algumas das cidades mais bonitas do estado do Rio de Janeiro para tornar seus dias inesquecíveis mesmo antes de fazer as malas?

Arraial do Cabo


Foto: Gustavo Messina / Ascom / MTur

Por conta de suas águas cristalinas e areia branquinha, Arraial do Cabo é conhecida como “Caribe brasileiro”, assim, já é possível ter uma ideia de que a cidade é, realmente, encantadora. Claro que, por ser tratar de um município do Rio de Janeiro, o viajante não pode deixar de fora do roteiro conhecer algumas das praias da região, que são consideradas as mais lindas do Brasil. Entre elas, as Prainhas do Pontal do Atalaia, consideradas as mais famosas da cidade; a paisagem digna de um verdadeiro paraíso cinematográfico faz com que o turista, logo ao se deparar com a imagem, só pense em uma coisa: dar um mergulho naquelas águas azuis.

Os aventureiros não podem deixar de fazer passeios de barcos e caiaques para conhecer melhor as belezas da cidade. Aliás, a região é perfeita para aqueles que querem aprender a mergulhar, pois as águas claras permitem a visibilidade perfeita da vida marinha, grutas, naufrágios e corais por preços bastante acessíveis.

Para os viajantes apaixonados por museus, não pense que Arraial do Cabo é resumido em praias, não! O Museu Oceanográfico possui um grande acervo de pesquisas de flora e fauna aquática, então, vale a visita para quem tem curiosidade em saber mais sobre a vida no mar.

Paraty


Foto: Divulgação MTur

Tradicional e cheia de novidades: esse pode ser um resumo de Paraty. Com sua arquitetura colonial, paisagem de verde exuberante e mar de ondas calmas, a cidade é um verdadeiro paraíso para os turistas e, claro, um lugar que não pode ficar de fora da lista de destinos a serem explorados no Brasil.
Caminhar pelas ruas de paralelepípedos do Centro Histórico da cidade é uma ótima maneira de conhecer um pouco da arte local, alguns segredos, lugares pouco conhecidos e, claro, degustar uma boa cachaça, a bebida que é rainha absoluta na região – aliás, quem viajar em agosto, época da baixa temporada, não pode perder o Festival da Pinga.

É impossível falar de Paraty sem falar de FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty), o festival acontece anualmente no mês de junho e é considerado um dos principais festivais literários do Brasil e da América do Sul; para aqueles que não podem conhecer o destino nesta época vale conhecer a Pousada Literária, o casarão antigo, em estilo colonial, que abriga a festa e está localizado no coração da cidade.

Petrópolis


Foto: Plínio Bordin / Mtur

Apesar de o Rio de Janeiro se tornar um destino ainda mais famosos durante os dias de calor, não são todas as pessoas que apreciam o verão e, por isso, preferem destinos com temperaturas mais amenas. É aí que entra Petrópolis, a cidade que fica na Serra Fluminense e é procurada, principalmente, por viajantes em busca do descanso em uma vasta área verde nas montanhas com paisagens deslumbrantes, requinte e, claro, sossego.

Ao chegar na cidade, o turista sente que fez um mergulho diretamente no século de XIX por conta dos casarões e palácios de época preservados. Nada melhor para entender toda essa herança imperial brasileira do que fazer o circuito a pé no Centro Histórico e conhecer alguns pontos especiais, como a Catedral de São Pedro de Alcântara, a Casa da Princesa Isabel e o Palácio de Cristal.

Como Petrópolis está localizada em meio à Mata Atlântica, também é um destino voltado ao ecoturismo, ou seja, é possível andar de bicicletas, conhecer cachoeiras e, claro, percorrer trilhas, tudo que um verdadeiro amante da natureza não dispensa em uma viagem. Quem escolher esta época para conhecer a cidade não pode perder o Bauernfest, um festival em homenagem aos imigrantes alemães que acontece todos os anos e atrai muitas pessoas por conta das comidas típicas, danças e cerveja.

Teresópolis


Foto: Bruna Prado – MTUR

Por ser a cidade mais alta do Rio de Janeiro, o clima é bem diferente do que se encontra pela capital fluminense. Por isso, é só a temperatura cair que os turistas visitam a cidade e lotam seus hotéis, pousadas e restaurantes.

Para aqueles que não querem somente sossego, mas também uma aventura, não podem deixar de visitar o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, um dos mais antigos do país. A reserva natural possui trilhas – são mais de 100 km com diferentes tipos de graus de dificuldade -, escaladas, cachoeiras e piscinas naturais, desta forma, atrai os mais variados tipos de aventureiros. Se você não dispensa uma trilha, não pode deixar de conhecer a Pedra do Sino; com mais de dois mil metros de altura, do alto da Pedra o viajante tem uma vista privilegiada do Rio de Janeiro, da Baía de Guanabara e de parte do Vale do Paraíba. É importante ressaltar que nos dias mais frios, a temperatura nos cume pode chegar a zero graus, então, para aproveitar melhor as belezas locais a estação ideal para sua viagem é o verão.

Visconde de Mauá


Foto: Rosanetur / Wikimedia Commons

Localizado ao sul do Rio de Janeiro, precisamente em Resende, Visconde de Mauá é um destino cada vez mais procurado, tanto que está entre os melhores destinos turísticos para se visitar em 2019. Isso se deve, principalmente, ao clima ameno e convidativo da cidade, suas belezas naturais, muitas cachoeiras e culinária regional, que é um grande atrativo para quem quer provar novos sabores.

A “Joia da Serra”, como é conhecida a cidade, está localizada no alto da Serra da Mantiqueira, desta forma é uma ótima alternativa para quem quer escapar das altas temperaturas, especialmente durante os dias de verão. Mas para aqueles que planejam viajar durante os dias mais quentes do ano, não se preocupe, pois um dos cartões postais da cidade é a cachoeira do Escorrega; além de sua vista incrível, a principal atração do local é um tobogã natural, que permite o deslizamento perfeito para uma leve queda em uma piscina natural de águas cristalinas, ou seja, garantia de diversão e, claro, um banho refrescante.

Poucas pessoas sabem, mas existe uma região de Visconde de Mauá que fica localizada em dois estados: a vila de Maringá. A mistura entre Minas Gerais e Rio de Janeiro, e o rio que separa os dois lados deixam o local com uma atmosfera única e paisagem incrível.

Armação dos Búzios


Foto: Thiago Freitas / MTUR

Uma região privilegiada do Rio de Janeiro, Armação dos Búzios possui uma série de atrativos que atraem cada vez mais turistas para o destino: paisagens paradisíacas, restaurantes de todos os tipos e gostos, rede de hotelaria diversa – com opções de luxo até albergues, e, claro, muitas, mas muitas praias.

Na lista de “paras para conhecer”, temos a de Geribá, uma das mais famosas e badaladas do balneário, seja na baixa ou alta temporada, possui uma extensa faixa de areia e um mar calmo, quase sem ondas; já a Azeda, com suas águas calmas e transparentes, atrai muitas pessoas por ser uma das praias de mais fácil acesso.

É impossível falar de Búzios sem lembrar de Brigite Bardot: nos anos 60, a estrela francesa passou uma temporada por lá e isso foi o suficiente para popularizar a cidade no exterior A famosa Orla Bardot recebeu esse nome em homenagem a artista. E já que estamos falando do local, não podemos nos esquecer da rua das Pedras, uma continuação da orla que é o principal ponto turístico da região, em especial para aqueles que não abrem mão de curtir a noite, uma vez que é repleta de lojas, bares, restaurantes e baladas.

Mesmo com todo movimento de uma cidade turística, Búzios preserva toda a calma e tranquilidade muito característicos do litoral, assim, é o destino perfeito para quem busca uns dias de descanso longe de toda a correria das grandes cidades.

Cabo Frio


Foto: Carlos Erbs / MTur

Um dos refúgios da Região dos Lagos, Cabo Frio chama atenção dos turistas por ser uma cidade que une belezas naturais, restaurantes, praias e boa infraestrutura para o turismo.

Parada obrigatória para todos os viajantes, a praia do Forte é perfeita para todos os tipos de públicos: sua faixa de areia branca atrai as famílias e turistas em busca de descanso, enquanto suas águas transparentes e ondas são a grande atração para os aventureiros em busca de emoção; além disso, seu calçadão, repleto de bares, restaurantes e barracas ajudam a deixar o local mais urbanizado. No local, também é possível encontrar um dos cartões postais da cidade estão o Forte de São Mateus, construído na década de 50 pelos portugueses para defender a terra das invasões dos franceses, holandeses e ingleses; além de uma vista maravilhosa, é possível encontrar os canhões apontados para o mar e muita história. O agito da noite fica por conta do Boulevard Canal, onde é possível encontrar estabelecimentos que garantem boa comida e bebida sempre gelada.

Para aqueles que não dispensam um momento cultural na viagem, não podem deixar de visitar a Casa Ateliê Carlos Scliar, que possui uma exibição permanente dos quadros do pintor na casa onde ele viveu na cidade.

Angra dos Reis


Foto: Rogério Cassimiro / MTUR

Entre os paraísos do litoral brasileiro, Angra dos Reis não é um dos destinos mais procurados, porém suas ilhas com mar verde-água, areia branca e vasta área verde faz com que aqueles que se aventuram nesta viagem, simplesmente, se apaixonem pelo lugar e, antes mesmo de ir embora, façam planos de voltar outras vezes. Na enseada, que fica no litoral sul do Rio de Janeiro, há atrativos para todos os tipos de pessoas: ilhas, praias e história, ou seja, o local é perfeito para quem viaja sozinho, com amigos, em casal ou em família.

Uma das atrações mais famosas da cidade é o passeio de escuna. O tour com a embarcação passa por diversas ilhas e praias, desta forma, é perfeito para os amantes da natureza. A rota passa por Ilha Grande, precisamente pela Lagoa Azul, que é uma piscina natural com águas transparentes cheias de cardumes de peixe; basta pegar um snorkel e uma nadadeira e se divertir explorando a flora e fauna marítima.

Apesar de Angra dos Reis ser bastante antiga, poucas pessoas conhecem o Centro Histórico, recheado de beleza e tradição, de uma das cidades mais antigas do Brasil; basta caminhar para visitar locais como o Museu da Arte Sacra, por exemplo, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e possui em seu acervo mais de duas mil peças.

Rio de Janeiro


Foto: Bruna Prado / MTUR

A Cidade Maravilhosa não poderia ficar de fora desta lista. O que muitos turistas não levam em consideração ao visitar o Rio de Janeiro é que a cidade possui muitas atrações além dos famosos pontos turísticos, como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar – mas, claro, se você não visitou esses lugares, reserve um momento em seu roteiro, pois são atrações inesquecíveis.

Uma coisa é certa: é impossível visitar o Rio e não pegar um praia; mesmo aqueles que não são amantes do mar não dispensam um passeio no calçadão ou assistir ao pôr do sol da Pedra do Arpoador. Copacabana e Ipanema, duas das praias mais famosas do mundo, são as mais procurada pelos turistas, principalmente pelo fato de ser muito acessíveis – além da grande oferta de ônibus, há diversas estações de metrô distribuídas pelo bairro, o que facilita a locomoção mesmo daqueles que se hospedaram em pontos distantes da cidade – e, desta forma, é uma opção para aqueles que curtem bastante agito.

Para quem prefere algo mais sossegado, uma ótima opção são as praias do Leme, que por serem mais reservadas são uma garantia de tranquilidade. A praia do Arpoador está entre as mais frequentadas pelos cariocas, possui um visual espetacular e é um dos melhores lugares para ver o pôr do sol na cidade.

O Palácio do Catete, que guarda várias informações sobre a república brasileira e que se tornou histórico por ser o local onde o presidente Getúlio Vargas cometeu suicídio, com certeza, não pode ficar de fora do roteiro de viagem. Em seu jardim, com amplo espaço verde, corredor de palmeiras imperiais e esculturas, acontecem diversos eventos culturais, encontros de grupos e prática de atividades, por isso, chama a atenção de todos que passam.

Niterói


Foto: via GuiadeNiteroi.com

Para quem está planejando uma viagem ao Rio de Janeiro não pode deixar de incluir uma visita a Niterói no roteiro. Basta pegar uma barca e prontinho: em cerca de 30 minutos você desembarca na cidade. Quem gosta de natureza, belas paisagens e histórica, com certeza, vai gostar de explorar a região.

A praia de Itacotiara é considerada a mais bonita de “Nikiti”. Com cenário paradisíaco e água cristalina, a praia é preservada; as altas ondas também atraem surfistas de diferentes lugares do mundo, então, não se surpreenda se durante a viagem se deparar com um campeonato de surf na praia. Depois de um dia curtindo o mar, nada melhor do que apreciar o pôr do sol, não é mesmo? Do Mirante do Piratininga é possível ter uma ampla vista de alguns pontos da cidade, como de toda a extensão da praia do Piratininga, e também de alguns famosos cartões postais cariocas, como a estátua do Cristo Redentor, o Morro Dois Irmãos e do Pão de Açúcar.

E, claro, que uma estadia em Niterói só é completa com uma visita ao Museu de Arte Contemporânea de Niterói, o MAC. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o local é um dos grandes atrativos da cidade, uma das obras arquitetônicas mais emblemáticas do Brasil e um dos melhores mirantes da cidade. O acesso às áreas externas do museu é gratuito, mas se o viajante quiser ver as exposições em cartaz e conhecer o prédio por dentro precisará comprar um ingresso. Se bater fome durante o passeio, não é preciso se preocupar, pois o Bistrô do MAC une boa comida – uma mistura de sabores brasileiros e culinária contemporânea internacional – e vista privilegiada para a Baía de Guanabara. Com certeza, vale a visita!

» Trilha Transcarioca: circuito de 180 km que cruza a cidade do Rio
» 11 passeios e lugares para conhecer em Paraty
» Melhor época para visitar Arraial do Cabo
» Roteiro: 2 dias em Búzios

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Veja as 7 cidades mais bonitas para visitar no Canadá

Artigo anterior

Veja as 7 cidades mais bonitas para visitar na Austrália

Artigo seguinte

Você pode gostar