Com mais de 700 ilhas, Bahamas é um dos lugares mais interessantes para quem está em busca do destino perfeito para passar as férias

Águas cristalinas, areia macia, ilhas paradisíacas, muito sol, diversão e tranquilidade: Bahamas é um destino que está na lista de, praticamente, todos que amam viajar e conhecer o mundo. Com mais de 700 ilhas dos mais variados tipos, o país, que é um destaque por sua beleza, agrada todos os perfis de viajantes.

Em busca de conhecer lugares incríveis, com excelente gastronomia e paisagens deslumbrantes? Veja algumas dicas de cidades que, com certeza, vão ajudar a começar o planejamento do roteiro das férias nas Bahamas!

George Town


Foto: Exuma Yacht Club

Capital de Exumas, George Town é o lugar predileto para os turistas que curtem esportes aquáticos, principalmente quem gosta de navegar em iates, tanto que há dois grandes eventos anuais de “iatismo” que atraem muitos visitantes para a cidade.

A região é ideal para quem não gosta de ficar parado e quer aproveitar todos os minutos da viagem para conhecer tudo sobre o destino. No centro da principal ilha do arquipélago se encontra de tudo: hotéis, restaurantes variados, lojas de presentes e o famoso Straw Market, onde é possível achar diversos objetos artesanais (feitos de cerâmica e palha, por exemplo), que são ótimos presentes ou recordações para levar para casa.

Quer explorar cavernas submarinas e jardins de corais? George Town tem praias lindíssimas em que é possível alugar ou comprar um snorkel e ficar horas observando a vida marinha. No Lago Vitória, localizado no coração da cidade, é o lugar perfeito para passear de barco (iate, caiaque ou mesmo a vela).

Alice Town


Foto: Pietro / Wikimedia Commons

Única cidade da ilha de Bimin, Alice Town possui apenas 11 quilômetros de extensão, então, é possível atravessá-la, de um lado ao outro, em pouco tempo. Mas não se engane: vale à pena fazer uma viagem para o arquipélago.

Por conta da visibilidade de suas águas cristalinas, é um dos melhores lugares das Bahamas para quem gosta de mergulhar. Além de ver muitos peixes coloridos, arraias, tartarugas, golfinhos e até tubarões, há também a oportunidade de se deparar com recifes de corais e naufrágios em seus mais de 20 pontos de mergulho.

Para aqueles que curtem histórias, não poderíamos deixar de falar que o local também é repleto de lendas, como a do Triângulo das Bermudas (área em que acontecem desaparecimentos misteriosos de pessoas, embarcações e aviões). Com tantas coisas para conferir, fica difícil deixar esse lugar de fora do roteiro de viagem, não é mesmo?

Freeport


Foto: celeumo / Flickr

Um dos lugares mais frequentados das Bahamas, Freeport é uma parada, praticamente, obrigatória para quem viaja de cruzeiro; não importa como o roteiro é feito, apenas uma coisa: essa é uma cidade impressionante que não decepciona seus turistas. A segunda maior cidade do país é o lugar ideal para quem quer se divertir, conhecer uma nova cultura e aproveitar o melhor da natureza.

O que faz da cidade única é o fato de que não é preciso se afastar muito de sua hospedagem para aproveitar tudo que ela tem de melhor a oferecer, pois por todos os lados há sempre alguma coisa interessante para tornar a estadia inesquecível.

No centro de Freeport, há de tudo: restaurantes, hotéis, lugares para fazer compras, entre outras coisas. Localizada a poucos minutos, a Lucaya Beach é uma das mais procuradas por sua beleza e também por estar entre as melhores de toda a ilha para a prática de esportes (como snorkel, andar de caiaque e voo de parasail, por exemplo); em sua orla há uma variedade de bares e restaurantes que são o lugar perfeito para os viajantes que querem conhecer pessoas.

Um verdadeiro paraíso para os amantes da natureza, Freeport é um destino repleto de atividades para fazer ao ar livre, especialmente para quem quer aprender a mergulhar; e depois de um dia cheio, nada melhor do que relaxar, certo? Para descansar e provar alguns dos sabores das Bahamas, o turista pode curtir uma fogueira na areia da praia enquanto observa o pôr-do-sol e se refresca com uma bebida ou assistir a um show ao vivo enquanto saboreia uma deliciosa refeição.

Para terminar a visita, o viajante não pode se esquecer de passar no Port Lucaya Marketplace, um shopping com tudo o que há de melhor nas Bahamas: produtos artesanais feitos a mão que representam muito bem a herança da ilha.

Nassau


Foto: Diêgo Lôbo / Flickr

Capital das Bahamas, Nassau é o primeiro lugar que vem à cabeça dos turistas quando pensam em conhecer o país localizado no mar do Caribe. A cidade é parada obrigatória para quem viaja de cruzeiro – especialmente os que chegam da Flórida, nos Estados Unidos – e encanta todos os visitantes por seu povo carismático e extremamente acolhedor, que tornam a estadia ainda melhor.

Blue Lagoon Island é um dos grandes destaques de Nassau. A ilha de águas quentes e transparentes é perfeita tanto para quem busca diversão quanto para quem quer apenas descansar. Na ilha os turistas podem brincar no playground com caiaques, escorregadores e pedalinhos, nadar com arraias, golfinhos e leões marinhos (mas antes de entrar na água é preciso ter uma aula sobre como interagir com os animais), mergulhar de snorkel para ver de perto toda a fauna e flora marinha e, depois de tantas atividades, descansar em uma rede observando o mar. Tem maneira melhor de curtir um dia em uma ilha paradisíaca?

Bem próximo ao centro da cidade, a praia Junkanoo é um dos lugares mais populares do país por possuir fácil acesso. As casinhas coloridas à beira-mar, que chamam a atenção por sua beleza, combinadas a cor turquesa e cristalina das águas deixam o cenário extremamente interessante. Com ótima infraestrutura, a praia é bastante segura, com chuveiros, banheiros, aluguéis de cadeiras e diversas opções de drinks e pratos com frutos do mar. Ou seja, todas as comodidades que os viajantes buscam para aproveitar tudo que o destino tem para oferecer.

Cansado de sol, mar e água fresca? Então, é hora de fazer compras! A Bay Street, principal via de Nassau, é repleta de lojas, restaurantes, cafés e lanchonetes; os turistas que não querem voltar para casa de “mãos abanando” podem seguir por lá para comprar, especialmente, nas lojas “duty-free”, que são isentas de impostos. Aproveitando a caminhada, a região é cheia de construções históricas que misturam arquiteturas do período colonial britânico com o estilo tropical caribenho, desta forma, é um ótimo lugar para quem gosta de tirar fotos.

O cenário gastronômico de Nassau – de da maioria das ilhas caribenhas – é baseado em frutos do mar, sabores marcantes e frutas tropicais. Para quem quer provar o sabor tradicional do país, o “cracked conch”, um prato feito com caracol marinho”, deve estar no topo da lista de alimentos para provar.

Dunmore Town


Foto: dunmorebeach

Um dos lugares mais isolados, Dunmore Town é uma cidade cheia de charme e a principal da Ilha Harbour, onde os turistas encontram uma variedade de atividades, entre elas fazer compras, caminhar e aproveitar o sol de Bahamas.

O cartão postal da cidade é a Pink Sand Beach, uma das praias mais lindas das Bahamas que chama a atenção por suas areias cor de rosa – isso mesmo, você não leu errado. A coloração, resultado de pequenos pedaços de conchas e corais rosas e vermelhos que se misturaram à areia após serem esmagadas pelas ondas, faz do lugar um dos mais visitados, especialmente para quem não abre mão de fazer fotos perfeitas durante uma viagem. Por lá também é possível praticar snorkel e andar a cavalo – uma atividade escolhida, especialmente, pelos casais que escolhem o destino como lua de mel.

Outro marco famoso da região – e que os visitantes não podem deixar de conhecer – é a “Lone Tree”, um grande pedaço de tronco solitário que parece mais uma escultura em meio a natureza. Localizado na Bay Street, ele está lá desde 1992, quando um furacão atingiu a ilha. Com certeza, um dos melhores cenários para fazer fotos.

Rock Sound


Foto: Divulgação

Cheia de jardins coloridos, barcos de pesca amarrados em sua costa e o maior centro comercial da Ilha Eleuthera, Rock Sound é uma cidade muitíssimo impressionante e, claro, com belezas ímpares. Um dos lugares mais impressionantes das Bahamas não pode ficar de fora de uma lista cujo assunto são as cidades mais bonitas do país.

O Ocean Hole é um lugar reconhecido mundialmente e localizado na cidade. Esse “buraco azul”, aparentemente sem fundo, é cheio de peixes e tartarugas – capturados e colocados lá pelos moradores locais – que chamam a atenção dos visitantes que se refrescam em suas águas que, segundo rumores, tem poderes de cura. A pesca não é permitida, então, além de se divertir com os animais, também é possível alimentá-los dentro deste verdadeiro fenômeno natural.

Outra atração de Rock Sound é a praia Winding Bay. Frequentada principalmente pelos locais, é o lugar ideal para quem quiser conhecer melhor a vida dos moradores enquanto relaxa e aproveita o calor tropical. Como é uma praia que dificilmente está lotada, é a escolha perfeita para quem busca tranquilidade, mas não se engane, pois isso não é empecilho para não explorar o local; as águas cristalinas são ideais para a prática de snorkeling, desta forma, os viajantes não podem esquecer seus equipamentos para verificar o que há debaixo d’água.

Já que o assunto é praia, não podemos nos conhecer da Red Pond, que não é uma praia, mas sim uma lagoa muito visitada na cidade. Seu nome (“Lagoa Vermelha”, em tradução livre) é porque há muitos anos seu solo era avermelhado, mas por conta do influxo da água salgada isso mudou – e também trouxe uma série de espécies marinhas para viver nela.

» Melhores resorts para se hospedar no Caribe
» Guia para umas férias inesquecíveis nas Bahamas
» A incrível ilha dos porquinhos nadadores nas Bahamas
» 13 imagens para você arrumar as malas e aproveitar o Caribe!

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Tour de bike gratuito passa por mais de 20 pontos turísticos de São Paulo

Artigo anterior

Ilha de Komodo será fechada para turistas após roubo de dragões

Artigo seguinte

Você pode gostar