Natureza exuberante, belas praias, cavernas, cachoeiras e até ambientes marinhos podem ser acessados por meio de trilhas de diferentes níveis de dificuldade no Estado de São Paulo. Conheça 30 delas e aventure-se por aí!

Poucas experiências são tão satisfatórias quanto alcançar o final de uma trilha e se deparar com as águas refrescantes de uma cachoeira, ter uma vista deslumbrante do alto de uma montanha ou acessar uma praia selvagem.

O Estado de São Paulo possui diversas trilhas traçadas para visitação que permitem um contato maior com a natureza e escondem paisagens incríveis. Com trajetos de diversos níveis de dificuldade – alguns totalmente acessíveis que podem ser percorridos por pessoas com mobilidade reduzida e cadeirantes – há muito o que explorar na região.

É por meio desses caminhos repletos de belezas naturais que aprendemos um pouco mais sobre a biodiversidade, os diferentes ambientes e paisagens que caracterizam as áreas preservadas do Estado de São Paulo, algumas bem próximas da capital.

Não esqueça de sempre se informar com um guia credenciado local, profissionais preparados para ajudar no acesso a essas atividades. Importante também se vestir com roupas confortáveis, calçar tênis e sempre se manter hidratado para aproveitar melhor os passeios.

Aventure-se nessas 30 trilhas para fazer no Estado de São Paulo.

Trilha da Brejaúva 


Localização: Pariquera-açu (Parque Estadual da Campina do Encantado)
Distância da capital: 215 km

Dificuldade: Fácil/ 1 km (circular)
Informações

Localizada no Parque Estadual da Campina do Encantado, a trilha possui aproximadamente uma hora de duração em um terreno bem tranquilo, o que a torna perfeita para atividades com idosos e crianças. Durante o trajeto é possível observar Brejaúvas, espécie de palmeira que chega a atingir 10 m de altura

Trilha da Cachoeira Grande


Localização: Cananéia (Parque Estadual Ilha do Cardoso)
Distância da capital: 280 km

Dificuldade: Fácil/ 2 km (ida e volta)
Informações

Foto: Secretaria do Meio Ambiente

Localizada no Parque Estadual Ilha do Cardoso, a trilha possui aproximadamente uma hora e trinta de caminhada. Para acessá-la é necessário atravessar um canal por meio de barcos que partem de Cananéia. No final do percurso, a Cachoeira Grande possui um poço bem refrescante para banho cercado por muita natureza.

Trilha Sistema Bocaína Lajeado


Localização: Ribeirão Grande (Parque Estadual Intervales)
Distância da capital: 250 km

Dificuldade: Difícil/ 14 km (opção 1) e 5 km (opção 2)
Informações

Dentro do Parque Estadual Intervales, a Trilha Bocaína permite duas possibilidades de trajetos, sendo uma de 14 km e outra de 5 km, sendo que nesta última parte parte do percurso pode ser realizado de carro ou bicicleta. A trilha dá acesso a várias grutas da região, como Santa, Jan e Mansfield, Fendão e Mãozinha, todas com visitas monitoradas.

Trilha da Caverna do Diabo


Localização: Eldorado (Parque Estadual da Caverna do Diabo)
Distância da capital: 300 km

Dificuldade: Fácil/ 1,2 km
Informações

Foto: Brunosk96/ Wikimedia Commons

Com pouco mais de 1 km de trilha no total é possível conhecer a maior caverna do estado de São Paulo. Com passarelas, escadarias, corrimões e iluminações, o percurso pode ser realizado até mesmo por quem tem dificuldade de locomoção.

Trilha da Caverna Santana


Localização: Apiaí e Iporanga (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira)
Distância da capital: 300 km

Dificuldade: Fácil/ 495 m
Informações

A trilha mais visitada do PETAR dura pouco mais de uma hora e meia em um trajeto formado por passarelas de pedra e ponte de madeira. A Caverna Santana é formada por vários salões caracterizados por ricas formações rochosas.

Trilha das Bromélias


Localização: São Miguel Arcanjo (Parque Estadual Carlos Botelho)
Distância da capital: 150 km

Dificuldade: Fácil/ 200 m
Informações

Em pleno Parque Estadual Carlos Botelho a trilha de 20 minutos é totalmente acessível e adaptada para portadores de deficiência. O percurso adentra a mata em uma área sombreada e agradável circundado por inúmeras espécies de bromélias.

Trilha Subaquática


Localização: Ubatuba (Parque Estadual Ilha Anchieta)
Distância da capital: 285 km

Dificuldade: Média/ 350 m
Informações

Foto: Roberto Sakamoto/ Fundação Florestal

A Trilha Subaquática acompanha o costão rochoso localizado entre a Praia do Presídio e a Praia do Engenho em Ubatuba. Seu percurso é realizado com o apoio de um flutuante, onde os visitantes podem aprender mais sobre o ecossistema. A trilha é realizada em grupos de no máximo quatro pessoas acompanhadas por dois monitores ambientais. A participação possui uma taxa de ingresso e pode ser feita durante datas agendadas no Parque Estadual ou mediante contratação de monitor autônomo credenciado.

Trilha do Saco Grande


Localização: Ubatuba (Parque Estadual Ilha Anchieta)
Distância da capital: 285 km

Dificuldade: Média/ 3 km
Informações

Durante o trajeto da trilham que reúne ruínas de um antigo quartel,  vila militar e olaria é possível observar uma diversidade de palmeiras, como por exemplo, a juçara, o pati, brejaúva, indaiá, jerivá e tucum. A atividade termina em uma bela  vista para o mar aberto.

Trilha das Cachoeiras


Localização:  Guarulhos (Parque Estadual da Cantareira)
Distância da capital: 10 km da Praça da Sé

Dificuldade: Médio/ 3 km (ida e volta)
Informações

Bem pertinho da capital está uma trilha que leva a três cachoeiras localizadas no Parque Estadual da Cantareira. O percurso circular leva a Cachoeira do Tombo, Cachoeira do Véu e a Cachoeira do Engordador, que tem 18 metros de queda e poço para banho.

Trilha Cachoeira do Ribeirão Branco


Localização: Sete Barras (Parque Estadual Carlos Botelho)
Distância da capital: 230 km

Dificuldade: Médio/ 10 km (ida e volta)
Informações

A trilha parte de um lugar onde está uma exuberante figueira com aproximadamente mil anos. O  visitante segue em trilha de dificuldade média  por aproximadamente 5 km  em meio à Mata Atlântica até chegar na cachoeira do Ribeirão Branco. O passeio precisa ser agendado ao menos com 5 dias de antecedência.

Trilha da Vida


Localização: São Paulo (Parque Ecológico Guarapiranga)
Distância da capital: 35 km da Praça da Sé

Dificuldade: Fácil/ 50 metros (ida e volta)
Informações

Foto: Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo

Dentro do Parque Ecológico Guarapiranga e acessível a pessoas com mobilidade reduzida e cadeirantes, a Trilha da Vida é um percurso sensitivo onde o visitante faz o percurso de 50 metros de olhos fechados para estimular novas formas de percepção.

Trilha da Pedra da Macela


Localização: Cunha (Parque Estadual  da Serra do Mar)
Distância da capital: 230 km

Dificuldade: Difícil/ 5 km (ida e volta)

Foto: Rafael Defavari/ Wikimedia Commons

O caminho não é tão fácil para acessar a Pedra da Macela: são quase dois quilômetros e meio de caminhada por uma subida – mas a vista do alto dos seus 1840 metros é incrível e possibilita contemplar o Vale do Paraíba, a região do Parque Estadual da Serra do Mar, a baía de Paraty, Angra dos Reis e Ilha Grande, tudo isso cercado por montanhas e árvores nativas da mata atlântica.

Trilha do Silêncio


Localização: São Paulo (Parque Estadual do Jaraguá)
Distância da capital: 16 km da Praça da Sé

Dificuldade: Fácil/ 700 metros (ida e volta)
Informações

Dentro do Parque Estadual do Jaraguá, a Trilha do Silêncio possui 700 metros de extensão e seu acesso é fácil e possui corrimão e guia de madeira para orientação de deficientes visuais. O objetivo é se deixar levar pelos sons e cheios da natureza.

Trilha da Praia do Bonete


Localização: Ilhabela (Parque Estadual de Ilhabela)
Distância da capital: 230 km

Dificuldade: Difícil/ 12 km (ida e volta)
Informações

Foto: Louise Cristina Araujo Ferri/ Wikimedia Commons

A trilha puxada leva os aventureiros por uma caminhada de 3 a 6 horas passando por cachoeiras e mirantes. O esforço vale a pena quando se chega à praia deserta e intocada pelo homem, considerada uma das mais belas do Brasil.

Trilha da Pedra Grande


Localização: São Paulo (Parque Estadual da Cantareira)
Distância da capital: 10 km da Praça da Sé

Dificuldade: Difícil/ 10 km (ida e volta)
Informações

Localizada no parque Estadual da Cantareira, em São Paulo, a Trilha da Pedra Grande possui 10 quilômetros de extensão em um caminho antigamente usado por tropeiros. Ao final, chega-se a um mirante natural de onde é possível obter uma vista panorâmica da cidade de São Paulo.

Trilha do Mirante


Localização: São Bernardo do Campo (Parque Estadual Serra do Mar)
Distância da capital: 37 km da Praça da Sé

Dificuldade: Fácil/ 1 km (ida e volta)
Informações

A trilha, aque fica dentro do Parque Natural Nascentes de Paranapiacaba, permite ao visitante acompanhar a encosta da serra, por dentro da mata, até chegar ao mirante que está a cerca de 1000 m de altitude. De lá é possível ver do alto a Baixada Santista, o mar, o complexo rodoviário Anchieta-Imigrantes e o pólo industrial de Cubatão.

Trilha Monumentos Históricos


Localização: São Bernardo do Campo (Parque Estadual Serra do Mar)
Distância da capital: 10 km da Praça da Sé

Dificuldade: Médio/ 9,5 km (ida e volta)
Informações

Foto: Guia Viajar Melhor

A trilha acontece na Estrada Velha de Santos e mostra um pouco da história de São Paulo passando por monumentos históricos como o Rancho da Maioridade, a Calçada do Lorena e construções do século XVIII que contribuíram para o desenvolvimento do Estado. Além disso é possível ter uma bela visão da baixada santista.

Trilha das Palmeiras


Localização: Caraguatatuba (Parque Estadual Serra do Mar)
Distância da capital: 170 km

Dificuldade: Fácil/ 1 km (ida e volta)
Informações

Foto: Parque Estadual da Serra do Mar/ Divulgação

Trilha inclusiva, adaptada para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida em um percurso de 30 minuto, termina na Prainha, uma piscina natural de águas tranquilas e rasas.  Percorre um trecho de mata atlântica preservada, com passagem sobre o Rio Santo Antônio. Há pontos para descanso e realização de piqueniques.

Trilha da Pirapitinga


Localização: São Luiz do Paraitinga (Parque Estadual Serra do Mar)
Distância da capital: 190 km
Dificuldade: Médio/ 5,6 km (ida e volta)
Informações

Este passeio percorre as margens dos rios Paraibuna e Ipiranga, com diversas corredeiras, cachoeiras e piscinas naturais em aproximadamente 1 hora de trilha em meio à Mata Atlântica preservada.

Trilha da Água Branca


Localização: Ilhabela (Parque Estadual Ilhabela)
Distância da capital: 230 km

Dificuldade: Médio/ 4,4 km (ida e volta)
Informações

Os cinco poços perfeitos para banho são os principais atrativos desta trilha bem estruturada Ilhabela. Além dessas piscinas naturais, há uma torre de observação de pássaros com cerca de 10 metros de altura.

Trilha do Sítio Arqueológico do São Francisco


Localização: São Sebastião (Parque Estadual Serra do Mar)
Distância da capital: 200 km

Dificuldade: Difícil/ 3 km (ida e volta)
Informações

Em pleno Parque Estadual da Serra do Mar, em São Sebastião, a trilha possui muitos trechos de subida em 3 km de percurso no total. O nível de dificuldade é difícil e exige esforço físico. Além da beleza do cenário, repleto de montanhas e vales,  chega-se a um sítio arqueológico com aproximadamente 200 anos de história.

Trilha da Praia Brava 


Localização: São Sebastião (Parque Estadual da Serra do Mar)
Distância da capital: 180 km

Dificuldade: Média/ 3 km (ida e volta)
Informações

Foto: Marcelo de lucas/ Wikimedia Commons

Localização: São Bernardo do Campo (Parque Ecológico Imigrantes)
Distância da capital: 35 km

Dificuldade: Fácil
Informações

Foto: Divulgação

Uma trilha inclusiva, foi pensada para proporcionar experiências de aprendizado a deficientes visuais, acessível a cadeirantes e a deficientes auditivos. O trajeto  é realizado em meio às árvores e estende-se por uma passarela em madeira plástica sustentável.  Ao final do percurso há um lago de águas cristalinas. Visitas devem ser agendadas pelo site.

Trilha do Rio Sapucaí


Localização: Campos do Jordão (Parque Estadual Campos do Jordão)
Distância da capital: 205 km

Dificuldade: Difícil/ 2,6 km (ida e volta)
Informações

Parte do Parque Estadual de Campos do Jordão, a Trilha do Sapucaí tem duração aproximada de 1 hora e vinte minutos em terreno bastante acidentado, o que a torna ideal para aventureiros mais experientes. A trilha oferece observação de corredeiras do rio Sapucaí, passando por campos e bosques de araucárias centenárias.

Trilha do Bauzinho


Localização: São Bento do Sapucaí (Monumento Estadual Pedra do Baú)
Distância da capital: 230 km

Dificuldade: Fácil/ 500 m (ida e volta)
Informações

Foto: Marcelo Sanches Barce/ Wikimedia Commons

A Trilha do Bauzinho fica em São Bento do Sapucaí e possui apenas 500 metros de percurso. O caminho compensa com uma vista panorâmica de cidades do sul de Minas Gerais e de parte da Pedra do Baú.

Trilha das 7 Praias 


Localização: Ubatuba (Parque Estadual da Serra do Mar)
Distância da capital: 225 km

Dificuldade: Média/ 10 km (ida e volta)
Informações

Foto: Matheus Usero/ Wikimedia Commons

A trilha das 7 praias tem a maior parte de seu caminho coberta por Mata Atlântica e de fácil acesso com alguns trechos que necessita ter um cuidado maior. O início da trilha fica na praia de Lagoinha e passa pela Praia de Oeste, Praia do Peres, Praia do Bonete, Praia Grande do Bonete, Praia Deserta, Praia do Cedro e Praia da Fortaleza.

Trilha das Árvores Gigantes


Localização: Porto Ferreira (Parque Estadual Porto Ferreira)
Distância da capital: 230 km

Dificuldade: Fácil/ 5,6 km (ida e volta)
Informações

Localizada dentro do parque Estadual de Poto Ferreira, a Trilha das Árvores Gigantes é de nível fácil e possui um percurso de aproximadamente duas horas no total. No caminho, é possível observar gigantes árvores como figueiras, cedros, perobas, guatambus, pau-d’alhos e um jequitibá-rosa com 40 metros de altura.

Trilha do Barreiro da Anta


Localização: Teodoro Sampaio (Parque Estadual Morro do Diabo)
Distância da capital: 650 km

Dificuldade: Fácil/ 1,6 km (ida e volta)
Informações

Foto: Governo do Estado de São Paulo

A trilha de um quilômetro e meio passa por ambientes de terra firme e alagada, atravessando sítios com vegetação muito fechada ou totalmente aberta, permitindo sentir a dimensão da floresta ao seu redor.

Trilha do Rio Paraibuna


Localização: Cunha (Parque Estadual da Serra do Mar)
Distância da capital: 250 km

Dificuldade: Fácil/ 1,7 km (ida e volta)
Informações

Localizada em Cunha, a trilha é autoguiada e possui um trajeto fácil de 1,7 km no total. Possui estrutura com mesas perfeitas para um piquenique, além de belas araucárias. O percurso também possibilita a observação de aves.

Trilha da Nascente 


Localização: São Paulo (Parque Estadual das Fontes do Ipiranga)
Distância da capital: 10 km da Praça da Sé

Dificuldade: Fácil/ 720 m (ida e volta)
Informações

Foto: Divulgação

Em plena capital paulista, a Trilha da Nascente fica dentro do Jardim Botânico de São Paulo. Possui uma plataforma com 360 metros de extensão e três pontos para descanso, podendo ser percorrida por idosos, cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Ao final do trajeto pode-se conhecer a nascente do histórico riacho do Ipiranga.

» Parque suspenso em meio a Mata Atlântica é inaugurado em São Paulo
» Guia completo do Parque Nacional da Serra da Capivara
» Guia de atrações para curtir o Carnaval 2019 em São Paulo
» Lugares para conhecer em Cananéia

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas e Skyscanner.
» Ganhe R$130 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

24 passeios em São Luís para descobrir a essência maranhense

Artigo anterior

Veja quais foram os destinos mais reservados por brasileiros na virada do ano

Artigo seguinte

Você pode gostar