10 praias que você precisa conhecer na Paraíba

O litoral paraibano tem praias para todos os gostos

O Estado da http://romshedfarm.co.uk/wp-json/oembed/1.0/embed?url=http://romshedfarm.co.uk/lamb-hogget-mutton/ Paraíba possui a terceira capital mais antiga do país, por isso é rico em conteúdo histórico. Em João Pessoa é comum encontrar conjuntos arquitetônicos do século XVII em um bom estado de conservação. Porém, as maiores atrações deste estado nordestino são suas praias. O http://expertcomputing.co.uk/wp-cron.php?doing_wp_cron=1513008795.8326470851898193359375 litoral paraibano tem 138 km de extensão e nele há buy Pregabalin in uk praias para todos os gostos, das mais agitadas às desertas.

Se está planejando sua próxima viagem confira aqui 10 praias na Paraíba que você precisa conhecer:

Leia também:

Costa do Conde, as melhores praias do litoral paraibano
Lugares para conhecer em João Pessoa
Conheça Tambaba a praia de nudismo mais bonita do Brasil
Conheça as praias mais bonitas do Nordeste
Turismo em Recife: o que ver e fazer

Praia de Coqueirinho, Conde

Como o nome já delata, a Praia de Coqueirinho é cercada de coqueiros por toda a sua extensão e é considerada uma das praias mais belas do litoral paraibano. Em um ponto o mar é calmo e tem águas claras por causa dos arrecifes. Do outro, é mar aberto, possui ondas fortes que formam grutas naturais nas rochas. Por essas características diversas a praia é destino para quem procura praticar mergulho, surf, pesca submarina e até camping. Um passeio de bugue leva o turista até o mirante Dedo de Deus, onde a vista da Praia de Coqueirinho é espetacular.

Foto: via Flickr – nubiaabdallah

Tambaba, Conde

Há 25 km da capital paraibana falésias altas e íngremes protegem a beleza pura e natural da primeira praia de nudismo oficial do nordeste. A Tambaba é dividida em duas partes: uma que inclui suas piscinas naturais e é proibido ficar nu; e outra onde, a partir do ponto de fiscalização é obrigatório tirar a roupa.
Dali também partem trilhas que levam à outras praias como Marcelia e Arapuca.

Foto: Sonia Furtado

Tabatinga, Conde

Praticamente ao lado de Tambaba, a Praia Tabatinga possui águas mornas e calmas, protegidas por recifes de corais. Sua paisagem é diferente dependendo para que lado se olha. Na esquerda estão os “maceiós”, lagoas formadas pela água do mar. Na direita, falésias formando um enorme paredão rochoso. Para quem pretende passar o dia no local a dica é levar um lanche pois há somente um bar na praia.

Foto: Carlos Alberto Novelino

Cabo Branco, João Pessoa

É a praia preferida dos moradores da capital paraibana e uma das mais extensas. A faixa de praia é, porém, limitada pelos paredões verticais que chegam aos 50 metros de altura. A paisagem da praia Cabo Branco é composta terrenos de cores avermelhadas e restos de Mata Atlântica que um dia predominavam no local. Hoje, o calçadão é repleto de bares e restaurante que servem comida típica da cidade e lotado de pessoas que vão para uma caminhada matinal ou andar de bicicleta.

Foto: Rafael de Oliveira

Bessa, João Pessoa

Praia de mar calmo e sem ondas atrai aqueles que vão à praia para praticar esportes na água. Pranchas de stand-up paddle e caiaques podem ser alugados ali mesmo para recreação ou para chegar nas piscinas naturais de águas cristalinas e cercadas por corais que estão perto da costa. Por suas paisagens paradisíaca, piscinas naturais e águas azuis transparentes, a praia recebe o apelido de Caribessa dos locais.

Foto: Germano Felipe

Jacaré, Cabedelo

A praia do Jacaré é uma praia fluvial. O atrativo aqui é o espetáculo do pôr-do-sol que já é considerado parada obrigatória para quem está visitando. Todos os dias, locais e visitantes se juntam nas muretas ou nos catamarãs para apreciar a descida do astro-rei ao som de “Bolero” de Ravel, interpretado pelo saxofonista Jurandy do Sax. Os passeio de catamarã saem a partir das 16h e duram cerca de 90 minutos.

Foto: Márcio Rogério

Ilha da areia vermelha, Cabedelo

A Ilha da Areia Vermelha fica a 1,5 km da costa, em frente a praia de Camboinha. É repleta de piscinas naturais que são cheias de peixes e corais ao alcance das mão. Pela abundância de beleza submarina e transparência das águas o local é perfeito para mergulho livre. Mas há um porém: a ilha só aparece durante a maré baixa, em que a profundidade da água chega a ser de apenas 1,80 metros.

Foto: Marco Pimentel

Pontal do Lucena, Lucena

O mar de Ponta de Lucena é muito calmo, durante a maré baixa é perfeito para mergulho. Para banho é praticamente ideal, ás águas são quentes com temperaturas que variam entre os 23º e 28º graus. Não há grande estrutura turística, mas nas barracas presentes o tradicional peixe na talha com arroz e pirão nunca falta.

Foto: Mateus Menezes

Praia de Tambaú

Há 1 km da costa da Praia de Tambaú está o chamado Picãozinho, um aglomerado de recifes de corais que formam piscinas naturais de águas límpidas onde é possível observar uma variedade de peixes e crustáceos. A praia também é boa para banho por suas águas mornas e calmas e o turista não fica desamparado pois há uma grande quantidade de quiosques e barracas que vendem comidas típicas bem ali no calçadão.

Foto: Marco Pimentel

Praia de Camboinha

Muito popular entre os turistas, a Praia de Camboinha possui um mar límpido, calmo e sem ondas por causa dos recifes presentes perto da costa. Possui uma boa infraestrutura de bares e é ótima para esportes náuticos como caiaque, jet ski e windsurf. Também é a porta de entrada para a Ilha da Areia Vermelha durante a maré baixa.

Foto: Guilherme Jofili


- Descubra o hotel ideal para você, reserve seu hotel com o Booking.com.
- Encontre pacotes de viagem em oferta com a CVCSubmarino ViagensDecolar.com.
- Pesquise os melhores preços de passagens aéreas em tempo real para a sua viagem.